Arquivo do autor:banjomanbold

Um barquinho


Ressurgir


Roger Waters – Smell the Roses (áudio)


Caminhos – #50

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


A ideia de uma vida boa foi substituída pela de uma vida a ser invejada

“Um dos mais influentes psicanalistas da Inglaterra, autor de dez livros e editor da nova tradução da obra de Sigmund Freud (1856-1939), Adam Phillips, mais parece um profeta do que um homem da ciência. Pelo menos essa é a ideia que se tem depois de ler a entrevista que ele concedeu à revista Veja em 12 de março de 2003, “Páginas amarelas”), mas que sete anos depois me parece atualizadíssima as questões erguidas por ele, da qual se extraíram as dez denúncias abaixo numeradas:

1. Hoje as pessoas têm mais medo de morrer do que no passado. Há uma preocupação desmedida com o envelhecimento, com acidentes e doenças. É como se o mundo pudesse existir sem essas coisas.

2. A ideia de uma vida boa foi substituída pela de uma vida a ser invejada.

3. Hoje todo mundo fala de sexo, mas ninguém diz nada interessante. É uma conversa estereotipada atrás da outra. Vemos exageros até com crianças, que aprendem danças sensuais e são expostas ao assunto muito cedo. Estamos cada vez mais infelizes e desesperados, com o estilo de vida que levamos.

4. Nos consultórios, qualquer tristeza é chamada de depressão.

5. As crianças entram na corrida pelo sucesso muito cedo e ficam sem tempo para sonhar.

6. No século 14, se as pessoas fossem perguntadas sobre o que queriam da vida, diriam que buscavam a salvação divina. Hoje a resposta é: “ser rico e famoso”. Existe uma espécie de culto que faz com que as pessoas não consigam enxergar o que realmente querem da vida.

7. Os pais criam limites que a cultura não sanciona. Por exemplo: alguns pais tentam controlar a dieta dos filhos, dizendo que é mais saudável comer verduras do que salgadinhos, enquanto as propagandas dão a mensagem diametralmente oposta. O mesmo pode ser dito em relação ao comportamento sexual dos adolescentes. Muitos pais procuram argumentar que é necessário ter um comportamento responsável enquanto a mídia diz que não há limites.

8. [Precisamos] instruir as crianças a interpretar a cultura em que vivemos, ensiná-las a ser críticas, mostrar que as propagandas não são ordens e devem ser analisadas.

9. Uma coisa precisa ficar clara de uma vez por todas: embora reclamem, as crianças dependem do controle dos adultos. Quando não têm esse controle, sentem-se completamente poderosas, mas ao mesmo tempo perdidas. Hoje há muitos pais com medo dos próprios filhos.

10. Ninguém deveria escolher a profissão de psicanalista para enriquecer. Os preços das sessões deveriam ser baixos e o serviço, acessível. Deve-se desconfiar de analistas caros. A psicanálise não pode ser medida pelo padrão consumista, do tipo “se um produto é caro, então é bom”. Todos precisam de um espaço para falar e refletir sobre sua vida.”

 

………………………………………………….
*Fonte: pensadoranonimo

 


Ego Kill Talent – We All


Mas que puta baixaria!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Jimmy Page está de olho em você


Moto elétrica deve estrear no AMA Supercross 2018

A Alta Motors pretende entrar para o mercado de competições a partir do AMA Supercross 2018 (ou antes). A moto elétrica desenvolvida na Califórnia, EUA, está cada vez mais próxima do que os desenvolvedores acreditam ser o ideal para competir com as 250F.

Blake Wharton, vencedor de provas do AMA Supercross, é peça fundamental nas melhorias que a moto tem recebido. O piloto, que já correu no Brasil, não descarta alinhar no gate mais uma vez a partir da próxima temporada para defender a marca.


– Talvez eu corra algumas provas especiais, alguns eventos selecionados. Mas eles devem ter outro piloto regularmente – disse Wharton em entrevista ao BRMX.


Para alinhar no gate de uma competição oficial nos EUA, a moto precisa ser homologada. Para isso acontecer, uma série de questões precisam ser aprovadas. Mas, de acordo com o diretor de marketing da marca – Jon Bekefy – em entrevista a Transworld MX, esta homologação da moto elétrica deve sair ainda em 2017.

A Feld Motorsports – organizadora do AMA Supercross – já sinalizou a Bekefy que assim que a homologação for “carimbada”, a Alta pode alinhar no gate do SX. Wharton acredita que só então a moto poderá ser aperfeiçoada por completo.


– Ainda são necessários alguns ajustes, coisas que só se percebe durante as corridas. A moto já é boa, mas é importante estar na competição, alinhando no gate – disse.

Desde que Josh Hill correu a Red Bull Straight Rhythm com uma Alta no ano passado, a marca tem se preocupado em desenvolver uma moto mais leve, com melhor suspensão e diferentes mapas de tração para ser mais competitiva frente as 250F.

De acordo com Bekefy, muitas equipes privadas já procuraram a Alta Motors para uma parceria. Ele acredita que este será o caminho ideal para iniciar no AMA Supercross 2018, na categoria 250 Oeste.

 

*Mas e a falta daquele ronco, daquele som…!??

 

…………………………………………………………..
*Fonte:brmx

 


Explosive* BMW R 1200 GS chased offroad by 650GS and ATV


Eu, hoje.


Saiba quanto vão custar as motos Royal Enfield no Brasil

Royal Enfield Continental GT, a café racer da marca

E agora temos os preços oficiais, a última informação que ainda não tinhamos sobre a operação, que terá nessa fase inicial uma única concessionária, na capital paulista, batizada de Royal Enfield SP —  localizada na Av. República do Líbano, 2070 — e vai comercializar inicialmente 3 modelos: Bullet, Classic e Continental, com algumas variações de preço pelas opções de pintura da Classic e pelo freio ABS, que é opcional na Classic e na Continental. 

Royal Enfield Classic 500, com seis variações de preço

Veja a tabela de preços da Royal Enfield no Brasil, que inicia as vendas na nova concessionária na segunda-feira, dia 24.

Tabela de preços | Royal Enfield
Modelo Versão Preço (R$)
Bullet  18.900
Classic Regular 19.900
Classic Regular ABS 20.900
Classic Desert Storm, Squadron Blue e Battle Green 21.000
Classic Desert Storm ABS, Squadron Blue ABS e Battle Green ABS 22.000
Continental GT 23.000
Continental GT ABS 24.500

Sem dúvida, a Classic com suas muitas opções será a principal moto na operação da marca no Brasil. Em breve, conforme a marca fizer o empréstimo das motos, publicaremos a avaliação de cada uma dessas novidades.

 

………………………………………………
*Fonte: motopress


Zakk Wylde – Till the End


Olho de thundera

Animated GIF  - Find & Share on GIPHY


Muito baixo


Marejando – 26

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Espera


Antenado


Bon Jovi e The Who em Porto Alegre (set/2017)

Após anunciar shows em São Paulo e no Rock In Rio, Jon Bon Jovi e sua ‘trupe’ estão a poucos dias de anunciar o seu primeiro show em Porto Alegre. A apresentação dos estadunidenses será no dia 19 ou 20 de setembro, no Estádio Beira Rio.

Já os britânicos do The Who tocarão no dia 26, no mesmo estádio (em formato anfiteatro). Está será a primeira vez das duas bandas em Porto Alegre. O Bon Jovi já esteve sete vezes no Brasil, uma delas passou por Curitiba. E o The Who, com mais de 50 anos de carreira, nunca esteve no país. O anúncio oficial deverá ser feito está semana, pela produtora local.

A tour do The Who pela América Latina está assim: São Paulo Trip (21/09), Rock in Rio (23/09), Porto Alegre (26/09), Buenos Aires e Santiago (também com Guns N’ Roses). Já Bon Jovi se apresenta em Santiago, Chile (14/09), em Buenos Aires, Argentina (16/09), em Porto Alegre (20/09) no Rock in Rio (22/09) e no festival São Paulo Trip (23/09).

BON JOVI
Bon Jovi é uma banda estadunidense de hard rock, formada em 1983 no estado de Nova Jérsei. Até hoje, já foram vendidas mais de 130 milhões de cópias de seus trabalhos. Em turnês, o grupo já passou pelos cinco continentes e. O grupo é o pioneiro na gravação de álbuns acústicos no estilo do MTV Unplugged.

THE WHO
The Who é uma banda de rock britânica surgida em 1964. A formação original era composta por Pete Townshend (guitarra), Roger Daltrey (vocais), John Entwistle (baixo) e Keith Moon (bateria). O grupo alcançou fama internacional, se tornou conhecido pelo dinamismo de suas apresentações e passou a ser considerado uma das maiores bandas de rock and roll de todos os tempos. Eles também são julgados pioneiros do estilo, popularizando entre outras coisas a ópera rock (principalmente com Tommy).

 

*Obs: o blog está pouco se lixando para o show do Bon Jovi – queremos mesmo é saber do “The Who” e ainda até, quem sabe, da vinda do The Cult para Porto Alegre ainda este ano.

………………………………………………………
*Fonte: nopalco


The Who – uma das melhores bandas de rock das história


Ursinho fofo


Pais que mimam os filhos estão criando geração de adultos deslocados e incapazes de lidar com a frustração

Cara, na boa, esse porra de blog aqui não lida com esse tipo de assunto normalmente, mas sabe de uma coisa, depois de observar “alguns” amigos e conhecidos meus, agindo de um modo muito “paparicador-master” com seus filhos e fiquei preocupado. Depois de uma reunião de diretoria em mesa de bar, entre uma solução e outra para os problemas mundiais em meio a goles de chopp, conversamos sobre isso

Agora me deparo com um texto que lida com o tal tema, mas é claro, de uma maneira mais sutil, embasada e melhor escrita do que eu jamais conseguiria fazer. Então para facilitar e a chinelada na cara doer “um pouco” menos, resolvi postar aqui e quem sabe algum desses “amigos” que por ventura passar por esses meus pagos digitais a leia e assim pare ao menos um pouco, para pensar no que anda fazendo… Tomara!

*Mas o seguinte, cada um cuida de sua vida, então isso aqui serve apenas para se pensar sobre o assunto. quem sou eu para dar uma de doutrinador.

**Hey. Mas o contrário também existe sim. Percebo filhos(as) muito bem criados e educados por amigos – que a verdade seja dita!

……………………………………..

À mesa do restaurante, João faz manha exigindo o celular da mãe para se divertir durante o almoço. Maria se joga no chão da loja de brinquedos porque quer que o pai compre aquela boneca agora. E, sentado no sofá de casa, Pedro se irrita com os pais porque quer uma resposta urgente sobre poder ou não ir à festa dos amigos no sábado à noite. Todos eles, não importa a idade, têm algo em comum: vão se tornar adultos mimados, incapazes de lidar com as frustrações do mundo.

A culpa do destino dos três, João, Maria e Pedro, é do imediatismo que rege as relações atualmente. Temos, como pais, dito muitos “sim” para os filhos, quando, na verdade, o ideal seria dizer mais “não sei” ou “vou pensar”. Como explica a psicóloga e educadora Rosely Sayão, essa atitude traz como maior prejuízo uma alienação em relação à realidade.

— O adulto que tem o imediatismo cultivado, ao invés de controlado, tem dificuldade de compreender e se inserir no mundo.

Pressionados a responder às demandas dos filhos imediatamente, os pais acabam soltando respostas impensadas, e a consequência, na visão da coach de vida e carreira Ana Raia, é a criação de jovens pouco preparados para lidar com a vida.

Mães de hoje em dia se sentem incompetentes o tempo todo, diz psicóloga

Segundo ela, os pais, atualmente, não aguentam não ser imediatistas. Se no passado eles se permitiam deixar os filhos insatisfeitos por mais tempo, hoje atitudes como essa se transformaram em um dos maiores desafios na educação das crianças e jovens.

Ana acredita que a tecnologia colabore para o imediatismo a partir do momento em que, ao toque de um dedo na tela do celular, a resposta para qualquer pergunta ou busca de informação podem ser obtidas em pouquíssimos segundos.

— Não conseguimos sustentar uma dúvida por muito tempo, um incômodo. Não sabemos lidar com um mal-estar neste mundo onde a felicidade é imperativa.

E a dúvida, explica Rosely Sayão, é preciosa, assim como a espera e o pensamento, porque eles ajudam a criança a crescer e a amadurecer. Crianças que não têm momentos de “mente vazia”, por exemplo, poderão sofrer graves consequências na vida adulta.

Alguém que está sempre entretido terá para sempre a necessidade de entretenimento constante, alerta o médico Daniel Becker, criador do projeto Pediatria Integral. Segundo ele, para ser criativo, o cérebro humano precisa da criatividade.

— São necessários momentos em que ele está engajado com algo externo, e também momentos em que está ocioso, em estado de contemplação. Quando uma criança tem seu tempo completamente tomado com atividades como escola, inglês, natação, Facebook, Instagram, WhatsApp, ela fica incapacitada de ter importantes processos interiores.

Becker acrescenta que crianças que não interagem com seus pares ou com os adultos, porque passam o dia com eletrônicos na mão, terão menos inteligência emocional, menos empatia e menos capacidade de se comunicar com os outros quando crescerem.

Se este já não fosse um bom argumento, ainda haveria a opinião de outros especialistas, que enxergam o hábito dos pais de entregar celulares e tablets às crianças como algo benéfico apenas para os adultos.

Na opinião de Rosely Sayão, oferecer um eletrônico em momentos em que se espera que os filhos se socializem com a família e amigos não é um carinho, mas, sim, um comodismo.

— O celular e o tablet nestas situações têm a função do “cala a boca”, nada além disso.

Mas, então, o que fazer quando a conversa no restaurante está boa, mas os pequenos não param de dar chilique e pedir para ir embora? O pediatra Daniel Becker dá uma boa dica.

— As pessoas se esquecem que as crianças sabem conversar e que podem fazer pequenos contratos. Mesmo as menorzinhas têm essa capacidade de compreensão. Basta dizer ao filho que, nos momentos em que estiverem conversando em família, ele não terá o tablet, mas que, quando a mamãe e o papai estiverem falando só com seus amigos, ele poderá pegar o tablet emprestado por 15 minutos. Assim, se alcança um equilíbrio.

Soluções como esta são recursos para que os pais lidem não só com o imediatismo das crianças, como também o deles próprios, que pode, mesmo que de maneira não intencional, servir como exemplo negativo aos filhos, que acabam copiando as atitudes da família.

Para o pediatra presidente do Congresso Brasileiro de Urgências e Emergências Pediátricas, Hany Simon, a ansiedade e a angústia na adolescência e na vida adulta podem ser resultados do imediatismo paterno presenciado na infância. E, como reforça Rosely Sayão, viver de maneira urgente só traz impactos emocionais negativos nas crianças.

— Somos imediatistas desde que nascemos. Choramos para manifestar desconforto, somos atendidos e temos nossas necessidades básicas saciadas. Com isso, vem também uma sensação de prazer, que vamos desejar para sempre. No entanto, precisamos entender que não é o princípio do prazer que vai reger a nossa vida, e, sim, o princípio da realidade. O papel dos pais é, aos poucos, mostrar aos filhos a realidade do mundo.

………………………………………………………..
*Fonte: osegredo


The D in David – Curta Metragem


Motos e mais motos – 270

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Moab Enduro 2017 Husqvarna TE300


Um enorme balão na direção de meu apto

Hoje de manhã cedo um som estranho no ar, me levanto da cama desconfiado, alguma coisa diferente estava acontecendo. Abro a janela e lá está , um enorme balão vindo bem na direção do prédio em que moro. Sem dúvida uma cena muito bonita. Claro, sem perigo de colisão, o cara meteu ar quente par ao balão tomar mais altura (era essa a barulheira toda). Vou rápido para a sacada e claro, faço algumas fotos. Na boa. Isso não acontece todo dia.

Consegui até conversar com o balonista enquanto ele se aproximava e passava sobre o prédio. As fotos abaixo não traduzem a verdade, como são de regulagem automática rola uma certa diferença entra a imagem real e a foto em si. Também não dei zoom nem nada disso. Foto normal.
*A coisa toda era bem mais próxima do que as fotos mostram. Só para constar.

O balonista me deu bom dia (e foi um ótimo dia sim- thanks), perguntei se esta frio para ele (ainda era cedo da manhã para um dia de domingo), fiz umas piadas sobre ele desviar do meu prédio ou então bater ao menso no apto do meu vizinho e ele deu risadas, até perguntou quando eu iria andar de balão.

Pois é. Depois comentando essa história descobri quem é o carae ele é daqui da cidade mesmo…
Taí uma boa ideia hein!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Mais Lynyrd Skynyrd por aqui não faz mal algum


Para quem quiser julgar meu caminho, empresto meus sapatos

Quantas vezes você já teve que lidar com o julgamento alheio? Além de enfrentar todas as dificuldades diárias, também precisamos, às vezes, “engolir sapos” e carregar o peso da opinião de terceiros sobre o que fazemos ou deixamos de fazer.

Dizer que isso simplesmente não nos afeta pode, às vezes, não ser verdade.

Fazer ouvidos surdos a esses comentários, que ousam julgar nossas ações, nem sempre é fácil. Sobretudo se vêm da boca de pessoas importantes para nós: nossa família, amigos, professores, chefes, pessoas que consideramos autoridades e cuja opinião respeitamos.

Um verdadeiro amigo ou familiar não se atreveria a nos julgar sem conhecer a fundo nossas emoções ou todos os momentos vividos que carregamos sobre os ombros e em nosso coração.

Empreste seus sapatos, porque ninguém melhor do que você para conhecer a dor dos caminhos percorridos, os rios que teve que atravessar, as dificuldades que precisou enfrentar, às vezes sem pedir ajuda a ninguém… Hoje, convidamos você a refletir sobre isso.

 

O caminho que construímos e que nos definem

Você não é apenas essa pessoa que vê refletida no espelho. Não é apenas sua forma de vestir, ou as palavras que profere às outras pessoas.

Você é o seu caminho percorrido durante a vida, todas as suas experiências vividas e integradas no fundo do seu ser… Ninguém melhor do que você para saber o que motiva suas ações.

A própria pessoa apenas sabe o que teve que superar, suas decepções, dores, derrotas ou vitórias e o preço que pagou por cada uma. Então, por que algumas pessoas ousam, às vezes, a nos julgar sem saber, como se fossem donas de uma sabedoria universal?

Dois motivos comuns:

– As pessoas acostumadas a julgar os outros geralmente são as mais frustradas na vida.
– São pessoas insatisfeitas consigo mesmas que projetam sua necessidade de controle e intervenção nas vidas alheias.

É comum que muitos de nossos familiares tenham o hábito de nos julgar: “Você é muito ingênua, por isso que essas coisas acontecem com você”; “Você precisa amadurecer e enfrentar a vida como ela é”.
Julgam-nos com a intenção de nos ajudar e nos oferecer ensinamentos, mas na realidade nos desejam “encaixar” na maneira como eles pensam, de acordo com o que acham certo, errado ou mais adequado para nós.

Às vezes, quem julga seu caminho busca justificar a sua própria vida, desacreditando as outras pessoas. Diminuindo as escolhas dos outros. Infelizmente, isso é muito frequente.

 

Crítica construtiva sim, julgamento, não

Na realidade, quando essas pessoas nos julgam, não usam argumentos válidos, que sejam construtivos. Quase sempre buscam o ataque, a afronta ou o desprezo. Seus raciocínios são muito limitantes.

O que falta a esses “juízes” que adoram julgar os outros é a autocrítica. Não são capazes de valorar os seus próprios atos, suas palavras, para perceber que também cometem erros e que são capazes que causar danos a outras pessoas. Limitam-se a projetar suas críticas em outras pessoas.

Em geral, pessoas acostumadas a julgar nosso caminho não têm uma vida autêntica, com sonhos, paixões, amores e afetos que as ajudem a relativizar as coisas e abandonar o hábito de focar tanto na vida dos outros.

 

Como se defender dos julgamentos alheios

Frequentemente, dizemos a nós mesmos: “isso não me afeta”. Pode ser verdade, sobretudo quando o julgamento vem de um colega de trabalho ou de alguém com o qual não temos um vínculo mais íntimo. Esqueceremos com facilidade.

Mas o que acontece quando um amigo, seu companheiro ou um familiar julga o seu caminho?

Nestes casos, é comum que nos sintamos ofendidos e até mesmo feridos. A primeira coisa a fazer é manter a calma e refletir a respeito das seguintes afirmações, que servem para proteger nossa autoestima:

– “Eu sei quem eu sou, sei o que já superei e tenho orgulho por cada passo do caminho, por cada aprendizado que obtive a partir de meus erros”.

– “Apenas eu tenho o direito de me julgar, porque somente eu sei como me sinto e o quanto sou feliz com minha maneira de ser e com tudo o que consegui até hoje”.

Após haver reafirmado sua autoestima, evite revidar com comentários hostis, prejudiciais, vingativos. Se demonstrarmos desprezo ou raiva, será mais difícil superar os sentimentos negativos, e eles farão ainda mais dano.

Expresse sua decepção. Deixe claro que ninguém tem o direito de julgar você assim e que o simples fato de fazê-lo demonstra que não o conhecem bem. Portanto, é como se fosse uma traição, nos casos mais abusivos, quando a outra pessoa tem o objetivo de controlar, manipular ou usar você de alguma maneira.

 

Liberte-se de relacionamentos opressivos

Quem se atreve a criticar seus caminhos e suas experiências sem uma intenção pura de realmente desejar o seu bem, prova que não é um bom companheiro de viagem. E não importa que seja sua mãe, irmão, irmã, marido ou esposa.

Quem não aceita que, em alguma ocasião, você cometeu um erro e o julga por isso sente na verdade muita falta de amor por si mesmo e não se perdoa por seus próprios erros. Quem se vê como alguém que nunca comete erros ou toma decisões ruins carece de autocrítica e de empatia.

Se no dia a dia você apenas recebe julgamentos das pessoas ao redor, no fim, se sentirá escravizado pelas opiniões alheias. Não permita isso.

Nesses casos, será bom refletir se não vale mais a pena se distanciar de quem é incapaz ou não quer ver o seu valor, a luz que você transmite e a inteireza de sua vida.

 

……………………………………………..
*Fonte: osegredo


Robot song


Momento saudades G.O.T. – 31

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Energia solar: agora sua janela poderá se tornar um painel solar

Produzir energia limpa é um dos grandes desafios da atualidade. Algumas alternativas, como a energia solar, já existem, mas encontram barreiras como custo de implementação, o que torna seu uso absurdamente caro. Contudo, uma equipe de pesquisadores da Universidade Estadual de Michigan, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo tipo de receptor solar que pode resolver esse problema e popularizar a energia solar.

Esse novo receptor consiste em um dispositivo que, quando colocado sobre uma janela onde bata sol, é capaz de captar a luz e transformá-la em energia, sem que a visão através da janela fique obstruída.

Ele é chamado de “concentrador solar luminescente transparente” e pode ser usado em edifícios, aparelhos celulares e qualquer outro dispositivo que tenha uma superfície clara.

 

Energia solar acessível: um sonho que se realiza?

De acordo com Richard Lunt, da Faculdade de Engenharia da Universidade de Michigan, a palavra-chave que resume a genialidade deste dispositivo é “transparente”.

A pesquisa sobre a produção de energia a partir de células solares colocadas em torno de materiais de plástico do tipo luminescentes não é nova. Estes esforços passados, no entanto, têm rendido resultados ruins, de forma que a produção de energia era ineficiente e os materiais eram altamente coloridos. E isso trás um problema óbvio: ninguém quer ficar sentado perto de um vidro colorido. Isso torna os ambientes cansativos. A comparação que o professor Lunt faz expressa muito bem o problema: seria como trabalhar em uma discoteca. Fica difícil de popularizar uma tecnologia assim, que gera um desconforto tão imediato.

Sabendo disso, os engenheiros trabalharam para resolver esse problema, com o desafio de tornar a própria camada ativa do receptor transparente.

O sistema de recepção e armazenamento de energia solar utiliza pequenas moléculas orgânicas desenvolvidas pelo professor Lunt e sua equipe para absorver comprimentos de onda específicos e não visíveis de luz solar. Segundo eles, os materiais utilizados na fabricação desse dispositivo podem ser ajustados para captar apenas as ondas ultravioletas e outras ondas infravermelhas que tenham comprimentos de onda próximos.

O “espelho” de luz infravermelha é guiado para a extremidade do plástico, onde é convertido em eletricidade por finas tiras de células solares fotovoltaicas. Como os materiais não absorvem ou emitem luz no espectro visível, eles parecem excepcionalmente transparentes ao olho humano, explica o professor Lunt.

 

Vantagem

Além de o meio ambiente agradecer (e muito), uma outra vantagem deste novo dispositivo é a sua flexibilidade. Enquanto a tecnologia está em um estágio inicial, ela tem o potencial de ser escalada para aplicações comerciais ou industriais, com um custo acessível.

As possibilidades de implantar um sistema de energia solar de forma não intrusiva agora são muito maiores. Edifícios altos, janelas de qualquer tamanho ou qualquer tipo de dispositivo móvel podem se adaptar a essa ideia.

 

Futuro

Lunt disse que mais trabalho é necessário a fim de melhorar a eficiência de produção de energia solar. Atualmente, ela é capaz de produzir uma eficiência de conversão de energia solar de cerca de 1%, mas Lunt observou que o grupo pretende atingir eficiência acima de 5% quando a captação estiver totalmente otimizada. O valor ideal de conversão, segundo o professor responsável pelo projeto, é de 7%. [sciencedaily]

 

……………………………………………………….
*Fonte: hypescience

 


Bus Invaders – Programa que invade o busão de tour de bandas nos EUA


Jorge Ben – Jorge da Capadócia


Salve Jorge

Ó São Jorge, meu Santo Guerreiro, invencível na fé em Deus,
que trazeis em vosso rosto a esperança e a confiança,
abri meus caminhos. Eu andarei vestido e armado com vossas armas
para que meus inimigos, tendo pés, não me alcancem; tendo mãos,
não me peguem; tendo olhos, não me enxerguem;
nem pensamentos possam ter para me fazerem mal.
Armas de fogo o meu corpo não alcançarão, flechas e lanças se quebrarão
sem a meu corpo chegar, cordas e correntes se arrebentarão
sem o meu corpo amarrar. Glorioso São Jorge, em nome de Deus,
estendei vosso escudo e vossas poderosas armas,
defendendo-me com vossa força e grandeza. Ajudai-me a superar todo desânimo
e a alcançar a graça que Vos peço (fazer aqui o seu pedido).

Dai-me coragem e esperança, fortalecei minha fé e auxiliai-me nesta necessidade.

 


A calmaria que precede o esporro


Motos e mais motos – 269

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


AMA SX 2017- Highlights: Salt Lake City – Monster Energy Supercross (250cc / 450cc)


Aos amigos escoteiros (Gian, Wander, chefe Bala…)


Moto GP Circuíto das Américas – EUA 2017

E o Grand Prix no Circuito das Américas hoje nos EUA deu o esperado, em primeiro Márc Marquez (#93 – Honda), seguido por Valentino Rossi (#46 – Yamaha), que agora lidera o campeonato na pontuação e a terceira colocação para Pedrosa (#26 – Honda). Tivemos a queda de Maverick Vinales (#25 – Yamaha) já na primeira volta, ele que havia ganho as duas provas anteriores e liderava até então o campeonato.

Na Moto2 tivemos mais uma vitória do piloto ítalo-brasileiro Franco Morbidelli (#21), que segue líder absoluto na categoria.

Na Moto 1 a vitória coube outro “heroi” aqui do blog, o italiano Fenati (#5). Parabéns garoto!

 

 


Relevar