Billy F Gibbons: Rock + Roll Gearhead (Edição comemorativa)

Expandido por ocasião do 50º aniversário do ZZ Top, Billy F Gibbons: Rock + Roll Gearhead (publicado pela primeira vez em 2005) abre amplas portas de garagem e estúdio da Gibbons para um olhar exclusivo sobre as guitarras vintage requintadas e exclusivas e os influentes hot rods e carros personalizados do redutor de grau A do Texas.

Do quase mítico raio de sol de Les Paul de 59, conhecido como “Pearly Gates” e o “Furry One” da MTV, reconhecidos por carros como o Eliminator, CadZZilla e Kopperhed, todos estão aqui – mais de sessenta guitarras e quinze veículos impressionantes , todos expostos pelo próprio BFG e mostrados em cores encomendadas e fotografia artística em preto e branco. Carros e guitarras que apareceram desde a primeira publicação estão incluídos:

Carros:

Mexican Blackbird 1958 Thunderbird
Quintana ’50 Ford Custom
El Camino Grocery-Getter custom
Whiskey Runner ’34 Ford Coupe
’51 Willys Wagon

Guitarras:

Party Peelers John Bolin Customs
Neiman Marcus BFG SG
Nacho Telecaster
1929 National Resonator
1929 Dixie Ukelele
1939 Rickenbacker Frying Pan

…e mais!

Enquanto os carros e as guitarras da BFG são lendas, não menos intrigantes são os contos por trás de sua incrível carreira musical. Do adolescente roqueiro de Houston ao Hall da Fama do Rock and Roll, toda a história está entre essas capas, contada nas próprias palavras do bom reverendo Willie G. e ilustrada com fotos e recordações de seu arquivo pessoal.

Como em muitos roqueiros, o estilo de Billy F Gibbons para hot rods e costumes é coisa de lenda. Mas além desse domínio genuíno do bluesman sobre o amor impenitente e de seis cordas pela combustão interna, há um colecionador notável, cujos próprios projetos se manifestaram em centenas de carros e guitarras alucinantes. Este é o registro definitivo e oficial desse gênio.

The Jimi Hendrix Experience: The Royal Albert Hall [Trailer]

O show aconteceu no dia 24 de fevereiro de 1969, e o vídeo mostra uma das últimas vezes que Hendrix subiu no palco em sua mítica formação original, com Noel Redding no baixo (que viria a deixar a banda pouco tempo depois) e Mitch Mitchell na bateria.

Ainda que a filmagem já seja conhecida dos fãs mais ávidos, através de bootlegs e lançamentos não oficiais, ela jamais chegou a ser lançada em Blu-Ray, conforme havia sido prometido alguns anos atrás. Agora ela enfim chega, para nosso deleite, em alta qualidade à internet.

Nele podemos ver com firmeza o gênio de Hendrix, que nos pouco mais de três anos de duração de sua banda, transformou a maneira de lidarmos e ouvirmos a guitarra em maneiras diversas. E não só: sua maneira de cantar, seu jeito ao mesmo tempo falado e melódico de construir sua canções, sua maneira de se comportar no palco, a mistura de sons tradicionais negros com o rock mais atual de então, colocam Hendrix no topo do olimpo dos guitarristas de rock, como uma espécie de símbolo de uma era dourada que não se repetiu jamais.

……………………………………………………………..
*Fonte: hypeness