As listras brancas acabaram

Anunciado oficialmente o fim das atividades do White Stripes. A dupla da “minimal band” mais conhecida do mundo, Jack & Meg, deixou um comunicado oficial no site da banda com o seguinte palavrório:

“O The White Stripes não pertence mais a Meg e Jack. O The White Stripes pertence agora a você, e você pode fazer com ele o que quiser. A beleza na arte e na música é que ela pode durar para sempre se as pessoas quiserem. Obrigado por compartilharem essa experiência. O seu envolvimento jamais será esquecido por nós e somos realmente gratos por isso”.

Os motivos na verdade não nos interessa, o que vale mesmo é que vão fazer uma enorme falta no cenário rock bunda-mole atual. Eram uma banda pop diferenciada, acima da média em seu tempo. O que me consola então, apesar de meu grande respeito pelas peculiares habilidades guitarrísticas de Mr. Jack White, que também poderíamos chamá-lo de “Jack Anthony Gillis”, é que seus outros “832” projetos musicais paralelos ainda vão prosseguir (Raconteurs e The Dead Wather). E ô psit! Sabe-se lá mais o que o rapaz vai inventar agora que o tempo com o W.S. vai permitir ter mais tempo livre!? Já quanto a outra metade da mini-banda, Meg White, sei lá….!? Bem, é uma baterista tri meia boca, vamos combinar, mas quem sou eu para julgá-la. Espero que se dê também. Gracias pessoal.
Enfim, ficam os registros e vamos curtir o som. Sucesso para os dois em suas novas (e velhas), empreitadas musicas daqui prá frente. Putz! Mas vai deixar saudades aquele som de guitarra “blues-tosco-de-garagem”.

http://www.whitestripes.com

*OBS: Hey! Em tempo! Apesar dos pesares ainda sou mais da banda The Black Keys no quesito duplinha blueseiragem – só na guitarreira e bateria.