Nova revista de motos, mas muito mais do que isso…

Uma de minhas atividades arqueológicas prediletas é revirar bancas de revistas atrás de lançamentos ou então de algo inusitado, tano o novo como o velho e perdido em termos edições deste tipo de leitura. Assim, pilhas de revistas se aculam em casa, onde além de juntarem pó trazem informação e uma dose de alegria. Assim pude perceber que atualmente várias novas revistas estão sendo lançadas, todas com um certo requinte e layout bem elaborado, voltadas para um público cada vez mais específico e segmentado, como são os casos das revistas Men’s Health, Inked, Catwalk,  Lola e Alfa, só para mencionar algumas. e olha só, nem todas são da grande lider Ed. Abril. Ontem em uma de minhas tantas investidas por bancas de revistas descobri mais um novo lançamento, trata-se da “Riders”, revista voltada ao público masculino que curte motos e mulheres (uhú, tô nessa). Comprei, vou analisar melhor e com mais calma em minha rede ainda hoje, mas desde já curti o que vi e o pouco que li. Fotos supimpas, matérias também bem legais e não tão comuns na vibe das tradicionais revistas de motos, esse justamente um de seus pontos específicos de apoio na diferenciação de mercado. Fica a dica para você curioso(a) de plantão. Quijóiaeugostei.

*Aqui ô bocó, a revista RIDERS

**Outras revistas supimponetas também:
Revista CATWALK: http://www.revistacatwalk.com.br
Revista INKED: http://www.revistainked.com.br

 

 

 

 

 

 

 

Um comentário sobre “Nova revista de motos, mas muito mais do que isso…

  1. glayco

    Amigo(s) boa tarde, depois de bastante pesquisar estava quase comprando uma Yamaha Midnight XVS 950 e ,no entanto, me deparei com algumas questões que me pareceram graves como o pós venda que chega a ser o menor dado ao fato de que a relatos na internet de que esta moto seguidamente apresenta problema de travamento da roda traseira, suspensão dianteira com muito barulho e traseira com vazamento e avarias no amortecedor traseiro, problemas recorrentes com a correia de transmissão e seu conjunto (roda, rolamento, esticador, etc), existem outros problemas menores e não menos caros que gostaria de evitar o desgosto de pagar tipo hodômetro novo que não tem impermeabilização correta e custa 10% do valor da moto, folga no disco de freio entre outros problemas não menos caros. Para tanto pergunto aos senhores se tem notícia de que a Yamaha já solucionou estes problemas ou se é realmente recorrente e/ou normal estes acontecimentos.

    um grande abraço, Glayco

    Alguns link’s para verificação do que relatei.

    (http://www.reclameaqui.com.br/2585739/yamaha-motor-do-brasil/xvs950-midnight-star-conjunto-de-relacao-gasta-com-25-000km/)

    http://www.reclameaqui.com.br/2598678/yamaha-motor-do-brasil/correia-dentada-da-midnight-star-mal-ajustada-nas-concession/

    http://www.reclameaqui.com.br/1428127/yamaha-motor-do-brasil/yamaha-xvs-950-midnight-star-travamento-da-roda-traseira/

    http://www.reclameaqui.com.br/734995/yamaha-motor-do-brasil/defeito-no-disco-de-freio-da-xvs-950/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.