Cerveja em garrafas de papel? Carlsberg anuncia embalagem sustentável

Carlsberg, conglomerado de cervejarias multinacional dinamarquesa, anunciou dois protótipos que apostam na embalagem sustentável para distribuir cerveja em garrafas de papel.

Chamada de Green Fibre Bottle, a garrafa é feita de fibras de madeira e tem camada interna impermeável. Em um dos protótipos, a proteção é uma camada fina de plástico confeccionada com garrafas PET recicladas. O outro utiliza polímero biodegradável PEF, produzido a partir de resíduos agrícolas ou florestais. Ambos são 100% biodegradáveis.

A iniciativa faz parte do projeto da Carlsberg, a quarta maior cervejaria do mundo, em zerar as emissões de carbono em suas cervejarias até 2030.

Com as garrafas sustentáveis, o objetivo é diminuir as emissões em 30% na cadeia inteira de produção – baita desafio quando se trata de uma empresa que possui o rótulo de mais de 500 marcas de cerveja em três continentes.

“Estamos contentes com os avanços com a Green Fibre Bottle,” disse Myriam Shingleton, vice-presidente de desenvolvimento da Carlsberg. “Ainda não chegamos lá, mas os dois protótipos são um passo importante para realizar nossa ambição final de trazer essa novidade ao mercado.”

Os protótipos são resultado de quatro anos de cooperação entre a Universidade Técnica da Dinamarca, a EcoXPac e o fabricante sueco de produtos de papel e celulose BillerudKorsnäs, que se juntou a fabricante de garrafas Ampla para fundar a Paboco, empresa que produz garrafas sustentáveis.
Cerveja em garrafas de papel? Carlsberg aposta em design sustentável
Multinacional se compromete com causa ambientais ao anunciar sua nova empreitada de cervejas em garrafas de papel

Outros gigantes do mercado internacional como a Coca-Cola, L’Oreal e Absolut fizeram parceria com a Paboco para avançar na pesquisa do desenvolvimento da garrafa de papel.

Gittan Schiöld, CEO interino da Paboco, diz que os parceiros “estão unidos em nossa visão de que a garrafa de papel se tornará realidade e mudará fundamentalmente esse setor para sempre”.

É um pequeno passo para um problema gigantesco. De pouquinho em pouquinho, será que a gente chega lá?

*Por Raquel Rapini

 

…………………………………………………………………….
*Fonte: geekness

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.