Há exatos 50 anos os Beatles “davam adeus” com o clássico “Let It Be”

08 de Maio de 1970: após uma curta porém extremamente impactante carreia, a banda britânica The Beatles dava adeus. Ou não?

É fato que o quarteto de Liverpool que extrapolou as barreiras da música com a sua popularidade estava encerrando as atividades e não lançaria mais inéditas, mas a questão sobre seu “último álbum” sempre gera discussões quentes entre os fãs.

Há exatos 50 anos a banda lançava Let It Be, álbum que pelo menos cronologicamente encerrava um ciclo dos mais importantes em grande estilo.

Acontece que a imensa maioria das suas canções foi gravada antes de Abbey Road, antecessor disponibilizado em 1969, e isso faz com que a “verdadeira” ordem tenha apoiadores de todos os lados.

O disco que leva o nome do lendário estúdio onde está a faixa de pedestres mais famosa do planeta tem, efetivamente, aquelas que são as últimas músicas gravadas por Paul McCartney, John Lennon, George Harrison e Ringo Starr como os Beatles, então é compreensível que muitos defendam o penúltimo álbum como o último.

Entre opiniões, discussões e ponderações, uma coisa não dá pra discutir: seja qual for o adeus dos Beatles, ele foi feito com qualidade.
Let It Be, por exemplo, tem verdadeiros hinos como a faixa título e “Get Back”, que o encerra com muita força.
Se o fim se deu com Abbey Road, como não destacar que nele estão faixas como “Come Together”, “Here Comes The Sun” e “Golden Slumbers”.

*Por Tony Alex

………………………………………………………………..
*Fonte: tenhomaisdiscosqueamigos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.