Os maiores luxos da vida: ter saúde e estar perto de quem amamos

Nenhuma riqueza jamais será tão valiosa como a saúde e a possibilidade de compartilharmos nossas vidas com as pessoas que amamos.

Algumas vezes, pode ser muito fácil perder de vista as coisas que realmente valem a pena na vida. Somos frequentemente expostos a todo o tipo de estímulos, necessidades e desejos, e podemos facilmente seguir pelo caminho errado, que apenas nos afasta da felicidade e de uma vida de plena.

Acreditamos que o nosso valor está diretamente ligado ao que nós possuímos, e que se quisermos ser felizes, devemos conquistar a aprovação das pessoas à nossa volta, especialmente daquelas das quais queremos nos tornar mais próximos.

Pensamos dessa maneira porque é isso que a sociedade nos ensina, que se não tivermos nada e não formos bem relacionados, não temos valor algum e nunca conseguiremos nada de realmente bom na vida.

No entanto, esse não é o jeito certo de viver. Não podemos adotar esse modo de vida apenas porque a todo momento ele é mostrado para como o único caminho.
Os maiores bens da vida, aquelas coisas que realmente fazem cada um de nossos dias valerem a pena, não têm nada a ver com prestígio ou influência, mas, sim, com simplicidade.

Costumamos pensar que luxo é ter o carro do ano, o colchão mais confortável e a casa melhor equipada, mas estamos enganados. É claro que é muito bom ter todas as coisas que o dinheiro comprar, mas, no fim do dia, o que realmente faz a vida valer a pena são as coisas que não têm preço.

A tranquilidade de ter saúde e a alegria de estar perto de pessoas que amamos e que fazem nossas vidas mais felizes é a verdadeira definição de sorte e luxo. Afinal, os bens materiais podem se perder com o tempo, mas as boas companhias estarão conosco, mesmo nos piores momentos da vida.

Faça uma avaliação de sua vida e perceba o quanto você é sortudo por acordar todos os dias com saúde e ser capaz de se levantar e ir atrás de seus objetivos, ter pessoas ao seu lado para comemorar as conquistas com você e consolá-lo nos momentos tristes.

Muitas pessoas gostariam de estar em seu lugar. Valorize tudo aquilo que você já tem e lembre-se sempre de que a felicidade começa primeiro de si.
Não adianta nada ter tudo o que deseja, se interiormente você é uma pessoa triste.

Encontrar a realização dentro de si mesmo o faz descobrir que você não precisa de riquezas ou de amizades por interesse para chegar onde deseja, basta valorizar o simples, a sua saúde e as pessoas boas que estão ao seu lado.

O verdadeiro luxo da vida é encontrado na simplicidade.

*Por Luiza Flecther

…………………………………………………………………………..
*Fonte: osegredo

Não quero alguém que morra de amores por mim – Por Mário Quintana

Não quero alguém que morra de amor por mim…
Só preciso de alguém que viva por mim, que queira estar junto de mim, me abraçando.

Não exijo que esse alguém me ame como eu o amo, quero apenas que me ame, não me importando com que intensidade.
Não tenho a pretensão de que todas as pessoas que gosto, gostem de mim…

Nem que eu faça a falta que elas me fazem, o importante pra mim é saber que eu, em algum momento, fui insubstituível…

E que esse momento será inesquecível…

Só quero que meu sentimento seja valorizado.

Quero sempre poder ter um sorriso estampando em meu rosto, mesmo quando a situação não for muito alegre…
E que esse meu sorriso consiga transmitir paz para os que estiverem ao meu redor.

Quero poder fechar meus olhos e imaginar alguém… e poder ter a absoluta certeza de que esse alguém também pensa em mim quando fecha os olhos, que faço falta quando não estou por perto.

Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me valoriza pelo que sou, não pelo que tenho…

Que a esperança nunca me pareça um “não” que a gente teima em maquiá-lo de verde e entendê-lo como “sim”.

Quero poder ter a liberdade de dizer o que sinto a uma pessoa, de poder dizer a alguém o quanto ele é especial e importante pra mim, sem ter de me preocupar com terceiros…

Sem correr o risco de ferir uma ou mais pessoas com esse sentimento.

Quero, um dia, poder dizer às pessoas que nada foi em vão… que o amor existe, que vale a pena se doar às amizades e às pessoas, que a vida é bela sim, e que eu sempre dei o melhor de mim… e que valeu a pena!!”

(Mário Quintana)

…………………………………………………………..
*Fonte: osegredo