Todas as músicas de David Bowie em ordem cronológica

Considerado um verdadeiro “camaleão do rock”, a lenda David Bowie não cansou de reinventar-se ao longo dos mais de cinco décadas de carreira. Todas as distintas fases de sua trajetória musical agora podem ser relembradas em uma playlist disponível no Spotify. A lista de reprodução reúne a discografia completa de Bowie: de “Uncle Arthur” (1967) a “I Can’t Give Everything Away” (2016). Ao todo são 279 músicas, que juntas somam mais de 19 horas. Para ouvi-las é necessário possuir registro no Spotify. O serviço possui uma opção de assinatura gratuita.

Nascido em Londres em 1947, Bowie atuou como cantor, ator e produtor musical. O ápice de seu sucesso ocorreu durante a década de 1970. Desde então, ele consolidou-se como um dos músicos mais populares e influentes de todos os tempos. O seu primeiro contato com a música foi aos 9 anos, quando o cantor começou a cantar e dançar na escola. Aos 15 anos formou a primeira banda, “Os Kon-rads”, que tocava em casamentos e outras festas.

Depois de terminar a escola, David integrou diversas bandas de rock, que não obtiveram sucesso. No entanto, em 1969, ele lançou o single “Space Oddity”, que alcançou o 5º lugar nos rankings musicais da Inglaterra. Ao longo dos anos 1970, ele lançou álbuns de sucesso, como “Aladdin Sane” (1973) e “Diamond Dogs”, com os quais ganhou destaque além da Terra da Rainha.

[ Clique no link para ouvir: ]
>>>  Todas as músicas de David Bowie em ordem cronológica

*Por Jéssica Chiarelli

 

 

 

 

…………………………………………….
*Fonte: revistabula

Jimmy Page 75 anos

Na data de hoje o guitarrista Jimmy Page (Led Zeppelin), completa 75 anos de idade. Nossos votos de felicidades, muita saúde, lucidez e que ainda quem sabe, nos brinde com mais algum trabalho musical pela frente. E se não ocorrer nada disso, tanto faz, até porque sua carreira musical é incrível e de um enorme sucesso. Taí um cara que não precisa se justificar. Keep on rock!

Feliz aniversário Jimmy Page!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pesquisa do eBay revela novos números sobre como os brasileiros consomem vinil

A paixão pelo vinil tem aquecido o mercado internacional e não fica de fora dos balanços comerciais que já começam a surgir com a chegada do fim de ano. Um levantamento feito pelo eBay mostrou que os brasileiros compram mais de 100 discos de vinil por mês na plataforma!

Os dados ainda apontaram alguns comportamentos sobre as compras de vinil no eBay este ano – e alguns deles vão ter surpreender.

O reggae apareceu como o gênero preferido dos brasileiros no quesito LP nas buscas do eBay. Apesar disso, entre as pesquisas por artistas a campeã é Madonna, seguida por Iron Maiden, Roberto Carlos – único brasileiro da lista – , o jamaicano Eric Donaldson e Beatles.

Os brasileiros também são praticamente especialistas no mercado de vinil. A plataforma contabilizou mais de 130 vendedores de discos de vinil aqui do Brasil.

Outro dado importante é que há uma média semanal de 115 discos vendidos daqui para compradores de outros países: os principais importadores de vinil do Brasil são Estados Unidos, Japão, Reino Unido, Alemanha e França.

*Por Benda Vidal

…………………………………………………………………………..
*Fonte: noize

Nos 50 anos do Woodstock, novo festival será realizado no mesmo local do original

Em 2019, o lendário festival Woodstock completará seu 50ª aniversário. Portanto, ano que vem será marcado por comemorações em torno da data. Um dos fundadores do evento, o produtor artístico Michael Lang, já havia sinalizado a pretensão de realizar um novo Woodstock em um local inédito. Já o Bethel Woods, evento de música e cultura que nada tem a ver com os organizadores do Woodstock, está marcado para acontecer na mesma cidade e no mesmo fim de semana em que ocorreu o evento original.

O Bethel Woods acontecerá em Bethel, em Nova York, mesma cidade que em 1969 foi tomada por hippies americanos e suas kombis grafitadas com dizeres como “paz e amor”. Ele será realizado no que hoje se conhece como Bethel Woods Center for the Arts, e que há 50 anos foi a fazenda que abrigou o festival original.

De acordo com o site, o Bethel Woods é “um evento pan-geracional” que terá três dias de “memoráveis experiências” como “apresentações de artistas consagrados e dos que estão começando a carreira, bem como de múltiplos gêneros musicais e de diferentes décadas”. Além da música, o festival também promete ter palestras nos modelos do TED com especialistas das áreas de tecnologia.

Ainda não foi divulgado o line-up, nem a programação do evento, mas espera-se que faça jus ao que foi o Woodstock. Só vai ficar faltando Jimmy Hendrix, Janis Joplin e companhia mesmo… Mas aí já é outra história.

 

 

 

 

 

 

 

……………………………………………………….
*Fonte: reverb