Moacyr Scliar

Faleceu esta madrugada o médico e escritor gaúcho Moacyr Scliar, que fazia parte da Academia Brasileira de Letras. Estava internado no Hospital de Clínicas de Porto Alegre desde o dia 11 de janeiro, para uma cirurgia no intestino. A cirurgia foi bem sucedida, mas o escritor acabou tendo um Acidente Vascular Cerebral (AVC) no dia 17 de janeiro, durante o período de recuperação. Veio a falecer cerca de cinquenta dias depois de sua entrada no hospital.

Publicou mais de 70 livros de diversos gêneros literários – entre eles, os romances “O Exército de um homem só”, “A estranha nação de Rafael Mendes” e “O centauro no jardim” – e teve textos adaptados para cinema, televisão, rádio e teatro, inclusive no exterior. Era colaborador dos jornais Zero Hora e Folha de S. Paulo. Desde 2003, era membro da Academia Brasileira de Letras (ABL). Scliar ganhou três vezes o Prêmio Jabuti – a mais recente, em 2009, com o romance “Manual da paixão solitária”.

*site: http://www.scliar.org/moacyr/

Descanse em paz!


Scliar deve ser velado neste domingo na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, a partir das 14h. O sepultamento será na segunda-feira (28), em cerimônia reservada a familiares e amigos.