5 hábitos para quem deseja começar a escrever

Ter uma grande ideia para um livro é só o primeiro passo. Veja como colocar no papel.

Já ouviu a expressão “Há três coisas que todo mundo deve fazer na vida: plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro”? Atribuída ao poeta cubano José Marti, ela sempre foi sinônimo de realizar objetivos. Ainda que ter filhos seja algo que nem todos desejam, as outras duas ações são bem mais simples de concretizar. Até mesmo escrever um livro. Engana-se quem pensa que esta é uma tarefa destinada apenas a poucos. Ao contrário, com disciplina e vontade, é possível tirar aquela sua ideia da cabeça e colocar na ponta do lápis. Para isso, Adoro Papel separou cinco hábitos que podem te ajudar na hora de escrever sua história.

1 – Faça um planejamento

Antes de tudo, é preciso se organizar. Mas, calma que não é nada muito complicado.. Montar um planejamento pode ser tão divertido quanto escrever seu livro. Por isso, entender bem como irá fazer todos os passos, como pesquisar, estruturar a história, fazer um rascunho e revisar são passos importantes. Para não se perder e poder manter uma visão geral do estágio de cada um desses passos (e de outros que considerar necessário), estabeleça prazos para cada um e mantenha-os em dia.

2 – Tenha dias e horários certos para escrever

Se você deixar para fazer apenas quando achar que possui um “tempinho livre”, tem chance de não dar certo. Você pode programar duas horas por dia para escrever, por exemplo, e inserir dentro do seu planejamento. Porém, se passar esse tempo olhando para um cursor piscando em uma tela branca, não estará realmente produzindo. Uma ótima maneira de ver seu progresso diariamente é observar quantas palavras você está escrevendo. Estabeleça uma meta, nem que seja pequena, para que sua produção seja efetiva.

3 – Revise depois

Para que o segundo passo seja efetivo, o ideal é que não pense em cada frase vinte vezes se quiser avançar sua escrita. Escreva primeiro e revise depois. Por isso, não edite frase por frase enquanto escreve. Escreva um primeiro rascunho, considerando-o apenas como um rascunho mesmo. Aqui vale avançar na sua história. Com isso, você consegue escrever muito mais antes de começar a avaliar cada palavra que está escrita. Ao deixar a revisão por último, você também precisa avaliar a estrutura de seus parágrafos e seções.

4 – Faça anotações durante sua leitura

Muitas vezes, mexer em uma parte da história pode afetar outras que estão mais pra frente. Por isso, pode ajudar muito você fazer anotações enquanto lê o seu trabalho. O ideal é que você deixe uma lista de todas as mudanças que realizou em um personagem ou no andamento da história e cheque toda vez que pensar em mudar uma parte. Assim, você garante que tudo estará em perfeita continuidade e também que não haja atitudes ou ações em algum personagem que fuja muito de suas características.

5 – Inspire-se, mas não copie

Uma boa maneira de treinar é começar a escrever em estilos diferentes. Para isso, você pode se inspirar em seus autores favoritos. Pense em uma ideia e tente imaginar como esse autor colocaria isso em forma de texto. Além de ser divertido, essa prática fará com que você se acostume a escrever mais rapidamente e em um volume maior. Porém, lembre-se de fazer isso apenas como um exercício. O mais importante é sempre criar sua própria voz e ter um estilo próprio. Isso não significa que não possa se inspirar sempre nos livros e autores que mais gosta.

…………………………………………………………………………………………………
*Fonte: adoropapel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.