Saiba tudo sobre vinhos orgânicos

Os vinhos orgânicos surgiram na Califórnia na década de 1960 e foram desenvolvidos por um grupo de agricultores naturalistas. De acordo com o especialista em agricultura orgânica Thiago Tadeu Campos, para ser considerado orgânico, o vinho deve ser produzido apenas com uvas orgânicas e não deve trazer em sua composição nenhum composto ou aditivo químico.

Estudos relevam que o vinho pode possuir mais de 60 compostos químicos em sua composição, logo, optar por um produto orgânico garante um consumo saudável e evita problemas de saúde em longo prazo. Atualmente cerca de 4% do vinho produzido em todo mundo é orgânico, mas devido à conscientização acerca das vantagens do consumo de orgânicos esse número só tende a aumentar.

Vinícolas orgânicas

Devido às suas propriedades únicas e seu sabor, o vinho orgânico tem ganhado cada vez mais atenção dos consumidores e sommeliers. Como consequência, há um grande incentivo à criação de vinícolas orgânicas e também para a produção e disseminação do vinho orgânico como uma opção acessível.

Diferenças entre os vinhos orgânicos, biodinâmico e natural

Dentro da produção de vinhos orgânicos, podemos encontrar algumas subdivisões relacionadas ao modo de cultivo da uva, por exemplo. Enquanto o vinho orgânico permite o uso de adubos orgânicos e métodos de controle de pragas sem o uso de produtos químicos, o vinho biodinâmico exige um envolvimento do produto com o meio ambiente perto dos vinhedos.

O produtor de vinho biodinâmico pode possuir roseirais ao redor da plantação de uva e utilizar chás naturais para mineralizar o solo, mas todo o processo deve respeitar o meio ambiente e a biodiversidade, evitando todo e qualquer desgaste ao ecossistema. Em contrapartida, os vinhos biodinâmicos possuem um sabor mais intenso e são mais saudáveis para o consumo.

Já o vinho natural é produzido com a ausência de toda e qualquer levedura ou aromatizante artificial. Esses vinhos podem ser encontrados com maior facilidade e devem ser consumidos após decantados. Os vinhos naturais são mais escuros e espessos devido à preservação das características naturais de cada uva.

Benefícios de consumir um bom vinho

O costume de beber vinho diariamente surgiu devido às propriedades benéficas do seu consumo, mas de nada adianta consumir bons vinhos se os mesmos possuírem compostos químicos que, em longo prazo, poderão acarretar em problemas de saúde. Todavia, não é preciso abrir mão do bom vinho para ser saudável, basta optar por vinhos orgânicos.

Uma maneira de manter o corpo saudável é através do consumo de alimentos orgânicos, e com o vinho não seria diferente. O vinho orgânico, por exemplo, previne doenças cardiovasculares e reduz a produção do colesterol que prejudica à saúde.

Onde encontrar vinhos orgânicos?

A Itália tem aproximadamente 6% de sua produção de vinhos em vinhos orgânicos. O vinho Prosecco da Cantina PERLAGE, por exemplo, é o único de sua categoria que é produzido de forma totalmente orgânica. Contudo, existem vinícolas no Chile, Argentina e até mesmo no Brasil que estão se especializando na produção dos melhores vinhos orgânicos. Hoje em dia é possível participar de clubes do vinho, onde o acesso aos vinhos importados é facilitado, ou então, para aqueles que não conhecem nenhuma adega de vinhos orgânicos, é possível adquirir através de sites que revendam vinhos online, de forma simples e rápida.

 

……………………………………………………………………………….
*Fonter: ciclovivo / Thiago Tadeu Campos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: