10 Hábitos que podem acabar com sua moto

1 – Ignorar o óleo
Apenas fazer a troca de óleo no prazo recomendado não é o suficiente. Em geral, os motores de motos exigem mais atenção do que os motores de carros. A utilização de qualquer tipo de óleo assim como o descuido com o nível recomendado, são erros graves. É importante criar um hábito frequente de verificar com a varetinha se a quantidade de óleo está correta.

2 – Mão grudada na embreagem
Quanto menos a embreagem for usada, mais ela vai durar. Parou no semáforo? Adquira o hábito de colocar o câmbio em ponto morto. O péssimo hábito de usar a embreagem para dar a famosa “queimada” também ajuda a acabar com ela. O melhor mesmo é usar a embreagem o mínimo possível e aprender a dosar o acelerador de modo correto.

3 – Pneus murchos
Nada de bom acontece com pneus murchos. Primeiro, os pneus furam mais facilmente e, dependendo do buraco, podem comprometer a carcaça. Com pneus murchos as rodas podem ser amassadas ou quebradas mais facilmente. Então, pelo menos uma vez por semana, dê uma olhada nos pneus e respeite a calibragem recomendada.

4 – Amortecedor que não acaba
Alguns motociclistas esquecem que o amortecedor não é eterno e esquecem de fazer a troca. Mais cedo ou mais tarde vai ser preciso trocar o amortecedor. Quando ficam velhos e perdem a capacidade podem causar danos sérios, o chassi pode trincar ou até mesmo quebrar, coisa que definitivamente você não quer que aconteça.

5 – Desligar o motor na descida
Mais popularmente conhecido como “o barato que sai caro”. Para economizar gasolina, muitos motoqueiros percorrem distâncias longas de descida com o motor desligado. Má idéia, porque o motor para de funcionar, mas a transmissão não. As engrenagens internas do câmbio continuam trabalhando, e a lubrificação interna nessa condição não conta com a pressão necessária da bomba de óleo, porque o motor está desligado.

6 – Corrente frouxa e ressecada
A vida útil de uma corrente, depende de quanto você vai lubrificá-la. A corrente pode ter uma vida muito mais duradoura caso receba frequentemente lubrificante. Também se você mantiver a corrente na tensão adequada, nem muito esticada e nem muito frouxa, você vai estar ajudando a aumentar a vida útil da corrente da sua moto.

7 – Caixa de direção folgada
Fique atento se a caixa de direção afrouxou. O sintoma mais evidente são barulhos vindos da região abaixo do guidão. Mas pior do que andar com a caixa de direção solta é andar com ela muito apertada, o que pode se perceber pela dificuldade em girar o guidão. Nesse caso, não só o rolamento sofre assim como a dirigibilidade fica prejudicada.

8 – Rotação baixa ou alta demais
Existem motociclistas que têm preguiça de reduzir as marchas e deixam o motor cair de rotação de forma exagerada. Outro erro que custa caro, porque isso reduz a durabilidade, seja com rotação baixa ou alta demais. O ideal é nunca exagerar nos extremos.

9 – Lavagem com jato d’água
Na hora de lavar sua moto, tome cuidado com lavadoras que lançam jato d’água de alta pressão. Os motores têm retentores que são dispositivos para reter óleo ou qualquer outro tipo de líquido. O segredo, ao lavar a moto, é não exagerar na proximidade do jato e evitar mirar em um só lugar por muito tempo.

10 – Gasolina
Sempre desconfie de gasolina muito barata. Gasolina “batizada” pode causar um desgaste prematuro dos componentes internos do motor e do carburador. As motos com injeção eletrônica aceitam melhor a gasolina adulterada, mas com o tempo, a potência e o desempenho diminuem, assim como a capacidade de aceleração.

…………………………………………………………..
*Fonte: Harley no AMINO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.