Radiohead já fez música-tema para James Bond e foi esnobado; relembre

Na época, Sam Smith acabou sendo escolhido para executar a trilha sonora de 007 contra Spectre

Em julho de 2015, todas as casas de aposta britânicas discutiam quem seria o artista a gravar a música-tema do próximo filme de James Bond, 007 contra Spectre.

E então, uma pessoa apostou £ 15.000 (cerca de R$ 81.254) no Radiohead, resultando em mais uma enxurrada de apostas na banda.

Sam Smith acabou sendo escolhido para executar a música-tema oficial de Spectre (“Writing’s on the Wall”), mas Thom Yorke, vocalista do Radiohead, confirmou que “escreveu uma música” para o filme e, no Natal daquele ano, compartilhou a música “Spectre” com os fãs.

“No último ano, fomos convidados para escrever a música-tema do novo filme de James Bond, Spectre. Sim, nós fomos”, Yorke twittou. “Não deu certo… mas amamos muito o resultado. No final do ano, pensamos que vocês gostariam de ouvi-la. Feliz Natal. Que a força esteja com você.”

Ouça a música abaixo:

…………………………………………………………………….
*Fonte: rollingstone

Banjogirl Dezembro de 2019

A escolha de Banjogirl de Dezembro de 2019 mais uma vez fica com uma personagem do cinema. E a sequência final de Star Wars nos brinda com o aparecimento da bela Zorii Bliss. E mesmo que na maioria de suas cenas ela esteja de capacete e assim não apareça muito de seu rosto – basta um momento proposital de relance com seus lindos olhos e a img de caminhadinha sexy, mostrando um belo corpo esguio que já temos a nova Banjogirl. A atriz responsável por essa maquinaria toda por debaixo do traje é Keri Russel, em Star Wars: A Ascensão Skywalker.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cinema: Ford vs Ferrari

Então chegou o tal do sábado, dia oficial de pegar a estrada de moto. A previsão do tempo indicava possibilidade de chuva, aliás a semana todo ouvi falar de que isso iria acontecer. Então tá! Mas o dia apareceu firme, pude dar as minhas voltas pela manhã, resolver alguns compromissos e depois do almoço estava liberado. Uma rápida procura na internet e já tinha o meu roteiro. Ir até Santa Cruz do Sul para assistir no cinema, na telona, o filme “Ford vs Ferrari”. Há muito tempo estou ansioso por assisti-lo! Chegou a hora.

Curto muito esses carros antigos e clássicos de corrida. Me preparei apenas com uma jaqueta de chuva, no mais tudo normal para um rolê de costume. Viajem curta mas focada no objetivo do cinema. Na ida tudo tranquilo, o céu meio que deu uma nublada, deu pinta de que começaria a chover antes de eu chegar lá. No caminho um pingo e outro mas nada que configurasse uma chuva.  Se eu conseguisse chegar antes da chuva estava tudo certo, a volta depois não seria um grande problema – “pior se molhar na ida do que na volta”.

Daí me acontece uma coisa totalmente inusitada, compro o ingresso e quando entrego ao porteiro ele me diz que provavelmente serei o único a assistir ao filme naquele horário. Dito e feito, as luzes se apagam, fecham as portas e dentro da sala somente eu para assistir…rsrsrsrsrsrs

Já fui em filmes com bem poucas pessoas na sala, também me lembro de uma vez em que me devolveram a grana do ingresso, porque disseram que para o filme passar deveriam ter no mínimo 7 pessoas para assistir – na ocasião não tinha nem isso, acho que éramos ao todo umas 5 pessoas.

Bem, o filme é bom, ao menos para mim que curte essa temática de filmes com um viés de história real e que envolva algo que me soe interessante. No caso aqui estava curioso mesmo era para sacar qual era a do Sr. Shelby, até porque tenho há muitos ano uma miniatura de um de seus carros – um Shelby Cobra. Outra coisa interessante e pela qual eu estava curioso era para ver a dinâmica do personagem do Carroll Shelby, sempre fui curioso sobre esse cara e seus carros. Mas a grata surpresa acabou sendo conhecer a história do piloto Ken Milles. E melhor ainda, sem dúvida alguma, a mulher do Ken, Mollie Miles, se foi assim mesmo – que personalidade! Sem falar que a atriz que a interpretou é muito linda – Caitriona Balfe.

Depois do filme, um rolê pela cidade, o céu estava já ficando meio fechado, cara de nublado, resolvi então vir a mais rápido possível para casa e escapar da chuva prometida no caminho. Viagem tranquila e somente senti alguns pingos no capacete quando já chegava no trevo de minha cidade. Enfim, um passeio curto de moto dessa vez, mas bastante pelo filme!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

The Other Side (curta)

The Other Side” é um vídeo experimental de sonho. As composições visuais foram criadas com tinta, óleo, tintas e sabão.

O Outro Lado é uma maneira idílica de entrar nos olhos. As retinas dos olhos rasgam e circulamos nos nervos ópticos para ver todas as trocas de informações que ocorrem quando contemplamos o mundo.

Todos os vídeos foram filmados em 8K com a câmera RED Helium.

Thomas Blanchard

 

O DeLorean flutuante inspirado em De Volta para o Futuro II

Este é o DeLorean flutuante, inspirado no modelo do famoso carro do filme De Volta para o Futuro II. Com certeza fica na lista de qualquer geek para presentes ou sonhos de consumo!

Ele flutua de forma magnética em sua base, o que permite ele girar e também tem muitos detalhes que são revelados com mais de 10 luzes LED que se acendem.

A brincadeira, no entanto, não sai nada barata. Custa nada menos do que US$ 450 na Amazon gringa. Levando em conta a cotação atual do dólar, o preço vai até as estrelas. De qualquer forma, não deixa de ser legal.

*Por Flavio Croffi

………………………………………………………………..
*Fonte: geekness

 

Os Simpsons chegará ao fim depois de 30 anos no ar, revela Danny Elfman

Segundo o compositor Danny Elfman, responsável pelo icônico tema musical de Os Simpsons, o programa norte-americano idealizado por Matt Groening pode estar quase no fim.

Por mais de 30 anos, a família de Springfield tem sido uma parte importante da televisão, acumulando diversos prêmios e, até, prevendo eventos futuros.

Contudo, Effman revelou que a cortina provavelmente descerá para Os Simpsons após a trigésima primeira temporada: “Bom, pelo que eu ouvi, [a série] está acabando. Não sei ao certo quando, mas me disseram que, talvez, no próximo ano.”

E continuou: “Tudo o que eu posso dizer é que estou pasmo que durou tanto tempo quanto durou. Certo dia, eu escrevi uma música louca e esperava que ninguém a ouvisse, porque eu realmente não achava que tivéssemos uma chance.”

Anteriormente, foi divulgado que, com a Fox sob o comando da Disney, o futuro do desenho seria incerto. Por enquanto, a família Simpson ainda viverá aventuras por mais duas temporadas, ou seja, até 2021.

…………………………………………………………………….
*Fonte: rollingstone