A rainha do burlesco

Dita_Von_Teese_03

 

 

 

 

 

 

 

 

Dita_Von_Teese_02

 

 

 

 

 

 

 

 

Dita_Von_Teese_01

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma de minhas novas paixões é a Dita Von Teese, uma diva do que se pode chamar de a singela arte do strip-tease. Corpo cuidadosamente talhado ao estilo vintage, com direito a pinta falsa no rosto e até seu nome artístico, planejado para ser uma referência sonora a palavra strip-tease, sacou!? Uma mulher increvelmente linda, de certa forma responsável direta por esta volta “remodelada” ao culto do estilo pin-ups, das décadas de 40/50. Que-jóia-eu-gostei! Esteve esta semana aqui no Brasil para uma única e exclusiva apresentação/performance numa taça gigante de Martini (show de 7 min. de duração). Perdi sua entrevista no programa do Jô Soares, mas fui salvo devidamente pelo blog da Rita (Extreme Power of Perucation – tem lá vídeos da tal entrevista). O legal é que a Dita tem um estilo próprio, um show sensual, cool e bem elaborado,  nada dessa coisa vulgar e apelativa de muheres frutas rebolando como se fossem um liquidificador.