Lightyear 0: o carro movido a energia solar que dura meses sem carregar

Lightyear 0 é o nome do sedã elétrico que obtém energia para funcionar por meio da luz do sol. O veículo parece significar, finalmente, a produção em massa de carros que operam de modo sustentável, proposta que tem sido o grande projeto de muitas empresas. Nos últimos anos, várias startups lançaram carros únicos movidos a energia solar, mas até então ainda não havia a perspectiva de uma produção em larga escala.

Totalmente conduzido à energia proveniente do sol, esse carro pode ficar meses sem que careça de recarga, como promete sua fabricante.

Produzido pela startup holandesa, a Lightyear, o carro elétrico Long Range Lightyear One possui 5 metros quadrados de painéis solares de curva dupla que podem carregar o carro elétrico enquanto ele está dirigindo ou estacionado ao ar livre. Tais painéis podem adicionar até 70 quilômetros de alcance por dia, além de seus estimados 625 quilômetros no ciclo WLTP da Europa.

Todas essas características dão ao carro a capacidade de funcionar por meses sem que o motorista precise recarregá-lo numa tomada ou carregador público. A empresa estima que pessoas que dirigem moderadamente, podem passar até sete meses para efetuar uma nova carga. Além disso, os painéis solares podem acrescentar até 11.000 quilômetros de alcance anual.

O cofundador e CEO da Lightyear, Lex Hoefsloot, comemora: “Hoje é o dia que todos esperávamos desde que nós, cinco cofundadores, sentamos em uma cozinha esboçando nosso sonho de construir o carro mais sustentável do planeta […] Em 2016, tínhamos apenas uma ideia; três anos depois, tínhamos um protótipo. Agora, após seis anos de testes, iterações, (re)desenhos e inúmeros obstáculos, o Lightyear 0 é a prova de que o impossível é realmente possível.”

Destaque
Não são apenas os painéis solares que fazem do Lightyear 0 um carro inovador, ele se destaca dos outros carros elétricos atuais devido os seus quatro motores nas rodas, capazes de gerar 174 cavalos de potência combinados e 1.269 libras-pés de torque, que podem acelerar o Lightyear 0 de 0 a 100 km/h em apenas 10 segundos e uma velocidade máxima de 160 km/h.

Orgulhosamente, a empresa afirma que o Lightyear 0 é o veículo elétrico mais eficiente da categoria – o consumo de energia é de 10,5 kWh por 100 quilômetros – e seu coeficiente de arrasto inferior a 0,19 o torna o carro familiar mais aerodinâmico até agora. Mesmo possuindo 16,4 pés de comprimento, o carro pesa apenas 3.472 libras.

Sustentabilidade e design
O Lightyear 0 foi projetado tendo em vista a sustentabilidade, mas além dessa característica importante, seu design corrobora com sua essência, uma vez que seus detalhes minimalistas são feitos com materiais veganos e de origem natural, como assentos de camurça de microfibra e detalhes de palma de vime. Seu interior também possui um sistema de infoentretenimento com tela sensível ao toque de 10,1 polegadas que executa o sistema operacional Android Auto.

Em comunicado, Hoefsloot disse que “Os carros elétricos são um passo na direção certa, mas têm um problema de escala. Até 2030, podemos esperar 84 milhões de veículos elétricos (EVs) nas estradas da Europa sozinho. Não há como esconder isso, o acesso às estações de carregamento não acompanhará a demanda por carros elétricos.”

Ele continua: “Para minimizar o carregamento de plugues e maximizar o alcance, a estratégia da indústria, até agora, tem sido adicionar baterias. Isso aumenta a pegada de carbono de produção e, por sua vez, aumenta o peso e a necessidade de estações de carregamento de alta potência. Nossa estratégia inverte essa abordagem. O Lightyear 0 oferece mais alcance com menos bateria, reduzindo o peso e as emissões de CO² por veículo.”

Preço
Como era de se esperar, o Lightyear 0 não é barato, seu preço inicial é de US$ 263.243. A boa notícia é que a empresa também está trabalhando em um segundo modelo que tende a atrair o mercado de massa com um preço inicial de US$ 31.589, cuja produção começará no final de 2024 ou início de 2025.

*Por Daniela Marinho
…………………………………………………………………………..
*Fonte: socientifica

Lightyear One: carro elétrico movido a energia solar tem autonomia de 700 km com apenas uma recarga

A Lightyear, fabricante holandesa que é pioneira em veículos elétricos solares, alcançou um grande marco de desempenho e autonomia ao dirigir 441 milhas (710 km) com o protótipo do One. Nunca antes um EV dirigiu tão longa distância com uma bateria relativamente pequena – apenas 60 kWh.

Lex Hoefsloot, CEO e cofundador da startup, explicou que o carro conseguiu registrar o grande alcance com um consumo de energia de apenas 137 Wh por milha, isso a 53 milhas por hora. “Mesmo os carros elétricos mais eficientes do mercado hoje consomem cerca de 50% a mais de energia a esta velocidade relativamente baixa”, disse ao site Automotive World.

“Após quatro anos de trabalho árduo e desenvolvimento interno, este é um marco de engenharia e tecnológico muito importante. Isso valida o desempenho de nossa patente e mostra verdadeiramente que somos capazes de cumprir nossa promessa de apresentar o veículo elétrico mais eficiente [do mundo]”, afirmou Hoefsloot – confira o teste do Lightyear One abaixo, em vídeo:

O protótipo do carro elétrico movido a energia solar foi posto à prova na pista de testes Aldenhoven Testing Center, na Alemanha, onde completou um ciclo de direção a uma velocidade de 53 milhas/hora com uma única carga da singela bateria de 60 kWh. A provação foi responsável por avaliar aspectos da máquina, desde a validação do rendimento dos painéis solares, desempenho da bateria, consumo de energia do sistema de refrigeração, até o funcionamento dos motores de roda e do software que opera o automóvel.

Sem contar que a etapa de ciclo completo conduzido é crucial para verificar e comprovar todas as suposições de desempenho do “veículo solar”. Além da validação do desempenho técnico do carro movido a esse tipo de energia que ocorreu na Alemanha, outros próximos testes ocorrerão em 2021 para o processo de homologação, como os exames de colisão e um de ciclo de direção oficial (WLTP).

“Este marco é uma grande confirmação da escalabilidade do nosso modelo de negócios. Estamos confiantes de que, nos próximos meses, conseguiremos atingir um nível semelhante de consumo de energia na velocidade das rodovias”, complementou Hoefsloot, que ainda explicou que reduzir o consumo de energia por quilômetro de um EV significa fornecer, com uma bateria pequena, muito mais alcance. “Como as baterias são a parte mais cara de um EV, você pode reduzir o preço de compra do carro e obter elétricos acessíveis com uma grande autonomia e que não precisa de muita carga”.

Ainda de acordo com o CEO, a Lightyear está comprometida com a missão de tornar a mobilidade limpa disponível para todas as pessoas e em todos os lugares. E boas notícias para quem quer comprar o carro elétrico movido a energia solar e ficar meses sem carregar: atualmente, a fabricante está se preparando para a comercialização oficial do One.

Uma série exclusiva do modelo entrará em produção no primeiro semestre de 2022. Segundo a Lightyear, o desejo é atender ao mercado em massa a partir de 2024.

*Por Arthur Henrique
……………………………………………………………………………………….
*Fonte: olhardigital

Carro elétrico solar chega ainda esse ano

Já imaginou ter um carro e não precisar gastar nenhum dinheiro com combustível? Essa realidade está a cada dia mais próxima e já há previsão da empresa Lightyear lançar o veículo One já nesse ano de 2021.

O carro promete superar o Tesla Model S, chegando em 725km de autonomia e ainda conta com 4 motores elétricos e 5m² de painéis solares, que estão protegidos pelo vidro.

Um diferencial em relação ao mercado, é que suas células solares são 20% mais eficientes que as tradicionais e caso o usuário decida, pode ser carregado com o plugin tradicional dos veículos elétricos.

Por conta de seus motores, o veículo pode acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 10 segundos.

Esse veículo será uma inovação e fará a ficção científica se tornar realidade, com veículos cada vez mais sustentáveis.

Porém ainda há o desafio de se tornar acessível para todos, uma vez que seu preço de reserva deverá variar entre R$ 700 mil a R$ 900 mil e será lançado primeiramente na Europa.

Esperamos que o mundo se transforme nas próximas décadas e passam permitir o uso de toda a população.

Para conhecer o carro elétrico solar, você pode assistir o vídeo da fabricante:

………………………………………………………………………………………
*Fonte: engenhariahoje

Citroën lança carro elétrico compacto que custa apenas R$ 100 por mês

Com velocidade máxima de 45 km/h, veículo é ideal para pequenos deslocamentos dentro das cidades

Prometendo oferecer “mobilidade 100% elétrica para todos”, a Citroën está lançando na Europa o Ami, um veículo elétrico urbano compacto e de baixo custo, que pode ser dirigido por qualquer um acima de 14 anos (na França) mesmo sem carteira de motorista.

O Ami é um “carrinho” de 2 lugares, com apenas 2,4 metros de comprimento, equipado com uma bateria de 5,5 kWh. A autonomia é de até 70 km com uma carga, viajando a até 45 km/h. Não, não é um carro para os amantes da velocidade, ou mesmo para a estrada, mas sim para pequenos deslocamentos dentro das cidades. Ou seja, para ir e voltar do trabalho, ao shopping center, ao supermercado, etc.

Segundo a Citroën, a recarga completa da bateria pode ser feita em três horas em qualquer tomada de 220 volts, sem necessidade de um carregador especial. O interior do veículo é fechado e aquecido, e segundo a fabricante “muito iluminado e confortável”. A aparência pode ser customizada com pacotes de acessórios para mudar a cor do carro.

Mas o principal destaque do Ami é o preço: na França será possível adquirir um por apenas 19,99 Euros mensais (cerca de R$ 98), mediante o pagamento de uma entrada de 2.644 Euros (cerca de R$ 13 mil). O governo francês oferece uma dedução de 900 Euros (cerca de R$ 4.400) pelo fato de ser elétrico, o que leva o total a 1.744 Euros ou R$ 8.600 . O veículo também estará disponível para locação, com preço de 0,26 Euro (cerca de R$ 1,30) o minuto, através da locadora Free2Move.

O Citroën Ami poderá ser comprado “100% online”, como entrega na casa do comprador, e também estará disponível em lojas como a Fnac e Darty. A montadora começará a aceitar pedidos em 30 de março, com previsão de entrega das primeiras unidades na França em junho.

*Por Rafael Rigues

…………………………………………………………………
*Fonte: olhardigital

Nissan lança “casa” sobre rodas totalmente elétrica

Ver o pôr do sol entre montanhas ou dormir observando as estrelas. Ser um campista é um estilo de vida que tem atraído jovens de todo o mundo. Aproveitando a era dos “nômades millennials”, a Nissan lançou na Espanha duas versões com camping com base nos modelos NV200 e NV300, sendo uma delas totalmente elétrica.

O veículo de emissão zero é o e-NV200, furgão elétrico já lançado em outros países (mas antes não adaptado para camping). A fabricante japonesa incorporou uma série de modificações interiores e exteriores para suprir as necessidades dos campistas.

Conforto

O interior do veículo pode ser transformado em uma sala para quatro pessoas. Graças ao teto elevado, elas podem até ficar em pé. Há outro espaço transformado em uma autêntica cozinha com geladeira, pia e instalações de água e gás.

Ao anoitecer, o Nissan Camper pode ser convertido numa cama confortável com um colchão de espuma de alta densidade para duas pessoas. A iluminação pode ser controlada por persianas e o frio pelo equipamento de aquecimento embutido no veículo. Além disso, há uma segunda cama de casal no teto, ou seja, dá até para receber visitas.

“A nova gama Nissan Camper permite que os mais aventureiros tenham uma varanda com vista para os lugares mais incríveis do mundo e apreciem a essência de viajar com a família ou amigos”, afirma Francesc Corberó, diretor de comunicação da Nissan Iberia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

……………………………………………………..
*Fonte: ciclovivo