O aniversário da rainha Rita Lee celebrado com 69 frases geniais

Rita Lee completa 69 anos neste 31 de dezembro. Visionária e genial, a paulistana tem uma coleção de composições que fazem parte de nossa vida e que marcaram a história da música. Há semanas em primeiro lugar na lista dos livros mais vendidos com “Rita Lee – Uma Autobiografia”, a rainha roqueira conquistou – e conquista – fãs de todas as idades e tribos. Como homenagem e agradecimento por tanta música incrível que Rita dividiu com a gente, listamos aqui 69 versos geniais da cantora e escritora. Eles estão permeados com fotos de ensaios que a musa fez especialmente para QUEM.

1 – “Não quero luxo nem lixo/ Meu sonho é ser imortal, meu amor”

2 – “Eu hoje represento a loucura/ Mais o que você quiser/ Tudo que você vê sair da boca/ De uma grande mulher”

3 – “A gente faz amor por telepatia”

4 – “Já era tarde/ Mas a noite é uma criança distraída”

5 – “Minha saúde não é de ferro/ Mas meus nervos são de aço”

6 – “Deus me perdoe por querer/ Que Deus me livre e guarde de você”

7 – “Por você vou roubar os anéis de Saturno”

8 – “Na cidade de São Paulo/ O amor é imprevisível/ Como você e eu/ E o céu”

9 – “Não, não tenha juízo/ Dê-se ao luxo de estar sendo fútil agora”

10 – “A mão que afaga é da mãe que afoga”

11 – “É uma neurose/ Uma overdose/ Sou dependente do amor”

12 – “Comer um fruto que é proibido/ Você não acha irresistível?”

13 – “Kiss me baby, kiss me/ Pena que você não me kiss”

14 – “Papel de boba só se for em Hollywood”

15 – “Pelo caminho de espinhos/ Avistei um mar de rosas”

16 – “Meu único defeito é não ter medo de fazer o que gosto”

17 – “Não é avião/ Não é estrela/ Aquela é a luz de um disco voador”

18 – “Como se fosse eu a grande maluca!”

19 – “Todo remédio que me cura tem uma contraindicação/ O que faz bem pra alma pode fazer mal pro coração”

20 – “Pra pedir silêncio eu berro/ Pra fazer barulho eu mesma faço”

21 – “Não sei se eu estou pirando/ Ou se as coisas estão melhorando”

22 – “Eles amam as loucas/ Mas se casam com outras”

23 – “Baby, baby, não adianta chamar/ Quando alguém está perdido/ Procurando se encontrar”

24 – “O vírus do amor/ Dentro da gente/ Beira o caos/ 42 graus de febre contente”

25 – “Desbaratina, não dá pra ficar imune/ Ao seu amor que tem cheiro de coisa maluca”

26 – “Guerrilheiro! Forasteiro! Orra meu!”

27 – “Venha me beijar/ Meu doce vampiro”

28 – “Sois o lazer de quem trampa/ Bendita, Santa Rita de Sampa”

29 – “Eu só quero fazer parte do backing vocal/ E cantar o tempo todo shoobeedoodaudau”

30 – “Não seja condenado a votar em canastrão/ Obrigado não!”

31 – “Foi quando meu pai me disse: ‘Filha, você é a ovelha negra da família'”

32 – “Filha da Terra/ Neta da Lua/ Herdeira do Sol/ Menina de rua”

33 – “Mas o que eu gosto é de andar na beira do abismo/ Arriscando minha vida por um pouco de emoção”

34 – “Te mato de carinho/ Em legítima defesa do meu amor

35 – “Não há quem lhe socorra/ O mau gosto assola a humanidade”

36- “Se Deus quiser um dia acabo voando/ Tão banal, assim como um pardal”

37 – “Alô, alô marciano/ Aqui quem fala é da Terra/ Pra variar, estamos em guerra”

38 – “Eu topo tudo/ Sou flor que se cheire em qualquer lugar”

39 – “Adeus sarjeta/ Bwana me salvou/ Não quero gorjeta/ Faço tudo por amor”

40 – “Pois o céu que me ajude/ Me dando sorte e saúde/ Que o resto eu seguro bem”
Rita Lee (Foto: Guilherme Samora)

41 – “Meu bem você me dá água na boca/ Vestindo fantasias, tirando a roupa”

42 – “Desenhos que a vida vai fazendo/ Desbotam alguns, uns ficam iguais”

43 – “A vida é uma sinuca/ Mas confio no meu taco/ Meu borogodó é do balacobaco”

44 – “O que é que há?/ É só amor/ Não existe remédio/ Não existe doutor/ Que possa curar”

45 – “Quero voltar invisível/ Pra dentro da barriga da mamãe”

46 – “Nem rainha, nem rei/ Apenas os bobos da corte”

47 – “São coisas da vida/ E a gente se olha e não sabe se vai ou se fica”

48 – “Se eu fosse você tratava de ser feliz/ Troque esse bandido por uma bela cicatriz”

49 – “A crise tá virando zona/ Cada um por si, todo mundo na lona”

50 – “O sol saiu, o vento é a favor/ Mas meu barquinho é do contra”

51 – “Sou nova demais pra velhos comícios/ Sou velha demais pra novos vícios”

52 – “Quem é que nunca teve um sonho?/ Quem é que não é sozinho?”

53 – “Desde o Oiapoque/ Até Nova York se sabe/ Que o mundo é dos que sonham/ Que toda lenda é pura verdade”

54 – “Me cansei de lero lero/ Dá licença mas eu vou sair do sério”

55 – “Defensora dos frascos e comprimidos/ De nós malucos, sois a beleza/ Protetora dos animais abatidos/ Prato cheio de sobremesa”

56 – “Se manca, neném/ Gente mala a gente trata com desdém/ Se manca, neném/ Enfia sua nóia e passe bem”

57 – “Eu nunca tive preconceito nem paixão/ Mas confesso, tenho medo de barata e avião”

58 – “Com a sutileza de um furacão/ Você vai tomando conta do meu coração, baby”

59 – “Por isso não provoque/ É cor-de-rosa choque”

60 – “E no que diz respeito à moda/ Eu não sigo esse figurino”

61 – “Alô, doçura/ Me puxa pela cintura/ Tem tudo a ver o teu xaxim/ Com a minha trepadeira”

62 – “Vou botar fogo nesse asilo/ Respeite minha caducagem/ Porque essa vida é muito louca/ E loucura pouca é bobagem”

63 – “E ve se me dá o prazer de ter prazer comigo”

64 – “Deus me imunize do seu veneno/ Deus me poupe do seu fim”

65 – “Viva Brazix, colônia quintal/ Elite rastaquera/ Baleias, botos, S.O.S. animal/ Nova era já era”

67 -“Eu não tenho hora pra morrer/ Por isso sonho”

68 – “Eu juro, que dias melhores virão!”

69 – “Mas enquanto estou viva, cheia de graça/ Talvez ainda faça um monte de gente feliz”

 

…………………………..
*Fonte: revistaquem

rita_lee2015

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.