Este barco de pesquisa é a tecnologia mais bizarra que você verá hoje

O bizarro barco que você vê na imagem acima é o RP FLIP, ou “The Research Platform FLoating Instrument Platform” (Plataforma de Pesquisa – Plataforma de Instrumentos Flutuantes).

Construído em 1962, ele é de propriedade do Escritório de Pesquisa Naval dos EUA e opera até hoje sob o controle do Instituto de Pesquisa Scripps, na Base da Marinha em San Diego (EUA).

Com 108 metros de comprimento, o barco pode preencher 91 metros com água de lastro. Uma vez cheio, sobe 90 graus, com os 17 metros de popa atuando como uma plataforma vertical.

Às vezes, o FLIP é ancorado ao fundo do oceano, mas em muitos casos pode flutuar livremente.

A título de estabilidade

Desde que foi criado, o veículo tem servido como uma plataforma móvel para observação e teste de várias propriedades oceânicas.

Como seu propósito inicial era a pesquisa de ondas sonoras subaquáticas, ele precisava ser muito estável. Isso é adquirido pela posição vertical; quando invertido, o FLIP age como uma boia com a maior parte de seu lastro bem abaixo da superfície. A água circundante nessas profundidades não é influenciada pelas ondas da superfície, de forma que a embarcação permanece firme.

Além de ondas sonoras subaquáticas, o FLIP pode estudar muitas outras coisas, como dados meteorológicos e temperatura e densidade da água.

Uma vez que as leituras dos instrumentos podem ser afetadas por vários métodos de propulsão, o FLIP não pode viajar sozinho, e precisa ser rebocado por outro barco.

Você pode assistir o FLIP assumindo a posição vertical no vídeo abaixo e também acompanhar um tour rápido pelo interior do barco. Quando a pesquisa é concluída, um enorme compressor de ar esvazia toda a água que o preenchia e a plataforma retorna à posição horizontal.

A versatilidade do FLIP explica porque as paredes do barco são ao mesmo tempo seu chão, e porque o banheiro tem duas pias. O local precisa ser mantido extremamente limpo. Imagina a bagunça toda vez que ele muda de ângulo!

*Por Natasha Romanzoti

……………………………………………………………..
*Fonte: hypescience

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.