Este site permite encontrar fotos e documentos de seus antepassados imigrantes

O Brasil é um país feito por imigrantes. Assim, não é incomum que muitas famílias tenham poucas gerações antecessoras nascidas aqui – e igualmente comum é as famílias brasileiras não possuírem maiores informações, fotos ou registros precisos sobre essas migrações. Recentemente, no entanto, o site [ Family Search ] vem ajudando a resolver diversas dessas dúvidas; nele é possível buscar informações e documentos de imigrantes que chegaram no Brasil entre 1902 e 1980.

Para quem procura informações de antepassados mais distantes, o site pode ser uma comovente mina de ouro, afinal era incomum que nossos avós ou bisavós tirassem registros em fotografias.

Assim, vem surgindo na internet diversos relatos de pessoas que encontraram familiares, informações ou mesmo toda sua árvore genealógica pelo site (teve gente que encontrou o próprio documento de imigração!).

 

 

 

 

………………………………………………..
*Fonte: hypeness

5 cuidados sobre saúde que você deve tomar antes de viajar

Ao planejar uma viagem certamente as primeiras preocupações ficam por conta de preços, passagens e hospedagem, porém esses não são os únicos itens importantes para se preocupar. Muita gente acaba esquecendo, mas a saúde é um ponto crucial para uma viagem inesquecível e sem perrengues.

Para garantir que tudo saia como planejado e nenhum passeio seja interrompido no meio do caminho, você deve tomar alguns cuidados de saúde antes de embarcar ou pegar a estrada, confira:

 

1 – Estar com o check up em dia

Consultar um médico e estar com os exames em dia é essencial antes de uma viagem, principalmente se ela for para um lugar mais distante, faça seu check up e certifique-se que está saudável. Viajar doente pode ser uma dor de cabeça a mais e dependendo da situação , até enfraquecer seu sistema imunológico e agravar os sintomas.

2 – Carteira de vacinação atualizada

Manter as vacinas em ordem muitas vezes é um requisito para determinados destinos, essencialmente idosos, crianças e pessoas no grupo de risco. Alguns países exigem até que o turista apresente o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia, um documento que comprova as vacinas que a pessoa já tomou.

Para obter o certificado é necessário comparecer ao Centro de Orientação de Viajantes apresentando o cartão de vacinação e um documento de identidade oficial com foto ou certidão de nascimento. Confira os países que exigem o certificado.

3- Não abra mão do seu kit saúde

Sempre tem aquele remédio que “faz milagre”, seja para dor de cabeça, cólica, febre, enjoo, ou qualquer outra coisa, por isso é sempre bom tê-lo por perto em caso de algum imprevisto. Você pode consultar seu médico sobre quais levar, geralmente os mais usados são: analgésicos, antitérmicos, antiácidos, antissépticos, curativos e bandagens adesivas, além de protetor solar e repelente, que também podem entrar na lista do kit saúde.

Em alguns locais o viajante pode ter dificuldades para encontrar determinado remédio, por isso, ao sair do Brasil, lembre-se de levar duas receitas, uma no idioma do país de origem e outra no idioma do país que vai visitar, para evitar qualquer tipo de problema.

4- Pesquisar sobre o destino

O segredo é planejar, para isso pesquise tudo sobre o destino da viagem, inclusive, sobre a exigência de vacinas específicas, risco de doenças , medidas preventivas, além de clima e hábitos alimentares e culturais, que também podem interferir na sua saúde. No site da Anvisa é possível checar as orientações para visitar diferentes locais do mundo.

5- Saiba o que fazer em situações adversas

Tanto para viagens nacionais quanto internacionais é preciso estar ciente da cobertura dos planos de saúde e saber como proceder em caso de necessidade. Em países estrangeiros, por exemplo, é comum hospitais não receberem turistas sem plano e quando se necessita pagar por um procedimento ou internação isso costuma ter um custo alto, por isso avalie contratar um plano de saúde antes mesmo de ir para ter a quem recorrer caso precise. Dessa forma, contratar uma cobertura de saúde pode ser algo interessante.

………………………………………………………..
*Fonte: webadventure