Médicos anunciam novo transtorno alimentar: Pessoas obcecadas por alimentação saudável, os ortoréxicos

Quando falamos em transtorno alimentar, vem logo na cabeça algo como anorexia e bulimia, por exemplo. Mas agora, com essa onda de alimentação natural, baseada em produtos unicamente nutritivos e saudáveis desencadeou um tipo de transtorno alimentar bastante curioso: a Ortorexia.

A ortorexia é um transtorno alimentar diagnosticado há pouco tempo e parece acometer pessoas obsessivas quanto aos padrões daquilo que come. Ao contrário da anorexia ou bulimia, a pessoa permite-se comer, mas fica tão obcecada com o que come que todos os seus pensamentos ficam ocupados com a dieta e o valor nutritivo e calórico de cada alimento. O ortoréxico somente se permite alimentos saudáveis e controlam obsessivamente o conteúdo nutricional de cada elemento que ingerem.

Calorias, vitaminas e nutrientes tornam-se o foto da comida e qualquer coisa que contenha o mínimo vestígio do que está na lista do “não é permitido” não é consumido. A pessoa se torna um “mártire” levando a obsessão com o conteúdo dos seus alimentos ao extremo, e não se permitem, em circunstância alguma, um desvio do seu programa de tipos de alimentos autorizados.

A princípio você pode estar imaginando que alguém que controla o conteúdo nutricional, calórico, vitamínico da sua alimentação pode estar fazendo uma coisa boa para si. No entanto, psiquiatras e psicólogos são unanimes em dizer que o ortoréxico pode ter sua mente seriamente afetada, criando um mundo à parte baseado unicamente com seu modelo obsessivo de dieta. É uma doença grave, tratada com terapia e medicamentos.

Como descobrir se uma pessoa é ortoréxica

Examina cada ingrediente usado na refeição, por exemplo a marca, o valor nutricional, o valor calórico, a vantagem do fio de azeite extra virgem usado para temperar a salada.

Só se permite alimentos saudáveis. Jamais, em hipótese alguma, essa pessoa se permitirá ingerir um biscoitinho industrializado.

Não consegue comer nenhuma refeição preparada por outra pessoa, ou pelo menos sob sua intensa e rigorosa supervisão.

Observa e comenta a maneira como outras pessoas preparam a comida, ao mesmo tempo que tenta mudar os hábitos alimentares de todo mundo, até mesmo dos animais de estimação.

Passa o tempo todo pensando nos nutrientes e calculando as calorias que consumiu durante o dia. Pode ficar o dia inteiro no supermercado fazendo compras, pois precisa ler atentamente todas as etiquetas de valores nutricionais, vitamínicos, calóricos e etc. de absolutamente tudo.

Perdeu muito peso recentemente sem seguir conscientemente uma dieta.

 

……………………………………………………………
*Fonte: diariodebiologia

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.