Pix brasileiro será exemplo para implementação do “Pix internacional”

O BIS (Banco de Compensações Internacionais), informou recentemente que o Nexus, popularmente nomeado como “Pix internacional”, está sendo testado. Cerca de 60 países devem compor o sistema de pagamento que irá permitir transações instantâneas entre diferentes países. Porém o projeto não tem previsão de ser implementado tão cedo.

O chefe do centro de inovação do BIS, Andrew McCormack, disse em entrevista à Folha de São Paulo, que o sistema brasileiro de transação instantânea, o Pix, está no topo da lista de sistemas que devem integrar o Nexus.

“O Pix definitivamente está se destacando internacionalmente como um grande sucesso em termos de transformação do mercado de pagamentos em tempo real, e entendemos ter sido bem aceito no país”, disse McCormack.

Em um comparativo entre o Pix com o Nexus, McCormack disse que o sistema brasileiro tem todos os “atributos” que o BIS pretende implementar no Nexus. “Tem infraestrutura moderna, é liquidado em moeda do Banco Central, é regulamentado. Do nosso ponto de vista, ele cumpre todos os principais requisitos que gostaríamos de ver em termos dos sistemas que poderiam se juntar ao Nexus”, disse.

O representante do BIS ainda informou que um projeto-piloto está nos planos caso os testes atuais sejam bem sucedidos. “Temos boas intenções de prosseguir com este programa de trabalho, mas só para deixar claro, ainda estamos saindo do segundo ano da fase de prova de conceito, então, certamente um piloto é uma aspiração, mas não está garantido neste momento”, finalizou McCormack.

Fase de testes do Nexus
Na semana passada, o BIS informou que o projeto Nexus passou da fase de design para a fase de testes e atualmente está concentrada em integrar pagamentos da Malásia, Cingapura e na Zona do Euro por meio do Banco da Itália.

“O BIS Innovation Hub trabalhará com a Autoridade Monetária de Cingapura, Banco da Itália, Banco Central da Malásia, BCS em Cingapura e PayNet na Malásia, a fim de conectar os sistemas de pagamento de Cingapura, Malásia e área do euro em uma prova de conceito experimental”, diz a BIS em comunicado.

De acordo com o site do BIS, o Nexus visa padronizar a maneira como os sistemas de diferentes países se conectam. Dessa forma, o novo “PIX internacional” permitirá com que um determinado sistema de pagamento crie uma conexão direta com a plataforma Nexus, ao invés de criar uma conexão personalizada com diferentes sistemas de pagamentos usados por países.

*Por William Schendes
……………………………………………………….
*Fonte: olhardigital

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.