Rolê de Carnaval – I

Em clima de final de semana de carnaval, as coisas começaram meio que devagar hoje em função da ressaca de ontem. Mas não tá morto quem peleia.

Dados os recados, convites foram feitos, horário marcado para zarparmos e assim foi. No começo da tarde, mesmo com o calor e sol forte que tava rolando – foda-se! Lá fomos nós outra vez. Eu, o brother Pretto, o Alexandre e o casal especialmente convidado lá da capital – Vladi e a Fabi.

O roteiro de hoje começou com a gente indo até General Cãmara (RS) depois de uns 90km rodados com o sol na moleira, uma parada para aliviar o calor e bebermos alguma coisa. Um breve pit stop no postinho do trevo da cidade e então fomos até Charqueadas (RS), passando a bela ponte sobre a prainha do Rio Jacuí (não, dessa vez não chegamos na prainha – mas tinha bastante gente pelo que deu parta ver), seguindo até São Jerônimo (RS).

Em São Jerônimo a brincadeira começou a ficar ainda mais interessante, é porque pegamos o caminho até a balsa para então atravessarmos o rio. Muito legal. Bacana, rápido e seguro. Uma boa dica que o irmão do Pretto, nos deu esses dias Valeu!

Já na outra margem do Jacuí, chegamos em Triunfo e aí outra breve parada pagando uma de “turistão”, no centro antigo da cidade. Tudo incluso no pacote completo, com direito a descanso na sobra da bela praça e uma visita a famosa igreja, óbvio, em frente a praça…rsrsrsr

Outra grata surpresa foi o trajeto de mais ou menos uns 30km, de Triunfo até a 386. Cara! Sensacional. Um lugar bonito e uma boa estrada para se andar de moto. Boa de curvas. Minha moto elétrica (sic!…rsrsrs), agradece. Tava muito bom andar ali. Não sei se era por causa do carnaval, mas havia pouco movimento no caminho, o que tornou mais agradável ainda esse nosso rolê de hoje. Eu curti bastante. Aliás, esse foi sem dúvida um dos mais legais dos últimos tempos.

Chegamos na 386, tomamos a direção de casa, mas antes uma chegada na Casa do Mel. A diferença é que agora essa parada foi por puro prazer, nada a ver com sombra, calor, água gelada e o escambau. Ali qualquer coisa que se come é muito bom. Fica a dica aos viajantes.

Para deixar a tarde ainda melhor, resolvemos então alongar o trajeto da volta, fomos para a direção de Lajeado (RS), para depois seguirmos para casa. Esse trajeto da 386 de pista dupla, asfalto novo e com o limite de velocidade de 100km/h, é show! Se é que me entendem.

Uma vez em casa, era hora então de finalmente tomarmos aquela cerveja bem gelada, para fechar com chave de ouro a empreitada. Óbvio que foi mais uma dia daqueles de moto por aí.

Abraços e um bom carnaval. Se divirtam! e cuidem-se.

“SE BEBER NÃO DIRIJA”.

*algumas imagens do rolê de hoje.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.