7 erros que todo homem comete com a barba

A barba consegue modificar a aparência de um cara transformando-o em um homem ao invés de deixar com cara de menino. E aqui no site da Fatos Desconhecidos, nós já exibimos para você as provas de que a barba realmente é transformadora.

Alinhar, retirar o excesso do pescoço e parte de cima, cuidar dos fios, lavar com o shampoo neutro, exige-se um certo cuidado com ela na mesma intensidade que os seus cabelos precisam.

Só que alguns homens não se importam muito com isso e acabam cometendo alguns erros com os seus pêlos faciais. Confira alguns erros que todo homem comete com a barba.

1 – Acessórios

Uma moda de 2016 que foi lançada para os homens com barba foi o uso de joias para os fios longos. A ideia foi de uma marca de joias que queria que os barbudos adotassem a nova “tendência”. Se você gosta da sua aparência, adereços não ficam legais. Preze pelo bom cuidado e a atenção com o seu estilo.

2 – Não lavar os pêlos

Assim como todo dia é dia de tomar banho e lavar o corpo, também é dia de se lavar a barba. Elas acumulam as impurezas do ar e algumas chegam até a ficar com mau cheiro por conta da falta de higiene.

Não cometa esse erro. Sabão neutro, dedos para esfregar o produto na pele e duas lavagens por dia para seu rosto ficar limpo e bem cuidado.

3 – Passar as mãos na barba

De acordo com a dermatologista Anelise Ghideti, em entrevista ao programa Bem Estar, “passar a mão na barba também não é bom.

Nossas mãos têm glândulas que produzem sebo para lubrifica-las. Se a gente ficar passando a mão toda hora na barba ou no cabelo, essa oleosidade passa. E oleosidade em excesso pode dar caspa.”

4 – Barbear a seco

Mesmo com vários cremes e espumas de barbear existentes no mercado, alguns homens ainda praticam a arte de se barbear no seco. A a dermatologista Anelise afirma que não é bom fazer isso.

Segundo ela, “nada de se barbear a seco. Isso traumatiza mais a pele e o pelo pode encravar. Higienize sempre as lâminas, pois elas podem acumular fungos. O ideal é trocar pelo menos uma vez por mês. Antes de se barbear, use um sabonete antisséptico para diminuir as bactérias.”

5 – Barba sem bigode

Se você quer ter barba, a regra é não tirar o bigode. Use só ele, deixe-o crescer à vontade, mas nunca use a barba sem ele. A impressão que a sua imagem vai gerar é de que tem algo faltando em seu rosto. Antes sobrar bigode no rosto do que faltar, não é mesmo?

6 – Barbear-se do lado contrário à direção em que os pêlos nascem

Alguns homens ainda cometem o erro de se barbear tirando os fios do lado contrário à direção em que eles nascem. E isso pode ser muito agressivo à sua pele, como se a lâmina estivesse retirando os pêlos pela raiz.

O resultado é um rosto bastante irritado, podendo causar inflamações e até mesmo o surgimento de fios encravados.

7 – Pescoço com pêlos

Fios crescendo no pescoço são uma falta de cuidado tremenda. Além disso, outro erro comum é o hábito de não aparar a barba e deixar o rosto com a impressão de que os fios estão rebeldes e desalinhados.

Para ficar com um visual bacaninha, elimine os fios no pescoço e apare bem a parte de cima com maquininha ou até mesmo o auxílio de um pente e uma tesoura específica para corte de cabelo. Não fique preso só ao uso da maquininha, compre uma navalha que é baratinha e modele seu rosto de uma melhor forma.

………………………………………………………………….
*Fonte: fatosdesconhenhecidoscidos

O fim da barba está próximo

De acordo com biólogos evolucionários (não com estilistas de moda), o fim da barba está próximo. O decreto deve durar só uns 30 anos, no entanto.

Cientistas australianos descobriram que, conforme o pelo facial se torna mais comum, também fica menos atraente, e assim o “look” barbeado torna-se mais desejável para potenciais companheiras(os).

Anos mais tarde, no entanto, se todos os homens tiverem a cara lisa, a barba pode voltar a ter mais apelo sexual.

O experimento

No experimento feito pelos pesquisadores da Universidade de New South Wales, 1.453 mulheres e 213 homens foram convidados a avaliar faces diferentes.

Os participantes viram 36 imagens de rostos de homens. As primeiras 24 fotos destacavam homens totalmente barbudos ou sem nenhuma barba, ou uma mistura dos dois. As 12 imagens finais, em seguida, mostravam homens com barbas de vários níveis, e os voluntários tinham que avaliar sua atratividade.

Tanto as mulheres como os homens julgaram a barba cheia (ou barba completa) como mais atraente quando elas eram raras. A mesma coisa ocorreu com rostos barbeados.

Segundo os cientistas, esse padrão reflete um fenômeno evolutivo, da “seleção sexual dependente da frequência negativa”. Em outras palavras, a evolução dá uma vantagem para traços raros – quem os têm se torna então preferido por potenciais parceiros para a procriação.

Ciclo

Essa preferência dependente da frequência negativa pode, portanto, contribuir para um fim próximo da barba, que anda na moda atualmente.

Os cientistas dizem que, neste momento, chegamos ao “auge das barbas”, já que até profissões naturalmente associadas a um queixo limpo – banqueiros, estrelas de cinema e jogadores de futebol – começaram a ostentar pelos faciais.

Se a biologia estiver certa, então, o fim da cara peluda nada rara está decretado.

“Nós sabemos que as barbas passam por modas cíclicas. Pessoas costumam falar de uma escala de tempo de 30 anos”, disse o professor Rob Brooks, um dos pesquisadores do estudo. “Há uma pesquisa maravilhosa que analisou fotografias de homens entre 1871 e 1972 no Illustrated London News. Costeletas mudaram para bigodes e, em seguida, para barbas cheias”.

De fato, a década de 1970 foi a dos bigodes finos. Nos anos 80, a moda era bigodes grossos. Nos anos 90, os homens assumiram o look bunda de bebê, até a volta das grandes barbas nos recentemente.

Brooks sugere que esse “boom” pode ter suas raízes na crise financeira de 2008. “Eu acho que uma das razões para a barba voltar é que agora é um momento difícil. Os jovens estão competindo para atrair alguém, quando emprego não é fácil de encontrar”.

O problema com querer se sobressair usando uma barba é que em breve isso provavelmente já não será possível, devido ao seu uso generalizado pelo mundo todo. Logo, se você, homem, quiser se destacar na multidão, é melhor comprar uma lâmina de barbear. [BBC, Express]

…………………………………………………………….
*Fonte: hypescience

Barba perfeita. Descubra os erros comuns que atrapalham o barbear.

Apesar de ser tarefa muito comum no dia a dia do homem, o ato de barbear pode causar desconfortos na pele se alguns detalhes passarem despercebidos. Erros simples, como esquecer de umedecer o rosto e passar a lâmina no sentido oposto ao crescimento dos pelos, já são suficientes para prejudicar o resultado do barbear. Entenda abaixo como esses e outros maus hábitos podem causar problemas:

A hora certa de fazer a barba

A pele limpa favorece o deslizar da lâmina, dando uma sensação maior de conforto conforme as passadas vão sendo feitas. Para isso, lave o rosto com água quente para abrir os poros e assim tornar o corte dos pelos mais rente. Uma dica é aproveitar o vapor do banho, mas o efeito pode ser o mesmo se você deixar toalha aquecida descansando no local por alguns minutos.

Produto de qualidade são coadjuvantes de luxo

Com a pele já preparada, você deve aplicar um creme de barbear de qualidade para amolecer os pelos e facilitar o deslizar da lâmina. Deixe o produto agir por um ou dois minutos antes de tirar o aparelho do armário. “O erro mais comum é usar sabonete de banho, mas eles podem causar ressecamento e inflamação”, ressalta o médico dermatologista Amilton Macedo, em entrevista ao #P.

Raspar no sentido do crescimento dos pelos

Um dos problemas mais comuns relacionados ao barbear são os dolorosos pelos encravados e para evitá-los é preciso cuidado na hora de usar a lâmina. O correto é deslizar o aparelho no sentido do crescimento dos fios. As laterais do rosto e bigode, por exemplo, devem ser raspadas com movimentos de cima para baixo. Já nas áreas do pescoço e queixo, por serem mais sinuosas, o deslize precisa ser feito em diversos sentidos. Conheça sua barba, passe os dedos pela face para saber onde os pelos mudam.

Lâminas gastas machucam a pele

Existem ainda outros cuidados para você conquistar o barbear perfeito. Estar atento ao estado das lâminas é um deles. Mas, como saber a hora de substituí-las por uma nova? Observe a fita lubrificante presente na cabeça do cartucho: quando o material ficar esbranquiçado significa que chegou o momento de trocar por um novo.

………………………………………………………………….
*Fonte: preparadopravaler/ por Bruno Janot

Finalmente um comercial honesto sobre homens com barba

Hipster, hippie, sujo, bárbaro, fashionista…

Sério, a quantidade de rótulos que qualquer homem com barba recebeu nesses últimos anos só perde pra quem teve a foto espalhada na internet com boato falso.

E, no entanto, alguém usando barba só pode significar uma coisa, e bem simples. Ou talvez não, podem ser várias coisas e todas muito complicadas.

Um divertido e honesto comercial da Dollar Beard Club para todos os barbados e barbudos por aí.

……………………….
*Fonte: updateordie

 

Como cultivar a barba

Então quer dizer que a sociedade ocidental derrubou os estigmas em relação ao uso de barba, né? Podemos dizer que em alguns lugares está “na moda”. Este termo não é muito a minha. Além de rotular um tipo de comportamento, pode não ser coerente. Os barbudos dos Hell’s Angels (grupo de motoqueiros), por exemplo? Já ostentavam seus barbões por aqui antes mesmo de você ter cabelo. Também tem a comunidade gay, que lançou esta tendência há tempos. A pauta agora é: como deixar a barba crescer e aprender a cuidar dela?

A repercussão da matéria do Lumbster (é o cacete) foi interessante por aqui. A Natália comentou no Facebook “tenha barba, mas barba limpa. Ninguém merece aquela barba com cheiro de xoxota suja”. Já o Felipe disse “não sou obrigado a seguir clichê, tenho minha barba e pronto”. É bem por aí, pessoal. Vamos ter a barba que a gente quiser (e puder), mas mantendo a higiene, certo? Será que já fomos produto da indústria dos barbeadores que nos induziu a imaginar que um barbear rente é limpo e bonito e barbas grandes são feias e sujas? Há controvérsias.

Como já falei, ainda me considero um barbudo iniciante. Por isso resolvi trocar uma ideia com o barbeiro Luciano Leite, do Red Salon, para compilar para vocês, de um jeito simples e direto (há mil sites especializados no assunto), um passo-a-passo, de “bundinha de neném” a “Chewbacca”. “Barba é atitude! É um taboo que está sendo quebrado. O cara que tem uma barba legal, transmite uma boa imagem da personalidade dele e mostra que ele faz parte desta corrente”, disse o barbeiro profissional.

Então, aí estão os 5 passos para você ficar barbudo.

1 – DEIXE A BARBA CRESCER

Simples assim. Deixe sua barba crescer por completo naturalmente. No início, você pode achar meio estranho. É normal. As pessoas vão estranhar, comentar com você, mas siga firme e não ligue. Pois sua mutação estética começa aí e esta é a fase mais “chocante”, depois passa. Faça nos primeiros dias (ou semanas, de acordo com a evolução) apenas um contorno do pescoço e da bochecha com seu barbeador ou com a maquininha elétrica.

Incômodos aparecerão. Pode coçar e até aparecer uns pelos encravados.

Importante!!! Barba é uma coisa individual. Nenhuma no mundo é que nem a outra. São volumes, formatos, intensidades, brilho, tipo de pelo, cor, contorno, falhas, alturas, enfim… mil variáveis que te tornam único. Ou seja, você vai ver que será iniciado um processo de autoconhecimento também.

2 – PROCURE UM BARBEIRO

Parabéns, você descobriu que barba não é sujeira na cara, mas que também não é cabelo. E que por isso deve ser tratada individualmente. Porém ainda há uma caminhada pela frente. Converse com amigos barbudos ou veja o próximo post sobre o assunto aqui na NOO e procure um barbeiro. Um profissional da área será quem poderá mais te ajudar neste processo com orientações detalhadas sobre a sua barba dentro do seu estilo e os cuidados que deverá ter com ela. Ele normalmente terá boas noções de visagismo.

Neste momento as críticas surgem. Positivas e negativas. Ignore por enquanto as negativas e comece a cultivar a barba livremente. Você é que deve dizer se está bom ou não. Se ficar feio, não desista por enquanto. Se ficar muito, muito feio, peça a opinião de alguém. Se ficar muuuuuito terrível, mas tão feio que você já perdeu sua namorada e está prestes a ser demitido. Ok, repense e comece do zero. Mas, de modo geral, seja guerreiro e siga em frente.

3 – JARDINAGEM

De acordo com o crescimento da sua barba, comece a aparar as pontas e use agora todo seu talento de jardinagem. Que nem o cabelo, você deverá limpar os fios mais eriçados e começar a modelar. Agora é que a brincadeira começa a ficar divertida. É quando aquela sua tia que te chamou de sujo no início vai te dizer, “nossa, você está com cara de mais velho”.

4 – DESIGN

Conforme sua barba for crescendo, você vai perceber o desenho e o tamanho que ficam mais legais. Se o objetivo for ter barba curta, rola de fazer sozinho com máquina. Mas é preciso ter muito cuidado com o uso destes brinquedos, pois eles podem arruinar em segundos seu trabalho de meses. Vai por mim, isso é frustrante. Especialmente se sua barba for falhada, tipo a minha.  É melhor deixar outra pessoa fazer por você. Mais um motivo para seguir o passo 2.

5 – MANUTENÇÃO

É tão difícil chegar aqui que muita gente menospreza esta etapa. Agora é que se destacam os valentes. Barba é maneiro, mas tem que ser limpa, bem acabada e cheirosa (né, Natália?). Se você já se olha no espelho de longe e enxerga uma mancha escura, você alcançou este nível. Procure lavar a barba com shampoos especiais (farei uma matéria sobre o assunto em breve), pois eles têm baixa alcalinidade em relação aos tradicionais para cabelos. Além disso, comece a pesquisar sobre outros tipos de produtos e também de estilos. Com certeza tem um que pode ser perfeito para você. Seja espartano, cerrada, Don Juan, viking, enfim… sinta-se bem com seu visual e seja feliz.

Só cuidado com as camisas xadrez. Você poderá ser confundido com um Lumbersexual por aí (rá!).

……………………
*Fonte/texto: noo

Homens com barba possuem vida sexual mais ativa, mostra pesquisa

Se você já era adepto do Movember, há mais um motivo para você cultivar os pelos faciais – ou implantá-los, de repente. Segundo uma pesquisa do site americano de encontros Match.com, homens com barba possuem uma vida sexual mais ativa que os com cara lisa.

A página identificou que 80% dos barbudos possuem orgasmos com frequência, contra 77% dos caras limpa. A frequência sexual dos “machos alfa” também é maior, com 73% a 70%.  No quesito “amiga para sexo casual”, a diferença entre os estilos aumenta: são 61% contra 54% –  apenas mais uma manifestação do poder da barba.

*Fonte/Texto: GQ

barba_z4

 

 

 

 

 

 

 

barba_z3

 

 

 

 

 

barba_z2

 

 

 

 

 

 

 

Ter barba faz bem a saúde

Tá! Agora sim, Feito! GOOOOOOLLL! Até que enfim.
E não sou eu quem afirmo isso. Salve a ciência.

>> ABAIXO o TEXTO da matéria no site da Revista Super Interessante:

…Se alguém ousar falar mal da sua estimada barba, não se abale. Ela faz bem para a sua saúde: protege contra alergias e tosse. E ainda funciona como protetor solar.

Quem cuidou de provar os benefícios foi o pessoal da Universidade de Southern Queensland, na Austrália. Os pesquisadores expuseram manequins ao sol – metade ganhou uma bela barba feita de Barba de pau (uma espécie de planta que se apoia em outras para viver), enquanto a outra parte continuou com a cara lisinha –, e depois mediram a quantidade de radiaçãoabsorvida por cada um deles. Os barbados tiveram quase 35% menos de exposição aos raios UV. Dependendo do tamanho e grossura dos pelos, a barba pode funcionar como um protetor solar com FPS de até 21.

E tem mais. Dizem os pesquisadores que o bigode serve como uma barreira de proteção contra as bactérias trazidas pela poeira. Em alguns casos, é essa sujeira toda que desencadeia os sintomas da asma. E se a barba for longa, cobrir parte do pescoço, os ataques de tosse causados por inflamações na garganta podem durar menos tempo. É que a barba deixa a região mais aquecida.

Por último, sua barba ainda te deixa jovem por mais tempo – pelo menos na região facial. Com o rosto coberto, a pele se protege melhor contra o vento e permanece hidratada por mais tempo.

Só não dá para ser largado ao extremo e deixar a barba toda suja, ok? E sem pelos encravados.

barba111

Barbudagens

O fotógrafo freelancer Jonathan Pryce Daniel desenvolveu um projeto fotográfico bem interessante – “100 Beards 100 Days”. O efeito homem de barba parece que novamente está em voga e não é só porque o papai noel está quase chegando, quer você goste ou não.

Em todo caso, não custa conferir esse trabalho fotográfico no site:
http://100beards.tumblr.com