Adam West, conhecido por interpretar Batman na TV, morre aos 88 anos

Adam West, conhecido por interpretar o herói Batman na TV na década de 1960, morreu nesse sábado (10/06/2017) aos 88 anos, em Los Angeles. Segundo informações da BBC, o ator sofria de leucemia.

Um comunicado no Twitter oficial do ator informou que Adam morreu na noite de sexta-feira (09). “Nosso amado Adam West morreu na última noite. Ele era grandioso. Sentiremos uma incrível falta dele. Nós sabemos que vocês sentirão sua falta também.”

Adam West estreou sua carreira artística em 1957, no filme “Voodoo Island”, mas não teve seu nome creditado nesse trabalho. Após isso, o ator e dublador norte-americano participou de inúmeros seriados, mas ganhou reconhecimento ao interpretar Batman na série homônima televisiva, que foi ao ar de 1966 a 1968.

Adam era casado com Marcelle desde 1972. O ator deixa seis filhos, quatro netos e dois bisnetos.

……………………………………………….
*Fonte: G1

|||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||

 

Santa tristeza! Os fãs do #Homem-morcego mais conhecido do universo de super-heróis estão de luto! Faleceu ontem, vitimado por uma leucemia, o ator Adam West, que interpretou Batman no seriado homônimo e muito cultuado nos anos 60.
Os protagonistas

#Adam West foi escolhido para interpretar o famoso herói após aparecer num comercial de chocolate instantâneo, apesar de estar totalmente fora de forma para o papel. Somente após pressão dos produtores é que o ator adquiriu um porte mais atlético. Seu parceiro de aventuras, Robin, o menino-prodígio, foi interpretado pelo ator Burt Ward. O seriado fez um estrondoso sucesso inclusive no Brasil, tendo sido reprisado várias vezes nas últimas décadas pelas emissoras de TV a cabo e abertas.

Vale lembrar que o seriado original estreou nas TVs americanas da década de 40. Em 1943, o Homem-Morcego saía das revistas em quadrinhos criadas por Bob Kane para a televisão, mas a produção era tosca e os atores um pouco desengonçados. A produção da década de 60 era muito mais atraente pelo fato de ser em cores, a criação das onomatopeias (SOC! POW! CRASH!) na hora das lutas e uniformes bem mais coloridos, típicos da época.

Após o sucesso do longa-metragem de 1966 “#Batman – O Homem-Morcego”, a 20th Century Fox produziu o primeiro episódio e o levou ao ar em janeiro do mesmo ano, durando até março de 1968, totalizando 120 episódios e três temporadas. Na terceira temporada, Ivonne Craig estreou como a Batgirl, alter-ego da filha do Comissário de Polícia Gordon, para aumentar a audiência junto ao público feminino, formando então o trio dinâmico.

Um detalhe curioso é que a personagem da tia Harriet foi criada para disseminar suspeitas de uma suposta relação homossexual entre Bruce Wayne e Dick Graison, pelo fato do milionário ter adotado um jovem já em idade adulta.

Outro inesquecível aliado à dupla dinâmica na luta contra o crime na fictícia cidade de Gotham City é o fiel mordomo Alfred, presente nas revistas, nas séries televisivas e em todos os filmes da nova era produzidos para o cinema.

Um dos fatos mais marcantes do seriado é o famoso tema musical, um rock no qual o nome do herói é repetido diversas vezes na letra. Alguns acharam que o autor Neal Hefti compusera “Batman Theme” plagiando “Taxman”, uma música do grupo de rock inglês The Beatles, então no auge da fama.
Os vilões e a produção

No final de cada primeira parte de cada episódio, quando um ou ambos os heróis eram presos em alguma armadilha mortal preparada pelos vilões Pinguim, Mulher-Gato, Charada ou Coringa, o narrador convidava o telespectador para assistir no dia seguinte, “na mesma bat-hora, no mesmo bat-canal” como a dupla dinâmica sairia viva na segunda parte.

Por sinal, os vilões de Batman geralmente roubavam a cena. Cesar Romero, que fez o Coringa, já era um consagrado ator. Frank Gorshin, o Charada, se destacava pelas charadas e sua histérica gargalhada. Julie Newmar, a Mulher-Gato, com altas doses de sensualidade, e o Pinguim, também um experiente ator, era vivido por Burgess Meredith, que na franquia dos filmes do lutador Rocky (Sylvester Stallone) interpretou seu treinador.

Não eram só os vilões que se destacavam. O Besouro Verde, outra cultuada série da década de 60 que teve a participação do lendário lutador Bruce Lee como Kato, aparecera em um dos episódios de Batman, chegando até a travarem um combate.

Um outro inesquecível destaque do seriado são as impagáveis subidas da dupla dinâmica nos prédios de Gotham City, estratégia para pegar de surpresa os criminosos, ao passarem por alguma janela que era aberta por algum cidadão – geralmente conhecido pelo público – Batman e Robin interrompiam sua escalada surreal para bater um rápido papo com Sammy Davis Junior e Jerry Lewis, entre outros.

A tecnologia estava bem à frente do tempo em 1966 para ajudar Batman e Robin na luta contra o crime. O bat-computador era a principal ferramenta tecnológica. O tradicional batmóvel, o batcóptero, a batmotocicleta e a bat-lancha eram os meios de transporte usados pela dupla, com recursos e armas de fazerem inveja a James Bond.

Nos últimos anos, Adam West ainda fazia aparições em convenções e eventos relativos ao herói.

O ator Burt Ward, o Robin, e Julie Newmar, a Mulher-Gato, cujas amizades ultrapassaram os limites da bat-caverna, declararam notas de pesar pela morte do colega de seriado em seus perfis nas redes sociais.

Sua família escreveu para os fãs e amigos no perfil oficial do ator no seu Facebook a seguinte nota:

“É com grande tristeza que estamos compartilhando esta notícia… Adam West faleceu pacificamente na noite passada depois de uma curta, mas corajosa batalha contra a leucemia. Ele era um pai amado, marido, avô e bisavô. Não há palavras para descrever o quanto vamos sentir falta dele. Nós sabemos que você vai sentir falta dele também e nós queremos que você saiba o quanto o seu amor e apoio significava para ele ao longo dos anos. Abraçar seus entes queridos hoje.

– A Família West.”

………………………………………………………………….
*Fonte II: brblastingnews

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s