Esculturas vivas ou alucinações coletivas?

A abordagem artística da Companhia La Machine tem o movimento como parte da linguagem arquitetônica viva que desenvolveu. O conceito é sonhar com cidades do amanhã e modificar a maneira como vemos o meio urbano.

…………………………………………………….
*Fonte: ideafixa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.