Andando com o amigo Sol

Depois de vários finais de semana sem pegarmos a estrada, este sábado de clima fantástico esteve perfeito para tal empreitada do menor grupo de motociclistas ainda sem nome. O objetivo era darmos um rolê por uma estrada sem muito movimento e assim então aproveitar melhor o dia. Bem, andar de moto nunca é tranquilo, sempre tem algum perrengue aqui ou ali, alguém que lhe corta a frente, outro que dobra sem dar sinal e tem também “brete” de pedágio muito justo e apertado, no qual mal passa a moto. Esse aliás, foi motivo para pararmos as motos e darmos uma chamada no guardinha do pedágio. Puêrra, deixam um espaço específico para as motos passarem mas parece que cada vez encolhem mais esse mesmo espaço entre os cones e a murada da pista. Adireção da motos quase bate nos cones. Da próxima vamos parar as motos, pegar alguns desses cones de merda e arremessar no mato ao lado. Tá prometido!
Mas independente dessa função foi um sábado muito bom. Abaixo algumas fotos da empreitada, dia preguiçoso de inverno que nem tinha cara de inverno ou frio sequer. Que beleza.

23ago2014-19pp

 

 

 

 

 

 

 

 

 

23ago2014-03pp

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

23ago2014-06pp

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

23ago2014-07pp

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

23ago2014-11pp

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

23ago2014-14pp

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

23ago2014-22pp

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

23ago2014-27pp

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

23ago2014-30pp

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

23ago2014-24pp