Chadwick Boseman R.I.P.

O ator Chadwick Boseman morreu aos 43 anos. Conhecido por interpretar o Pantera Negra no filme da Marvel, além de personagens importantes da história americana, ele enfrentou um câncer de cólon diagnosticado em 2016.

Descanse em paz Chadwick!

‘Os egoístas vão ficar ainda piores’, prevê Ricardo Darín sobre futuro pós pandemia

Para o renomado ator argentino, o “novo normal” apenas acentua problemas com os quais sempre convivemos. “O egoísmo ao qual nos acostumaram nos fez acreditar que o individualismo é a salvação. É um grande equívoco.

Muito têm se falado atualmente sobre as lições que a humanidade pode tirar deste momento de crise que vivemos em 2020. Para alguns, a pandemia trouxe à tona um maior senso de coletividade, o que pode ser interpretado como um prenúncio de que a sociedade esteja caminhando para uma convivência mais harmoniosa e solidária entre as pessoas.

Para muitas outras pessoas, no entanto, a realidade que nos espera quando a pandemia tiver seu fim é igual ou pior do que a de antes. Uma das vozes proeminentes deste pensamento é o renomado ator argentino Ricardo Darín. Em recente entrevista ao programa “Conversa com Bial”, ele disse que percebe sim que as pessoas estão mais solidárias neste momento, mas ressaltou que a maioria segue pensando somente em si mesma: “os egoístas vão ficar ainda piores”.

“O egoísmo ao qual nos acostumaram nos fez acreditar que o individualismo é a salvação. É um grande equívoco. O momento que estamos vivendo no mundo é uma demonstração drástica e muito contundente de como os seres humanos dependem uns dos outros.”, opinou o ator.

Darín é um dos atores argentinos mais famosos e premiados do cinema. Ele esteve em produções de grande sucesso de público e crítica, como “Relatos Selvagens”, “Um Conto Chinês” e o vencedor do Oscar “O Segredo dos Seus Olhos”.

A entrevista com Ricardo Darín, exibida na edição de 10 de agosto do programa comandado por Pedro Bial, está disponível na íntegra no Globoplay.

……………………………………………………………………………………………………..
*Fonte:
Redação CONTI outra. Com informações de GShow
Ricardo Darín é o convidado do ‘Conversa com Bial’ — Foto: Reprodução/TV Globo

Terry Jones, fundador do lendário Monty Python, morre aos 77 anos

Outro dia de uma triste notícia. Agora foi a vez do falecimento de Terry Jones, um dos mentores do grupo Monty Python. Tá e daí!?

É que esse grupo simplesmente ajudou a moldar muito do meu conceito de humor sarcástico, bizonho, sacana e ao mesmo tempo inteligente. Sou fan desses caras assim como muitos de meus amigos (da minha geração). Passamos horas e horas dando risadas, por vezes repetindo cenas e diálogos de seus vários filmes. Bons e divertidos momentos da vida. Só lamento que as novas gerações nem saibam de sua existênca (bem, azar deles…rsrsrsrsr).

Descanse em paz Terry Jones!

E muito obrigado por cada momento de risada ou de que me fizeram pensar sobre as tais grandes ironias da vida. Nada como o humor para nos mostrar a triste face da realidade.

sandoval

 

……………………………………………………….

>> MATÉRIA da Rolling Stone:

Terry Jones, ator, roteirista, diretor e um dos fundadores do lendário grupo britânico de comédia Monty Python, morreu aos 77 anos na tarde da última terça, 21. A informação foi confirmada pelo assessor dele na manhã desta quarta, 22.

A família divulgou um comunicado, no qual escreveu: “Estamos profundamente tristes em anunciar a morte de nosso amado marido e pai, Terry Jones”, e contou que nos momentos finais, ele estava ao lado da esposa Anna Soderstrom.

O texto também explicou que Jones morreu “após uma batalha extremamente corajosa, mas sempre bem-humorada, contra uma forma rara de demência”.

Em 2016, ele já havia revelado publicamente ter sido diagnosticado com demência frontotemporal.

Como cineasta, Jones foi responsável pela direção de três dos filmes mais aclamados do Monty Python: Em Busca do Cálice Sagrado (1975), A Vida de Brian (1980) e O Sentido da Vida(1983).

Nascido em 1942 em Colwyn Bay, no País de Gales, Terry Jones mudou para a Inglaterra ainda criança, onde cresceu em Surrey, condado localizado no sudeste do país. E foi enquanto cursava Literatura Inglesa na aclamada universidade de Oxford que ele conheceu Michael Palin, com quem viria a fundar o Monty Python.

……………………………………………………………….
*Fonte: rollingstone

Peter Fonda, ator de ‘Easy Rider’, morre aos 79 anos

O ator Peter Fonda morreu nesta sexta, 16, aos 79 anos, em sua casa, em Los Angeles, cercado por sua família. Ele tinha câncer de pulmão e teve insuficiência pulmonar.

Famoso por atuar e assinar o roteiro do filme Easy Rider (Sem Destino no Brasil), Peter vem de família do mundo artístico, era filho de Henry Fonda e irmão de Jane Fonda, sendo pai de Justin e Bridget Fonda.

“Enquanto nós lamentamos a perda desse doce e gracioso homem, também desejamos que todos celebrem seu indomável espírito de amor e vida”, disse a família.

Nascido em Nova York em 23 de fevereiro de 1940, fez sua estreia na Broadway em 1961. Dois anos depois, o ator entrou no mundo do cinema com Tammy and the Doctor, antes de interpretar um papel em The Victors.

Mais tarde, em 1966, estrelou Wild Angels ao lado de Nancy Sinatra e Bruce Dern. Seu papel principal veio em 1969, quando interpretou Wyatt em Easy Rider. Pelo trabalho, Peter Fonda foi indicado ao Oscar de melhor roteiro original. O filme é uma das obras que representam a contracultura americana dos anos 1960.
Fonda e Dennis Hopper em cena do filme “Easy Rider”, de 1969.

Vida pessoal

Em 1961, Peter Fonda se casou com Susan Brewer e eles tiveram dois filhos: a atriz Bridget Fonda e Justin Fonda. Se divorciaram em 1972, e três anos depois, Peter se casou com Portia Crockett, de quem se separou em 2011.

Em junho do mesmo ano, ele se casou com Margaret DeVogelaere.

O ator, ambientalista de carteirinha, causou espanto no Festival de Cannes de 2011 ao xingar o então presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, de traidor por causa da maneira como os Estados Unidos lidaram com as conseqüências do vazemento de petróleo no Golfo do México, no ano anterior. Ele havia coproduzido o documentário The Big Fix, de Rebecca e Josh Tickell, que conta a história da explosão da plataforma de extração da BP no Golfo do México, que provocou a maior catástrofe ambiental da história dos Estados Unidos.

 

………………………………………………………………
*Fonte: revista veja / estadao

Morre o ator Rutger Hauer, de ‘Blade Runner’, aos 75 anos

O ator holandês Rutger Hauer, que estrelou o longa Blade Runner: O Caçador de Androides no papel de Roy Batty ao lado de Harrison Ford em 1982, morreu no último dia 19, aos 75 anos, em sua casa. O empresário de Hauer, Steve Kenis, confirmou a morte à imprensa americana nesta quarta-feira, 24, dia do funeral do ator.

Hauer nasceu em 23 de janeiro de 1944, em Breukelen, na Holanda. Seu primeiro papel de destaque foi como protagonista da série de TV Floris, dirigida por Paul Verhoeven, em 1969. Ficou mais conhecido como o androide Roy Batty no longa de ficção científica de Ridley Scott, que não fez sucesso na época, mas depois acabou se tornando um clássico cult.

No filme, Hauer fez um dos discursos mais conhecidos da história do cinema. Quando Batty está prestes a morrer, ele lamenta que todas as maravilhas que viu se “perderão no tempo, como lágrimas na chuva”. O discurso foi parcialmente improvisado pelo próprio ator.

……………………………………………………………….
*Fonte: veja

R.I.P – J. J. Jackson

Um dos maiores intérpretes da música americana, não apenas do blues, mas também do jazz, do R&B e até mesmo do rock, J.J. JACKSON, faleceu hoje, aos 75 anos.

O bluesman americano era ator, já participou de curtas e longas metragens nos Estados Unidos e campanhas publicitárias, como a da cerveja Budweiser, veiculada desde 2016. No mercado, tem seis álbuns e dois DVD’s, incluindo o mais recente lançado em 2016 com os “Prado Brothers”.

Com características performáticas como cantar sempre sorrindo, despojado, além da técnica musical apurada, o americano já dividiu o palco com grandes nomes do estilo, como B.B King e Lightnin Hopkins. No começo da carreira, teve Jimi Hendrix como companheiro em seu primeiro grupo, Rocking Teens.

………………………………………………………………….
*Fonte: uscfm

 

Jerr y Lewis – R.I.P.

Um dos grandes comediantes da história, principalmente em função da era da TV e do cinema dos anos 50/60’s, nos deixou neste domingo, o ator e comediante americano de um enorme talento Jerry Lewis, aos 91 anos.

Junto com Dean Martin, fizeram a alegria da mulecada desde a minha infância e com certeza a de milhões de outras pessoas também. Coisa de época e que me marcou. Inesquecível com suas caretas, aquela timidez exagerada, suas tiradas irônicas e trejeitos desengonçados, sempre um mestre na arte do riso. Assisti é claro,  várias vezes os seus filmes, até porque passavam o tempo tempo na TV naquela época dos 70/80’s, aqui no Brasil. Não tinha como evitar. Mas cá entre nós, era um sujeito muito, mas muito talentoso. Há anos não ouvi mais falarem dele, mas sei que participou de algumas cenas um filme longa brasileiro (que não me recordo o nome agora), há alguns poucos anos atrás. E nada mais nada além disso. Agora só me resta agradecer e desejar que descanse em paz, Jerry Lewis.

Muito grato Jerry, por me fazer rir de verdade (por tantas e tantas vezes)!

 

 

 

 

Adeus Bond! – Roger Moore (89 anos) R.I.P.

O ator Sir Roger Moore morreu aos 89 anos, nesta terça-feira (23), em sua casa na Suíça. A triste notícia foi confirmada por sua família em comunicado divulgado no Twitter.

O ator morreu em decorrência de um câncer.

    “Com o coração pesado nós anunciados que nosso amado pai, Sir Roger Moore, faleceu hoje na Suíça após uma curta, mas brava, batalha contra câncer. O amor com que ele foi cercado em seus dias finais foi tão grande que não pode ser quantificado em apenas palavras”, escreveram seus três filhos: Deborah, Geoffrey e Cristian.

O astro ficou eternizado por viver James Bond na franquia ‘007’, depois que Sean Connery abandonou o manto do agente secreto.

 

Filmografia:
Here Comes Peter Cottontail: The movie (2005)
Folley & McColl: This Way up (TV) (2005)
The Fly Who Loved Me (voz) (curta-metragem)(2004)
Boat Trip (2003)…. Lloyd Faversham
Spice World (1997) …. Chefe
The Quest (1996) …. Lord Edgar Dobbs
Bed & Breakfast (1992) …. Adam
Bullseye! (1990) …. Garald Bradley-Smith/Sir John Bevistock
Feuer, Eis & Dynamit (1990) …. Sir George
A View to a Kill (1985) …. James Bond
The Naked Face (1984) …. Dr. Judd Stevens
Curse of the Pink Panther (1983) (as Turk Thrust II) …. Chief Inspector Jacques Clouseau
Octopussy (1983) …. James Bond
For Your Eyes Only (1981) …. James Bond
The Cannonball Run (1981) …. Seymour Goldfarb, Jr.
Sunday Lovers (1980) …. Harry Lindon (segment “An Englishman’s Home”)
The Sea Wolves (1980) …. Capt. Gavin Stewart
Moonraker (1979) …. James Bond
North Sea Hijack (1979) …. Rufus Excalibur Folkes
Escape to Athena (1979) …. Major Otto Hecht
The Wild Geese (1978) …. Lt. Shawn Fynn
The Spy Who Loved Me (1977) …. James Bond
Shout at the Devil (1976) …. Sebastian Oldsmith
Gli Esecutori (1976) …. Ulysses
London Conspiracy (1976) …. Lord Brett Sinclair
Sporting Chance (1976) (TV) …. Lord Brett Sinclair
That Lucky Touch (1975) …. Michael Scott
The Man with the Golden Gun (1974) …. James Bond
Gold (1974) …. Rod Slater
Mission: Monte Carlo (1974) …. Lord Brett Sinclair
Live and Let Die (1973) …. James Bond
The Persuaders! …. Lord Brett Sinclair
The Man Who Haunted Himself (1970) …. Harold Pelham
Vendetta for the Saint (1969) …. Simon Templar
Crossplot (1969) …. Gary Fenn
The Fiction Makers (1968) …. Simon Templar
Un Branco di vigliacchi (1962) …. Enzo Prati
Il Ratto delle sabine (1961) …. Romulus
Gold of the Seven Saints (1961) …. Shaun Garrett
The Sins of Rachel Cade (1961) …. Paul Wilton
The Miracle (1959) …. Capt. Michael Stuart
This Happy Breed (1956) (TV) …. Billy
Diane (1956) …. Prince Henri
The King’s Thief (1955) …. Jack
Interrupted Melody (1955) …. Cyril Lawrence
The Last Time I Saw Paris (1954) …. Paul Lane (tennis pro)
One Wild Oat (1951) (não-creditado) …. Bit part
Due mogli sono troppe (1950) …. Ornithologist on a train
Trottie True (1949) (não-creditado) …. Stage Door Johnny
Paper Orchid (1949) …. Bit Part
Piccadilly Incident (1946) (não-creditado) …. Bit Part
Gaiety George (1946) (não-creditado) …. Member of the Audience
Caesar and Cleopatra (1945) (não-creditado) …. Roman Soldier
Perfect Strangers (1945) (não-creditado) …. Soldier

 

Descanse em Sir Bond (Roger Moore).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mensagem do ator Keanu Reeves

Keanu Reeves é conhecido por ser um ator incrível, que pode desempenhar papéis sérios e hilariantes.
Mas recentemente, ele também está sendo conhecido por sua sabedoria.

Ele doou quase metade do que ganhou com o filme “The Matrix” para a equipe de efeitos especiais e maquiagem. Não existem muitas pessoas desprendidas como Keanu.
A cada poucos meses, ele dá ao mundo o dom de seus pensamentos. Aqui está um deles. Aprecie.

…………………..

“Eu não posso ser parte de um mundo onde os homens vestem suas esposas como objetos, mostrando tudo o que deve ser apreciado. Onde não há conceito de honra e dignidade, e só se pode confiar neles quando eles dizem “eu prometo”.

Onde as mulheres não querem filhos, e os homens não querem uma família.

Onde os idiotas acreditam ser bem sucedidos atrás da roda dos carros dos seus pais, e um pai que tem um pouco de poder está tentando provar-lhe que você é um ninguém.

Onde as pessoas declaram falsamente que acreditam em Deus com um shot de álcool em suas mãos, e a falta de qualquer entendimento sobre sua religião.

Onde o conceito de ciúme é considerado vergonhoso, e modéstia é uma desvantagem.

Onde as pessoas se esqueceram do amor, mas estão procurando o melhor parceiro.

Onde as pessoas reparam todo o ruído de seus carros, sem poupar dinheiro ou tempo, e parecem tão pobres que só um carro caro pode escondê-las.

Onde os meninos desperdiçam o dinheiro de seus pais em casas noturnas, sob os sons primitivos, e as meninas se apaixonam por eles.

Onde homens e mulheres já não são identificáveis e onde tudo isso é chamado de liberdade de escolha, mas aqueles que escolhem um caminho diferente – são marcados como déspotas.

Eu escolho o meu caminho, mas é uma pena não ter encontrado uma compreensão semelhante nas pessoas entre as quais eu desejava encontrá-la acima de tudo … ”

~ Keanu Reeves

……………………………
*Fonte: osegredo

keanu-reeves

Adeus Willy Wonka!

O ator Gene Wilder faleceu ontem aos 83 anos e segundo a imprensa americana, a morte está relacionada a complicações decorrentes do Alzheimer.
Me recordo de alguns de seus filmes, na maioria as suas comédias envolvidas com outro grande ator e diretor, Mel Brooks.

Mas de todos os seus filmes um dos que foi muito importante na minha infância, foi a sua interpretação como interpretou Willy Wonka no clássico “A Fantástica Fábrica de Chocolate” (1971). Devo ter assistido à dúzias de vezes e acho incrível até hoje acho incrível, aliás, depois de adulto consegui até em DVD. E vem cá, vamos combinar que a versão dele é muito melhor do que a versão mais recente do filme, com o também excêntrico, Johnny Depp.

Descanse em paz Gene! Gracias por me fazer feliz e dar muitas risadas com seus filmes.

Keanu Reeves – supermoto

Keanu Reeves (apaixonado confesso por motos) no curso de pilotagem de moto esportiva – supermoto.
Hey! Não esqueça de que ele recentemente lançou uma empresa que fabrica motos por encomenda – Arch Motorcycle. Fato que aliás já foi até post aqui no blog. Procure.

KeanuReeves_moto01

 

 

 

 

 

 

 

KeanuReeves_moto04

 

 

 

 

 

 

 

 

 

KeanuReeves_moto02

 

 

 

 

 

 

 

KeanuReeves_moto05

 

 

 

 

 

 

KeanuReeves_moto03

Christopher Lee

Aos 93 anos faleceu o incrível ator britânico Christopher Lee. Com uma prolífica carreira de ator durante toda sua vida (mais de duzentas produções), teve sua imagem muito marcada como Drácula, assim como também de fazer muitos papéis de vilão, como em 007 e foi até Sherlok Holmes. Cabe aqui mencionar que muitos de seus filmes assisti quando criança ou adolescente em inúmeras sessões de filmes de terror, na TV de madruga. Bons tempos. Recentemente atuou em grandes sucessos recentes do cinema como em Star Wars (Conde Dookan) e a saga de Senhor dos Anéis (Saruman).
Em 2009 recebeu oficialmente a honraria britânica de “Sir”. Também se aventurou pelo mundo da música, mais precisamente no estilo heavy metal (sim, isso mesmo!), lançando dois álbuns. Em 2010 ele lançou um álbum de heavy metal, o “Charlemagne: By the Sword and the Cross”. Recebeu o prêmio de “espírito do metal” na cerimônia “Metal Hammer Golden Gods” pelo seu segundo álbum “Charlemagne: Omens of Death” e o single “Jingle Hell” entrou no top 100 da Billboard em 22º lugar. Em 2014 gravou uma versão metal de “My Way”, do Frank Sinatra.
Descanse em paz Christopher Lee.

Christopher-Lee_06

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Christopher-Lee_03

 

 

 

 

 

 

Christopher Lee

 

 

 

 

 

 

Christopher-Lee_04

 

 

 

 

 

 

 

Christopher-Lee_02

 

 

 

 

Christopher-Lee_11

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

I

RIP – Dennis Hopper

Faleceu neste sábado o ator e também diretor Dennis Hopper, aos 74 anos, vítima de um câncer de próstata. Foi importante prá mim porque atuou e dirigiu um de meus filmes prediletos, o clássico  road movie “Easy Rider” – 1969 (Sem destino). No cinema Hopper teve uma carreira prolífica, que durou mais de 50 anos. Ele surgiu ao lado de James Dean em “Rebelde sem causa” e “Assim caminha a humanidade”, nos anos 1950. Também atuou em “Apocalypse now”, de Francis Ford Coppola, e “Veludo azul”, de David Lynch. O ator também viveu vilões em filmes de grande orçamento na indústria do cinema, como em “Velocidade máxima” e “Waterworld”. Recebeu duas nomeações para o Oscar: uma pelo roteiro de “Sem destino”, e outra pela atuação como um técnico de basquete alcoólatra em “Hoosiers”, de 1986 (este eu não vi). Descanse em paz, man!

Filmografia:

* Rebel Without a Cause (1955)
* I Died a Thousand Times (1955)
* Giant (1956])
* Gunfight at the O.K. Corral (1957)
* The Story of Mankind (1957)
* Sayonara (1957) (voz)
* From Hell to Texas (1958)
* The Young Land (1959)
* Key Witness (1960)
* Night Tide (1961)
* Tarzan and Jane Regained… Sort of (1964)
* The Sons of Katie Elder (1965)
* Queen of Blood (1966)
* The Trip (1967)
* Cool Hand Luke (1967)
* The Glory Stompers (1968)
* Hang ‘Em High (1968)
* Panic in the City (1968)
* Head (1968)
* Easy Rider (1969)
* True Grit (1969)
* The Festival Game (1970) (documentário)
* The American Dreamer (1971) (documentário)
* The Last Movie (1971)
* The Other Side of the Wind (1972) (sem lançamento)
* Crush Proof (1972)
* Kid Blue (1973)
* Tracks (1976)
* Mad Dog Morgan (1976)
* The American Friend (1977)
* The Sorceror’s Apprentice (1977)
* Flesh Color (1978)
* Last In, First Out (1978)
* Apocalypse Now (1979)
* Bloodbath (1979)
* Out of the Blue (1980)
* Reborn (1981)
* King of the Mountain (1981)
* Human Highway (1982)
* Rumble Fish (1983)
* The Osterman Weekend (1983)
* White Star (1983)
* Jungle Warriors (1984)
* The Inside Man (1984)
* My Science Project (1985)
* Riders of the Storm (1986)
* The Texas Chainsaw Massacre 2 (1986)
* River’s Edge (1986)
* Blue Velvet (1986)
* Hoosiers (1986)
* Running Out of Luck (1987)
* [Black Widow (1987)
* Straight to Hell (1987)
* O.C. and Stiggs (1987)
* The Pick-up Artist (1987)
* Blood Red (1989)
* Chattahoochee (1989)
* Flashback (1990)
* Hollywood Mavericks (1990) (documentário)
* Catchfire (1990)
* Superstar: The Life and Times of Andy Warhol (1990) (documentário)
* Motion & Emotion (1990) (documentário)
* Sunset Heat (1991)
* Paris Trout (1991)
* Hearts of Darkness: A Filmmaker’s Apocalypse (1991) (documentário)
* Picture This: The Times of Peter Bogdanovich in Archer City, Texas (1991) (documentário)
* The Indian Runner (1991)
* Eye of the Storm (1991)
* SnowwhiteRosered (1991) (documentário)
* Red Rock West (1992)
* The Revenge of the Dead Indians (1993)
* Boiling Point (1993)
* Super Mario Bros. (1993)
* True Romance (1993)
* Chasers (1994)
* Speed (1994)
* Search and Destroy (1995)
* Waterworld (1995)
* Cannes Man (1996)
* Carried Away (1996)
* Space Truckers (1996)
* Basquiat (1996)
* The Last Days of Frankie the Fly (1996)
* Top of the World (1997)
* The Good Life (1997)
* The Blackout (1997)
* Who Is Henry Jaglom? (1997) (documentário)
* Road Ends (1997)
* Black Dahlia (1998) (videogame)
* Michael Angel (1998)
* Meet the Deedles (1998)
* Robert Rauschenberg: Inventive Genius (1999) (documentário) (narrador)
* The Prophet’s Game (1999)
* Lured Innocence (1999)
* The Source (1999) (documentário)
* EDtv (1999)
* Straight Shooter (1999)
* Jesus’ Son (1999)
* The Venice Project (1999)
* Bad City Blues (1999)
* The Spreading Ground (2000)
* Luck of the Draw (2000)
* Welcome to Hollywood (2000)
* Held for Ransom]] (2000)
* Ticker (2001)
* Choke (2001)
* Knockaround Guys (2001)
* Jazz Seen: The Life and Times of William Claxton (2001) (documentário)
* L.A.P.D.: To Protect and to Serve (2001)
* 1 Giant Leap (2002) (documentário)
* I Don’t Know Jack (2002) (documentário)
* Unspeakable (2002)
* Leo (2002)
* Venice: Lost and Found (2002) (documentário)
* The Piano Teacher (2002)
* Easy Riders, Raging Bulls (2003) (documentário)
* A Decade Under the Influence (2003) (documentário)
* Dennis Hopper: Create (or Die) (2003) (documentário)
* The Night We Called It a Day (2003)
* Legacy (2004)
* The Keeper (2004)
* Out of Season (2004)
* Tell Them Who You Are (2004) (documentário)
* Inside Deep Throat (2005) (documentário) (narrador)
* House of 9 (2005)
* Hoboken Hollow (2005)
* Americano (2005)
* Going Through Splat: The Life and Work of Stewart Stern (2005) (documentário)
* Champion (2005) (documentary)
* The Crow: Wicked Prayer (2005)
* Land of the Dead (2005)
* Sketches of Frank Gehry (2005) (documentário)
* Tainted Love (2006)
* The Holy Modal Rounders: Bound to Lose (2006) (documentário)
* Rising Son: The Legend of Skateboarder Christian Hosoi (2006) (documentary) (narrator)
* 10th & Wolf (2006)
* Andy Warhol: A Documentary Film (2006) (documentário)
* 3055 Jean Leon (2006) (documentário)
* Memory (2006)
* By the Ways: A Journey with William Eggleston (2007) (documentário)
* Hell Ride (2008)
* Sleepwalking (2008)
* Bananaz (2008) (documentário)
* Elegy (2008)
* Générations 68 (2008) (documentário)
* Swing Vote (2008)
* Chelsea on the Rocks (2008) (documentário)
* Palermo Shooting (2008)
* Ferlinghetti: A City Light (2008) (documentário)
* An American Carol (2008)
* Shooting Palermo (2008) (documentário)
* The Brothers Warner (2008) (documentário)
* No Subtitles Necessary: Laszlo & Vilmos (2008) (documentário)
* Dead On: The Life and Cinema of George A. Romero (2008) (documentário)
* The Last Film Festival (2009)
* Forever (2009)
* Deadly Creatures (2009) (videogame)