Momento de curtir as inúmeras “Lives” que acontecem

Uma coisa bem interessante que está acontecendo durante esse período de quarentena – ao menoss, para mim, é essa quantiodade enorme de “lives” de artistas que também estão trancados em suas casa e assim aproveitam para interagir com os fans. Tenho curtido muito isso. Todas as noites assisto. Já vi de amigos, artistas nacionais e internacionais. Sensacional. Ajuda com um pouco de alegria nesses tempos de “tensão constante no ar”, melhora o astral e a moral do índio velho aqui. Sei que tem live de outros assuntos também, o que sempre muito bom, mas essas de música tem sei lá…. um tempero diferente. Parece que o artista está mais vulnerável mas ao mesmo tempo bem a vontade, na sua casa, tocando e cantando o que der na sua telha e sem aquele compromisso de ser uma coisa super profissional e formal.

Se liga de que com essa parada forçada de grande parte da humanidade, uma quarentena (que nem é de 40 dias), pode ser de algumas semanas como de meses, muitas coisas irão mudar daqui prá frente. Teremos ‘novos pensares” no modo de nos relacionarmos e valorizarmos as pequenas coisas do dia a dia, teremos incontáveis novos belos projetos pessoais – que estão sendo, maquinados aqui e ali nesse exato momento. E sim, principalmente no que se refere a questões políticas e econômicas, que serão reavaliadas por muitas, muitas pessoas. Podes crer…

*Só a lamentar e não podemos esquecer de modo algum…  o número de mortes e de pessoas hospitalizadas com o coronavírus, que infelizmente, é o lado triste e sombrio de tudo isso. Não se trata de férias, não é festa, mas sim reclusão para tentar diminuirmos a propagação do vírus. Tomara que funcione. Creio que em breve dias melhores virão. Tenhamos fé nisso!

Billie Joe grava cover no quarto e lança clipe com raridades do Green Day

Isolado devido ao coronavírus, Billie Joe Armstrong resolveu dividir sua quarentena com os fãs.

O frontman do Green Day aproveitou o tempo livre para fazer uma versão de uma música dos anos 60. “I Think We’re Alone Now”, de Tommy James and the Shondells, que traz um pop rock tradicional da época virou um pop punk bem anos 2000 na voz de Billie Joe.

Ele ainda descreveu a ideia:

Queridos amigos.. Enquanto estamos todos em quarentena eu estive refletindo sobre as coisas que são mais importantes na minha vida. Família, amigos e é claro música. Eu gravei uma cover de “I Think We’re alone Now”, de Tommy James e the Shondells, no meu quarto. Eu acho que se temos que passar esse tempo em isolamento pelo menos podemos ficar sozinhos juntos. Com amor BJ

Com um clipe que compila fotos de sua vida e imagens raras da banda, o resultado ficou sensacional. Veja a seguir!
Billie Joe Armstrong e cover de Tommy James and the Shondells

O novo coronavírus chegou bem na época da divulgação do disco Father of All…, lançado pelo Green Day no começo do ano.

Por conta do surto, a banda teve que adiar shows marcados para Março e ainda deve perder uma turnê que ocorreria entre Maio e Junho pela Europa.

…………………………………………………………………..
*Fonte: tenhomaisdiscosqueamigos

 

Supercomputador da Nasa se junta ao combate contra o Covid-19

Agência espacial faz parte do consórcio montado pelo governo federal dos EUA para reunir parte da capacidade computacional de instituições públicas, universidades e empresas na busca de uma vacina

Um dos supercomputadores da Nasa, dedicado normalmente a executar modelos climáticos para prever o clima futuro da Terra, agora emprestará sua capacidade ao combate da pandemia do novo coronavírus. Em um anúncio feito nesta segunda-feira (23), a Casa Branca comunicou que a agência espacial se uniu aos esforços para fornecer aos pesquisadores acesso aos recursos de computação de alto desempenho na busca por tratamento e vacina para a Covid 19.

Além da Nasa e da National Science Foundation, fazem parte da iniciativa diversos laboratórios, instituições acadêmicas do Departamento de Energia e empresas, como a IBM, Amazon Web Services, Google Cloud, Microsoft e Hewlett Packard Enterprise.

“Estou orgulhoso de que a Nasa esteja emprestando sua expertise em supercomputação para ajudar na luta global contra o COVID-19”, disse o administrador da agência, Jim Bridenstine, em um post no Twitter. “Por mais de seis décadas, a agência usou sua experiência para enfrentar desafios que beneficiaram pessoas de todo o mundo de maneiras inovadoras”, completou.

Se acordo com o diretor e Missões Científicas da Nasa, Thomas Zurbuchen, o supercomputador da divisão de Ciências da Terra terá processamento e tempo redirecionados para a pesquisa do Covid-19. Os pesquisadores poderão enviar propostas de pesquisa relacionadas ao novo coronavírus através de uma inscrição online, que será analisada e combinado aos recursos de computação de uma das instituições parceiras.

“Os Estados Unidos estão se unindo para combater o Covid-19, e isso significa liberar toda a capacidade de nossos supercomputadores para avançar rapidamente as pesquisas científicas”, afirmou o diretor de Tecnologia do governo federal norte-americano, disse Michael Kratsios.

*Por Renato Mota

…………………………………………………………….
*Fonte: olhardigital