Professor cria churrasqueira movida a energia solar 24 horas. Uma alternativa limpa

Quando se trata de escolher eletrodomésticos, sempre há o dilema de nos escolher com base no preço, qualidade, formato, tamanho, etc., mas acho que muito raramente nos preocupamos que essas coisas sejam ecológicas, especialmente se forem grelhados ou churrascos.

Embora existam atualmente várias opções de cozimento amigáveis ​​ao ar usando tecnologia de energia solar, não vimos uma opção que pudesse armazenar calor por tempos de cozimento mais longos ou temperaturas mais altas até agora. Bem, agora chegou Wilson Solar Grill.

A nova tecnologia solar desenvolvida pelo professor do MIT David Wilson pode fazer com que os churrascos solares se tornem os mais vendidos no mercado em breve. Sua maior virtude é poder cozinhar 24 horas por dia com energia solar acumulada.

A diferença que Wilson postula é abandonar a churrasqueira a carvão tradicional e oferecer uma opção de cozinha limpa, ecologicamente correta e socialmente sustentável no mundo em desenvolvimento já afetado pela forte poluição do ar.

Como funciona? Graças ao armazenamento de calor latente, a nova grelha permite tempos de cozimento estendidos, cria temperaturas mais altas e reduz o problema do sol intermitente. Desta forma, esta invenção alcançaria temperaturas de cozimento de 450F e oferece até 25 horas de tempo de cozimento.

Em relação à alta poluição causada pelos grelhadores convencionais, Wilson garante que esta invenção será muito útil para os países em desenvolvimento que dependem da lenha para cozinhar seus alimentos, pois esse estilo de cozinhar é o que causa a maior parte dos doenças respiratórias, bem como aumentam a taxa de desmatamento.

Como muitos de nós sabemos, churrasqueiras ou churrasqueiras de madeira, lascas, carvão ou propano contribuem para a má qualidade do ar, mas agora, graças ao Wilson Solar Grill, temos a chance de pensar em uma alternativa mais verde.

Claro, sabemos que para os que amam o cheiro do carvão, dificilmente entenderão este novo conceito que funciona a partir do calor solar, porém é hora de ver as novas possibilidades com novos olhos e nos guiar para os novos tempos, onde a ecologia e nosso planeta são cruciais.

Atualmente esse design ainda não está à venda, mas de acordo com o professor Wilson, ele espera que seja lançado em breve e garante que essa opção será tão popular nas vendas quanto qualquer grelha convencional.

Pronto para mudar por um mundo mais limpo?

Texto originalmente publicado no UPSOCL, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Bem Saber Viver Mais

…………………………………………………………………
*Fonte: sabervivermais

7 erros que você comete ao limpar aparelhos eletrônicos

Televisão, teclado do computador, controle remoto. Esses são só alguns dos aparelhos eletrônicos comuns do dia a dia, que acumulam sujeiras e bactérias, mas que precisam de certos cuidados na hora da limpeza. Será que você erra na hora limpar esses itens da sua casa? Descubra abaixo:

1. Você borrifa o produto de limpeza direto na tela da TV ou computador?
Não importa o que aconteça, nunca aplique o líquido de limpeza diretamente nas superfícies de LCD, plasma ou qualquer tipo de tela sensível de projeção. Adicione o produto – específico para esse tipo de aparelho – sobre um pano de microfibra e só então limpe o local.

2. Você esquece de bater as migalhas de teclado do computador?
Você pode até resistir, mas fazer um lanchinho em frente ao computador é inevitável. Acontece mesmo, não tem jeito. Na próxima vez que você for limpar o seu teclado, vire-o com as teclas inclinadas em direção à mesa e dê leves batidinhas. Aos poucos, você verá que as migalhas vão magicamente pular para fora. Se você tem uma torradeira em casa, a dica é a mesma. Outra boa tática é passar aspirador de pó entre as teclas.

3. Você não limpa as lâminas do liquidificador separadamente do copo?
Pode não parecer, mas é provável que depois de bater aquela vitamina e lavar o copo do liquidificador sem dar a devida atenção às lâminas, algum resquício de alimento tenha sobrado ali embaixo. Com o tempo, a sujeira fica acumulada e isso pode até comprometer a vida útil do seu aparelho. Por isso, lave cada parte do seu liquidificar com água morna e sabão e pronto, deixe-o secar bem antes de montá-lo novamente e guardar. O mesmo vale para processadores de alimentos, tá?

4. Você não limpa o controle remoto da televisão?

É simples, basta pensar em quantas pessoas, nos mais diversos momentos do dia, pegam o controle remoto. Pegue um desinfetante e aplique um pouco em cima de um pano. Depois é só esfregar, mas certifique-se de limpar bem entre os botões e em toda a extensão do aparelho. Repita essa operação, pelo menos, uma vez por semana, é rapidinho.

5. Você não higieniza a parte removível do seu fone de ouvido?
Os fones de ouvido que possuem uma capinha de silicone removível podem ser completamente higienizados. Descubra se o seu traz essa possibilidade e, se sim, lave a parte de silicone, onde fica o acúmulo de bactérias, usando detergente neutro e água. Certifique-se de enxaguar muito bem e secar completamente antes de encaixar as partes de volta.

6. Você só pensa na parte de fora da cafeteira?
Ou seja, não sobram manchas ou poeira à vista no seu aparelho, mas quando se trata de eletrônicos de cozinha, o interior é onde os sabores dos alimentos pode ser prejudicados. Lembre-se de limpar bem a parte do moedor de café após cada utilização e faça a descalcificação da máquina a cada mês (o processo correto para cada tipo de aparelho vem descrito no manual de instruções).

7. Você nunca desinfetou os telefones da casa?
Essa situação está um pouco ligada à questão do controle remoto. Muitas vezes compartilhados, esses aparelhos ficam em contato com diversas mãos e ouvidos. Para desinfetar telefones em geral, use um pano de microfibra com um pouco de álcool.

*Por Amanda Cruz

………………………………………………………………………………
*Fonte: casaejardim