Estudo reúne evidências robustas de que Covid-19 é uma doença sazonal

Pesquisadores espanhóis avaliaram ondas da doença em 162 países e concluíram que transmissão do coronavírus é maior em locais com menor temperatura e umidade

Cientistas encontraram fortes evidências de que a Covid-19 é mais transmissível durante determinadas épocas do ano, como é o caso da gripe. As conclusões apontam que a doença também está ligada às baixas temperaturas e umidade e foram publicadas na revista científica Nature Computational Science, nesta quinta-feira (21).

Um modelo teórico anterior apontou que a Covid-19 não tinha ligação com o clima, porém, outras pesquisas indicaram que a propagação da doença na China ocorreu em latitudes específicas de 30 a 50º N, com umidade baixa e temperaturas entre 5 a 11ºC.

Pesquisadores do Instituto de Saúde Global de Barcelona, na Espanha, foram entender melhor isso e conduziram uma análise mais aprofundada em 162 países dos 5 continentes, avaliando a temperatura e a umidade nas fases iniciais de propagação do Sars-CoV-2.

Concluiu-se, então, que taxas de transmissão mais altas do vírus ocorriam em locais mais frios e com menor umidade. Em seguida, um método estatístico desenvolvido pelos cientistas reforçou a associação ao considerar a evolução da doença ao longo do tempo em todas as ondas epidêmicas, seja em escalas municipais ou mundiais.

De acordo com os cientistas, as primeiras ondas diminuíram conforme umidade e temperatura aumentaram. Já as segundas ondas aumentaram conforme os termômetros subiam e o clima ficava menos úmido. Porém, esse padrão não acontecia durante o verão em todos os cinco continentes avaliados. “Isso pode ser explicado por vários fatores, incluindo encontros em massa de pessoas jovens, turismo, uso de ar condicionado, entre outros”, aponta Alejandro Fontal, líder do estudo, em comunicado.

Apesar disso, a pesquisa conseguiu prever a queda e ascensão das ondas epidêmicas, principalmente a primeira e a terceira na Europa. Os pesquisadores estimam que os efeitos climáticos que ajudam na transmissão do vírus são mais evidentes em temperaturas de 12 a 18ºC e umidade entre 4 e 12 g/ m³, porém, eles salientam que essas medidas são apenas indicativas.

Ao que tudo indica, a Covid-19 é sazonal e parecida não só com a gripe, mas com doenças causadas por outros coronavírus mais benignos, concluem. Em condições de umidade baixa, há a redução do tamanho dos aerossóis pelos quais são transmitidos esses vírus sazonais, contribuindo para maior contágio. “Esse vínculo garante ênfase na ‘higiene do ar’ por meio da melhoria da ventilação interna, pois os aerossóis são capazes de permanecer suspensos por mais tempo”, diz Xavier Rodó, coautor da pesquisa.

…………………………………………………………………..
*Fonte: revistagalileu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.