O tempo é curto

E não é que já é outra vez final de semana, mais um sábado bonito de sol e o dia oficial de se pegar a estrada. Dessa vez apenas entre dois, eu e o Pretto. O Alexandre resolveu ir no encontro de Encantado, enquanto que o Rafael e o Luiz Carlos foram com uma outra galera até o Rio do Rastro.

De qualquer forma foi uma tarde muito boa, clima ameno e nada daquele calor intenso das últimas vezes, que na real torna muito ruim andar de moto por causa da jaqueta e alguns outros apetrechos de proteção, isso que a gente nem usa tanta coisa assim.

Nos encontramos no ponto de partida como o combinado, foi só abastecer as magrelas e rodar. Saímos na direção de Lajeado, depois uma passada numa revenda de motos para conferir de perto algumas motos em sua exposição, trocar uma ideia e então daí, seguir rumo à Teutônia. Em seguida mudar o curso até Tabaí, direto para a Casa do Mel. Sim, o lugar pode a primeira vista não parecer muito bacana, mas uma vez lá dentro…bãisch! Cada coisa boa. Já se tornou também um de nossos pontos tradicionais durante nossas empreitadas motociclísticas pela região.

Depois de um pit stop para um café, um relax sem pressa alguma na sombra das árvores e já era hora de tomar a direção de casa novamente. Planejamos seguir pela RS 386, o mesmo caminho, só que desta vez indo direto até Lajeado, sendo que o lance era dar uma passada para um confere no Marreta. Depois o óbvio, vir para casa. E uma vez aqui, daí sim abrir de verdade os trabalhos com um bom chopp.

A frase final e que na real é uma das mais importantes toda vez que descrevo brevemente o que rolou nesses nossos rolês de moto (se é que isso interessa a alguém???), é a seguinte:
– “Foi tudo bem, tudo tranquilo, uma boa curtição em mais um sábado daqueles! Ponto.

E enfim, é isso o que importa >>> ir e voltar, bem e inteiro!

 

*Nota: Semana passada faleceu um conhecido nosso, em um acidente de moto durante uma viagem com os amigos. Fato triste e lamentável.

Mas a vida é assim mesmo, corremos riscos SEMPRE, o dia todo e não somente quando se está andando de moto. O ato de viver, por si só já é bem perigoso, não importa o que você faça!

 

Abaixo algumas imagens deste sábado.

 

DCIM100GOPRO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DCIM100GOPRO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DCIM100GOPRO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DCIM100GOPRO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DCIM100GOPRO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DCIM100GOPRO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DCIM100GOPRO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

img_4784pp

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

img_4788pp

 

 

 

 

 

 

 

 

 

img_4793pp

 

 

 

 

 

 

 

 

DCIM100GOPRO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

img_4799pp

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DCIM100GOPRO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

img_4804

 

 

 

 

 

 

 

 

 

img_4806pp


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: