Chris Cornell, vocalista do Soundgarden e do Audioslave, morre aos 52 anos

Chris Cornell, vocalista do Soundgarden e do Audioslave, morreu nesta quarta-feira (17) à noite aos 52 anos, em Detroit. Médicos legistas confirmaram a causa da morte como suicídio por enforcamento.

O assessor do cantor, Brian Bumbery, resumiu que a morte de Cornell foi “súbita e inesperada”. Segundo a imprensa americana, a mulher de Cornell teria ligado para um amigo da família para ver como o cantor estava. Ele arrombou a porta do quarto do hotel e encontrou o corpo de Chris no banheiro, onde se enforcou.
Relembre obra no Soundgarden, Audioslave, Temple of the Dog e carreira solo em 5 músicas mais marcantes

Ele havia se apresentado com o Soundgarden na mesma noite no Fox Theatre, em Detroit. Fãs publicaram vídeos e relatos nas redes sociais elogiando a performance. Nesta quinta (18), Cornell participaria do festival Rock the Range, em Columbus, também nos EUA.

Cornell deixa a esposa, Vicky Karayiannis, e três filhos de 16, 12 e 11 anos. No domingo (14), dia das mães, ele publicou em seu Twitter uma declaração à esposa. Segundo o site TMZ, ela disse a pessoas próximas que o marido não apresentava sinais de depressão.

Perfil

Christopher John Boyle nasceu em Seattle, nos EUA, em 20 de julho de 1964. Ele foi um dos principais nomes do movimento grunge, formando o Soundgarden ao lado do guitarrista Kim Thyail e do baixista Hiro Yamamoto, em 1984.

Depois, Cornell formou o supergrupo Audioslave, com membros do Rage Against the Machine (Tom Morello, Tim Commerford e Brad Wilk). Em 2007, se concentrou em carreira solo que foi do pop rock ao acústico antes da volta do Soundgarden, em 2010.

 

…………………………………………………….
*Fonte: G1

Anúncios