Caminhos – #69

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Feliz por estar em Le Mans, Barrichello exalta competitividade e revela: “Me senti como um piloto de F1”

Rubens Barrichello encara um desafio inédito em sua carreira neste fim de semana. Recordista de largadas no Mundial de F1, duas vezes vice-campeão, dono de uma temporada no currículo como piloto da Indy e tantas outras provas no Endurance e no kart, o paulista de 45 anos faz seu debute na mais desafiadora prova de resistência. Por conta de todo seu prestígio no exterior, Barrichello vem sendo um dos pilotos com mais destaque nas transmissões por parte de Le Mans, além de ganhar muita atenção do público e da mídia como um todo. Tudo isso faz Rubens se sentir como se ainda fosse um piloto da F1.

“Le Mans é Le Mans, e eu me senti como um piloto de F1 quando saí do paddock e o monte de pessoas que estavam ao meu redor”, destacou o brasileiro, que em Le Mans corre com o Dallara P217 dotado de motor Gibson da equipe holandesa Racing Team Nederland. Na classe LMP2, Barrichello, que corre ao lado do veteraníssimo Jan Lammers — campeão e dono de 23 largadas em Le Mans — e do gentlemen-driver Frits Van Eerd, vai largar em 17º na categoria e em 23º no geral com o protótipo #29.

“Isso é o que eu amo fazer, amo estar com meus amigos e conseguir fazer alguma coisa. Pode não ser a via mais competitiva, mas ainda sou muito competitivo e vou fazer meu melhor”, destacou o brasileiro durante entrevista coletiva concedida em Le Mans.
[Rubens Barrichello teve a chance de guiar pela primeira vez em Le Mans na última quarta (Foto: Racing Team Nederland/Facebook))]
Rubens Barrichello teve a chance de guiar pela primeira vez em Le Mans na última quarta (Foto: Racing Team Nederland/Facebook)
Barrichello destacou a superioridade do chassi Oreca frente ao Dallara na LMP2, e isso se reflete de forma clara no grid de largada. Todas as nove primeiras posições da classe são de protótipos Oreca, enquanto o melhor Dallara, o #27 da equipe russa SMP, tem o décimo lugar na categoria, 16º no geral. O conjunto de Barrichello marcou 3min29s976, marcado pelo brasileiro durante a noite de quinta-feira. A melhor volta da pole na LMP2, com Alex Lynn, da G-Drive, foi de 3min25s352.

Na visão de Rubens, vai ser difícil que a Dallara consiga encurtar a diferença para os Oreca em condições reais. Mas lembrou que Le Mans é uma corrida única e também, obviamente, extremamente longa e imprevisível.

“Isso só vai acontecer se a confiabilidade se tornar um problema e se eles tiverem alguma coisa com a gestão dos pneus, mas além disso, em termos de velocidade, eles são mais rápidos. A Oreca parece ter feito um super trabalho. Nós fomos a segunda força desta vez, e agora a única coisa que se pode dizer é que a Oreca fez um bom trabalho, com quase todos os carros nas nove primeiras posições”, disse.

“Eles parecem muito rápidos. Não sei como vai ser durante a corrida, mas se eles mantiverem esse ritmo durante a prova, vai ser bem difícil de alcançar. Mas 24 horas são uma história bem diferente, e qualquer coisa pode acontecer”, comentou.

Nesta sexta-feira sem atividades na pista, as equipes já pensam no acerto para a corrida. A Racing Team Nederland ainda não definiu qual rumo vai tomar para a prova propriamente dita. “Nós tivemos um [nível] um pouco mais alto [de downforce], mas não tanto quanto o outro Dallara. Ontem, quando esfriou nos minutos finais, consegui entrar nos 3min29s, o que me deixou bem feliz. Estamos decidindo para qual rumo vamos seguir para a corrida [em termos de downforce]”, finalizou.

A 85ª edição das 24 Horas de Le Mans tem largada prevista para 10h (horário de Brasília), com o chefão da F1 Chase Carey dando a bandeirada inicial. A transmissão fica a cargo da Fox Sports, que exibe as primeiras horas da prova ao vivo — e também as duas horas finais, no domingo. No sábado, a transmissão começa a partir de 9h30.

 

…………………………………………………….
*Fonte: grandepremio

 

 

 

 

 

 

 

 

5 técnicas calmantes que podem reduzir a ansiedade em pouco tempo

“Não habite no passado, não sonhe com o futuro, concentre a mente no presente.” – Buda
As pessoas que sofrem de ansiedade, muitas vezes, não conseguem entender o que está acontecendo.

Somente aqueles que sentiram o medo da ansiedade constante, podem entender.

 

Abaixo estão 5 técnicas que podem reduzir a ansiedade em pouco tempo:

1. Meditação

“A pesquisa sugere que a meditação diária pode alterar os caminhos neuronais do cérebro, tornando-o mais resiliente ao estresse”, diz Robbie Maller-Hartman, Ph.D.

Contrariando à crença popular, não é preciso ser um sábio para experimentar os tremendos benefícios do alívio de ansiedade da meditação. (É claro que a prática adicional apenas fortalece a capacidade de combate ao estresse/ansiedade).

O método é simples. Para instruí-lo, vamos imaginar que você está no trabalho ou estacionado em algum lugar com seu carro. Aqui está o que fazer: sente-se reto, com os dois pés no chão e feche os olhos. Recite – em silêncio ou em voz alta – um mantra, como “Estou em paz”, ” ou “Eu me amo “. Descarte quaisquer pensamentos de distração sem preconceito ou julgamento.

2. Respiração profunda

Quando se trata de aliviar a ansiedade, concentrar-se na respiração é (de longe) o método mais eficiente. Tudo o que você precisa é de uma pausa de 5 minutos e paciência.

Mais uma vez, a prática é simples. Sente-se corretamente com os olhos fechados. Coloque uma mão na sua barriga enquanto inspira lentamente pelo nariz. Sinta a respiração encher seu abdômen e viaje para cima, como se a respiração estivesse chegando ao topo da cabeça. Mantenha a respiração presa por alguns segundos, então, naturalmente (e lentamente), expire pela boca.

3. Esteja presente

“Estar presente” é notar todas as sensações à medida que elas se estendem – existir neste momento e apenas neste momento.

O bom sobre estar presente é que você pode praticá-lo em qualquer lugar, fazendo qualquer coisa, a qualquer momento. Lavando a louça: observe e sinta como é a superfície dos pratos ao toque de sua mão, enquanto você aplica o detergente. Andando? Sinta o ar à medida que ele flui e toca seu rosto e seu corpo. Digitando? Ouça o som de cada barulho do teclado enquanto trabalha.

Quando você está presente, foca toda a sua consciência em seus sentidos, em vez de no impulso.

 

4. Priorize seu tempo

Nosso tempo nesta Terra é limitado. A verdade (às vezes desconfortável) é que não sabemos quanto desse precioso recurso temos. Infelizmente, muitas pessoas agem como se fossem imunes ao passar do tempo.

O fundador da Apple, Steve Jobs, que acabaria por sucumbir ao câncer, deu sua perspectiva ao tempo: “Se hoje fosse o último dia de sua vida, você gostaria de fazer o que está fazendo hoje?”

Avalie como você gasta seu tempo. Não há caminho “certo” ou “errado” – apenas o seu caminho. Se você tiver a sorte de trabalhar em um trabalho que você ama, invista seu tempo lá. Se você está feliz apenas em “ir com o fluxo” e apreciar cada experiência – ótimo.

Valorizar o tempo é gastá-lo desfrutando de sua vida, descartando quaisquer expectativas externas.

5. Escreva coisas

Documentar seus pensamentos é um poderoso analgésico. Pensamentos estressantes acumulados, inevitavelmente, resultam em ansiedade.

Escrever o que você está pensando e sentindo pode proporcionar um profundo sentimento de alívio, pois você não está mais confiando em suas faculdades cognitivas para armazenar e interpretar cada pequeno impulso.

Escrever seus pensamentos, em essência, é transferindo seus pensamentos para algo tangível. Ao fazê-lo, você libera seus recursos cognitivos e neutraliza a ansiedade. Como resultado, torna-se mais relaxado – e uma mente relaxada é uma mente pacífica.

Uma boa prática: mantenha um bloco de anotações em seu alcance. Sempre que um pensamento estressante e ansioso surgir, escreva-o. No final do dia, reveja as suas anotações – alguma coisa precisa mudar ou suas ansiedades são um subproduto inofensivo de uma mente hiperativa?

 

…………………………………………………………………………..
*Fonte: osegredo /Power of Positivity