É muita baixaria! (baixos Fender vintage)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Bass of Doom

O famoso baixo “fretless” Fender Jazz Bass, 1962, instrumento de guerra de Jaco Pastorius, que virou uma espécie de lenda por anos e anos desde que foi perdido um pouco antes de sua morte – na verdade havia sido roubado de um banco no parque onde Jaco o havia deixado, em Greenwich Village, em 1986, anos mais tarde surgiu em uma pequena loja de música no lado leste de Manhattan. Um pouco antes o baixo havia passado uma reforma geral nas mãos de um luthier, amigo de Pastorius, tomando uma forma um pouco diferente da habitualmente conhecida nas clássicas imagens do instrumento. A família Pastorius tentou reaver-lo de diversas maneiras, inclusive oferecendo uma boa recompensa, mas o dono da loja não facilitava as coisas (ele o havia comprado de um vagabundo que o arrastava pela calçada, por $400), sendo que a disputa pelo instrumento acabou se tornando uma longa batalha jurídica. Finalmente o caso foi resolvido no final de março em Nova York, quando Robert Trujillo (baixista do Metallica), amigo dos filhos de Jaco Pastorius, tomou conhecimento do fato e prontamente apoiou a família, disponibilizando-lhes os recursos necessários para resolver a  questão. O baixo conhecido por “Bass of Doom” agora pertence a Robert Trujillo – fan confesso de Jaco, que através de um acerto contratual com a família Pastorius, mantém a posse do mesmo, mas que em breve o valioso instrumento deverá permanecer em algum museu ainda a ser determinado. Por enquanto, permanece guardado a sete chaves em um cofre em algum lugar no norte da Califórnia.