hey!

Anúncios

Peter Frampton – Gibson Les Paul signature

Gibson Custom Shop recriou a guitarra que Peter Frampton tocava em seu álbum ao vivo multiplatinado de 1976. Com suas características distintas, incluem uma parte traseira de mogno com câmaras de alívio de peso, braço com um perfil fino personalizado Peter Frampton e três humbuckers Gibson: ’57 Classic (braço), ’57 Classic Plus (meio) e 500T (ponte). O seletor de captadores de 3 vias é conectado para que o meio apanhador esteja sempre ligado (com seu próprio volume e tom) e pode ser combinado com os captadores frontais ou traseiros. As características personalizadas de Les Paul de nível superior incluem o acabamento em ébano, o fingerboard Richlite de 22 fretes com incrustações de blocos de pérolas, a ligação de uma única camada branca em cima e para trás, sintonizadores bean e hardware dorado. Inclui o case também.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

……………………………..

 

5 conselhos para superar a Síndrome pós-viagem

Sabe aquela vontade de voltar pra estrada antes mesmo de deixá-la? É normal. A gente não quer que a viagem termine!!!
Abaixo 5 conselhos pra superar a Síndrome pós-viagem. Ajude deixando os seus também!

1- Planeje a próxima viagem
Não se esqueça que uma próxima viagem está por vir. Pode ser uma viagem de longa duração ou uma simples escapadinha no fim de semana. Isso irá lhe ajudar a se sentir melhor.

2- Vá com calma na volta ao trabalho e ou às aulas
Você certamente tem suas tarefas e alguém pode estar esperando que elas sejam feitas, mas você deve ter calma para desempenhá-las. Tente começando com um planejamento do tipo “agenda da semana” para a primeira semana pós-viagem e vá a completando pouco a pouco.

3- Tente enxergar o lado positivo das coisas
Tá tudo chato? Isso pode ser só efeito do ‘impacto’ da volta. Dê tempo ao tempo e pense que do seu esforço no trabalho por exemplo, é que sairá a verba para a próxima mochilada.

4 – Tente mudar a rotina
Se antes da viagem você sequer ia da sua casa à padaria a pé, comece a fazê-lo. Você pode ganhar saúde e ainda mantém o pique que tinha na viagem.
Se seus afazeres lhe consumiam por completo antes da viagem e você não conseguia nem arranjar tempo pra ligar para os amigos, que tal marcar um encontro pra matar a saudade, contar como foi sua jornada e sobretudo ouvir como foi a dele?
(Às vezes, quando voltamos de viagem nos tornamos meio chatos, porque vivemos coisas tão legais que não nos cansamos de falar sobre elas, tem de haver sensibilidade e ouvir o que a pessoa viveu também, mesmo que ela tenha passado os últimos 30 dias no sofá. Se isso aconteceu com ela incentive-a a botar o pé na estrada! Pra algumas pessoas só falta o exemplo e um empurrãozinho…)

5- Tente voltar pelo menos 2 ou 3 dias antes
Algumas pessoas voltam mais tranquilamente à rotina se tiverem um tempinho pra isso. Voltar 2 ou 3 dias antes para ir se “readaptando” pode ajudar a amenizar a tristeza e dependendo do local de onde voltou, isso também o ajudará a amenizar os efeitos do jet lag.

> Bônus
Lembre-se: Voltar pode não ser tão ruim… (até porque tem próxima viagem – risos)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

*quadrinhos: http://sushidekriptonita.blogspot.com.br/

……………………………………………………………………….
*Fonte: mochilabrasil / Claúdia severo