Imperial State Electric

Com o final/pausa do “The Hellacopters” em 2008, o incrível e incansável Nicke Andersson (vocal/guitarra), começou imediatamente a trabalhar em um álbum solo, gravando todos os instrumentos em oito músicas, no entanto Andersson mudou de idéia e decidiu que seria melhor para formar uma banda. Andersson recrutou então Dolf de Borst (baixo e vocais), Tobias Egge (guitarra e vocais) e Thomas Eriksson (bateria), com quem ele havia trabalhado na Ethyl Fria, uma banda cover que formou logo após o rompimento de The Hellacopters. Durante a gravação do auto-intitulado álbum, Andersson também contou com a ajuda de vários velhos amigos, incluindo Dregen, Anders Lindström, Pehrsson Robert, Neil Leyton e outros. Enquanto Andersson insiste que a Imperial State Electric é uma banda e não uma carreira a solo ou um projeto paralelo, ele também reconhece o fato de que a banda poderia ter uma line-up giratória de membros, incluindo-se na bateria, em vez de guitarra.

http://imperialstateelectric.se/ise/

Imperial_State_Electirc_01

Imperial-state-electric_01

Photo by Peder Carlsson

IMPERIAL-SATAN-640x905