Blackbarry Smoke – Porto Alegre (10/05/2019)

Ontem foi dia de conferir de perto e ao vivo no Opinião (Porto Alegre – RS), a banda americana Blackberry Smoke. O show começou cedo para o padrão local de horário (20h), o local estava cheio mas não lotado, melhor assim, dava para dar um rolê de boas pela copa e o espaço todo do público. E cara, o som deles é realmente espetacular, um southern rock de primeira, aliás, nada que me tenha pego de surpresa, claro que já tinha assistido vários shows deles no Youtube e tinha a ideia feita de que a banda era boa, mas lá na hora o bicho pegou! Daí sim fiquei surpreso e ainda mais entusiasmado com a vibe da banda, a manha de tocarem com um feeling legal e aquela timbreira macanuda especial que os caras do sul dos EUA sabem muito bem “fazer acontecer”. Um puta show!

O vocalista e guitarrista Charlie Starr pilota muito bem sua caixa de riffs expertos de guitarra, sua voz, bem como o seu bando, um time prá lá de competente no tempero do rock sulista de verdade. Foi phoda, fazia tempo que não curtia tanto assim um show de rock!

Desde já no aguardo para que esses caras voltem para mais shows por aqui no futuro.
Voltem logo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Red Band, Marionete Rock and Roll

Red Band é mais que um show de TV com marionetes. Red Band é mais que uma banda que faz releituras de rock e folk americano. Red Band é a fusão dos dois elementos em um dos grupos de humor mais conhecidos de Israel, no Oriente Médio.

A banda de bonecos foi formada em 2005 pelos artistas Ari Pfeffer, Micha Duman e Ami Wizel para apresentações na rua com o nome de “The Puppet Folk Revival”. Três anos depois, uma rede os contratou para apresentarem o programa “Red Band”, que também gerou um talk show em 2013, apresentado pelo líder da banda, Red Orbach, um rock star roxo com um baita mustachão e índole duvidosa.

De lá para cá, a banda virou um fenômeno no país ao participar de diversos festivais, ao fazerem turnês até mesmo internacionais e sempre com o diferencial de convidarem artistas da cena local para interpretarem as músicas que tocam durante as performances.

Aliás, essa é a fórmula do seriado protagonizado pelo trio. Red, Poncho e Lefty são as estrelas de uma banda que planeja um grande retorno aos palcos. Inteiramente rodada como se fosse um documentário, a série que durou duas temporadas mescla personagens feitos de espuma com pessoas reais e é falada em inglês e hebraico. Todo episódio embute a participação de algum músico e a discografia da banda inclui dois álbuns.

A personalidade dos integrantes do conjunto musicial é simplesmente hilária. O vocalista Red é um estereótipo do rock star envelhecido, megalomaníaco, que não para de xingar e se preocupa muito em manter a tríade do Rock and Roll acesa. Poncho é um entusiasta de motocicletas, um lobo solitário que toca guitarra na banda e busca fugir da juventude transviada. Já Lefty é o tecladista, baixista e baterista que se transformou espiritualmente e virou riponga. Outro membro, extra-oficial, é o rato Phillip, traficante e fã número um da banda, que sempre está chapado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

………………………………………………………..
*Fonte: ideafixa

 

Hollywood Vampires, de Alice Cooper, Johnny Depp e Joe Perry, lança faixa inédita

O Hollywood Vampires prepara o lançamento de seu próximo álbum, intitulado “Rise”. O trabalho sairá no dia 21 de junho, via earMUSIC.

O supergrupo, formado por Alice Cooper, Johnny Depp e Joe Perry, guitarrista do Aerosmith, aproveitaram para revelar o primeiro single o disco, chamado “Who’s Laughing Now”. Ouça abaixo.

Com produção de Tommy Henriksen, “Rise” contará ainda com versões de de “Heroes”, do David Bowie, “People Who Died”, do Jim Carroll Band, e “You Can’t Put Your Around”, do Johnny Thunder’s.

Jeff Beck e John Waters são os convidados especiais na música “Welcome To Bushwackers”.

…………………………………………………………….
*Fonte: ligadoamusica

Led Zeppelin lança série de vídeos para contar a própria história; assista ao primeiro episódio

O capítulo de estreia conta sobre a produção do primeiro disco da banda

Como parte de uma celebração contínua dos 50 anos de Led Zeppelin, a banda compartilhou o primeiro episódio de uma série de vídeos que vão contar sua trajetória e fatos interessantes sobre os discos.

Ao som do clássico “Babe, I’m Gonna Leave You”, e em pouco mais de um minuto, o capítulo de estreia fala sobre o início do grupo, em 1968, e a gravação do primeiro disco, que aconteceu em setembro do mesmo ano, uma semana e meia depois de sua formação, no Olympic Studios, em Londres.

Produzido e financiado pelo guitarrista Jimmy Page, o trabalho inteiro foi finalizado em apenas 30 horas.

Desde 2018, anos em que a banda completou meio século de existência, o Led Zeppelin já foi homeageado pela Fender, com réplicas das guitarras icônicas de Page, lançou um vídeo psicodélico em que o guitarrista conta a história mística por trás do instrumento, compartilhou entrevistas inéditas e ganhou até uma linha personalizada de tênis Vans.

 

…………………………………………………………….
*Fonte: rollingstone