DeLorean DMC-12, lendário carro de De Volta para o Futuro, voltará a ser fabricado

Em 1985, o filme de Robert Zemeckis De Volta para o Futuro deixou o mundo todo boquiaberto. Entre os muitos elementos que chamavam a atenção, um se destacou: o carro DeLorean DMC-12, que era também uma máquina do tempo. Agora, os fãs do filme que tiverem dinheiro poderão tornar seu sonho realidade e comprar o mesmíssimo automóvel, completamente novo.

O último desses inconfundíveis veículos foi fabricado em 1982, três anos antes da estreia do filme. Em 2016, a empresa anunciou que lançaria no mercado uma série limitada do DMC-12, mas os planos vieram abaixo por mudanças nas regulamentações da Administração Nacional de Segurança do Tráfego nas Estradas (NHTSA, na sigla em inglês). Agora, o vice-presidente da DeLorean Motor Company, James Espey, confirmou que os planos de produção do DMC-12 foram retomados, e esse icônico veículo voltará à vida. Sua característica carroceria de aço inoxidável permanecerá praticamente idêntica ao modelo original, mas seu motor será moderno e terá entre 300 e 350 cavalos de força.

O DeLorean DMC-12 começou a ser fabricado em outubro de 1978, em Dunmurry, no norte da Irlanda. Os primeiros carros ficaram prontos por volta de 1981 e apresentavam graves defeitos de acabamento que precisavam ser corrigidos antes de serem entregues às concessionárias. Além do atraso que isso implicou, o mercado estava em forte recessão. A montadora esperava vender entre 10 mil e 12 mil carros, mas apenas seis mil foram comercializados. Para completar, John Zachary DeLorean, dono original da montadora, foi preso por tráfico de drogas, o que contribuiu decisivamente para levar a empresa à falência. Apesar de ele ter sido absolvido das acusações, o estrago já estava feito.

O veículo só foi redescoberto após ter sido usado em De Volta para o Futuro, franquia cinematográfica iniciada em 1985. Os produtores escolheram o modelo devido ao seu visual futurista, ideal para abrigar uma máquina do tempo sobre rodas. Ainda não é possível encomendar novas unidades do DeLorean, pois a companhia ainda depende da aprovação das novas regulamentações da NHTSA, o que pode levar no mínimo um ano.

……………………………………………………………………..
*Fonte: historyplay

Dexter Fletcher, diretor de ‘Rocketman’, quer fazer filme sobre o ‘The Clash’

O diretor de “Rocketman”, Dexter Fletcher, falou sobre seu desejo em fazer uma cinebiografia de The Clash no futuro. O cineasta dirigiu o filme sobre Elton John no ano passado, assim como assumiu as funções de diretor da cinebiografia de Queen e Freddie Mercury, Bohemian Rhapsody, depois que o diretor original Bryan Singer foi demitido.

Falando à NME no tapete vermelho do BAFTA, Fletcher e disse que o grupo punk liderado por Joe Strummer poderia ser a próxima banda à sua vista. “Eles fizeram seu próprio filme há muitos anos, mas isso pode ser interessante”, disse ele, mas acrescentou que não estaria “correndo para fazer mais cinebiografias musicais tão cedo”. “Talvez daqui a 10 anos – o The Clash ainda esteja por aí. Vai ser ótimo”.

Questionado se ele tinha algum interesse em trabalhar em um filme sobre a vida de George Michael, o diretor respondeu: “Eu não li o roteiro, não sei! Claro, ele é uma pessoa incrível, mas para mim, como cineasta, preciso encontrar outros caminhos para explorar’. “Não quero dizer: ‘não, nunca faria um filme sobre George Michael’. Porque isso seria interpretado da maneira errada. Você lê [o script] e vê se há algo nele que poderia ser emocionante. Não é fácil dizer: ‘Ah, eu vou fazer uma sobre essa pessoa!’”

Rocketman foi indicado a quatro prêmios nos BAFTAs 2020, incluindo o Melhor Filme Britânico e o Melhor Ator pela performance de Taron Egerton.

……………………………………………………………..
*Fonte: ucsfm

Filme que conta a história do Kiss deve ser lançado em 2021

Em entrevista do jornalista Mitch Lafon, o manager do Kiss, Don McGhee, revelou que a cinebiografia que contará a história da banda já tem o produtor definido e deve chegar aos cinemas em 2021.

Nas palavras de McGhee: “O filme será sobre a formação do Kiss e como tudo aconteceu. Posso dizer que o produtor será Mark Canton (300, Fuga Implacável, O Ritual). Ele é um ótimo produtor e um cara realmente muito bom. Esperamos que na próxima semana tenhamos uma empresa por trás, e começaremos a finalizar o roteiro. O objetivo é ter o filme finalizado em julho de 2021. Se o cronograma der certo, a estreia coincidirá com o último show do Kiss, que acontecerá em 17 de julho de 2021 em Nova York”.

Mais informações sobre o filme, atores que farão os músicos e o diretor da película ainda não foram revelados.

A End of the Road Tour tem seis shows marcados para o Brasil em 2020 nas cidades de Porto Alegre (12/05), Curitiba (14/05), São Paulo (16/05), Ribeirão Preto (17/05), Uberlândia (19/05) e Brasília (21/05).

………………………………………………………………………
*Fonte: collectorsroom

 

Uniformes de Space Jam 2 são revelados em novas fotos

O longa Space Jam 2, continuação do clássico de 1996, teve suas primeiras imagens reveladas. Em um vídeo e algumas fotos compartilhadas na internet, é possível ver alguns detalhes dos conjuntos que serão usados pelas equipes Tune Squad, time formado pelos Looney Tunes e reforçado pelo astro da NBA LeBron James, e Monstars, cujos jogadores enfrentarão os tradicionais personagens animados da Warner.

Além de LeBron, o longa contará também com Anthony Davis, Damian Lillard, Klay Thompson e as jogadoras da WNBA Diana Taurasi, Nneka Ogwimike e Chiney Ogwumike. A expectativa é que mais jogadores da NBA e da WNBA sejam confirmados em breve. A atriz Sonequa Martin-Green viverá a esposa de LeBron no longa.

Com direção de Malcolm D Lee e roteiro de Ryan Coogler (Pantera Negra) e Sev Ohanian, Space Jam 2 tem lançamento marcado para julho de 2021. O longa original foi estrelado por Michael Jordan e teve atletas como Patrick Ewing e Charles Barkley.

…………………………………………………………..
*Fonte: omelete

Terry Jones, fundador do lendário Monty Python, morre aos 77 anos

Outro dia de uma triste notícia. Agora foi a vez do falecimento de Terry Jones, um dos mentores do grupo Monty Python. Tá e daí!?

É que esse grupo simplesmente ajudou a moldar muito do meu conceito de humor sarcástico, bizonho, sacana e ao mesmo tempo inteligente. Sou fan desses caras assim como muitos de meus amigos (da minha geração). Passamos horas e horas dando risadas, por vezes repetindo cenas e diálogos de seus vários filmes. Bons e divertidos momentos da vida. Só lamento que as novas gerações nem saibam de sua existênca (bem, azar deles…rsrsrsrsr).

Descanse em paz Terry Jones!

E muito obrigado por cada momento de risada ou de que me fizeram pensar sobre as tais grandes ironias da vida. Nada como o humor para nos mostrar a triste face da realidade.

sandoval

 

……………………………………………………….

>> MATÉRIA da Rolling Stone:

Terry Jones, ator, roteirista, diretor e um dos fundadores do lendário grupo britânico de comédia Monty Python, morreu aos 77 anos na tarde da última terça, 21. A informação foi confirmada pelo assessor dele na manhã desta quarta, 22.

A família divulgou um comunicado, no qual escreveu: “Estamos profundamente tristes em anunciar a morte de nosso amado marido e pai, Terry Jones”, e contou que nos momentos finais, ele estava ao lado da esposa Anna Soderstrom.

O texto também explicou que Jones morreu “após uma batalha extremamente corajosa, mas sempre bem-humorada, contra uma forma rara de demência”.

Em 2016, ele já havia revelado publicamente ter sido diagnosticado com demência frontotemporal.

Como cineasta, Jones foi responsável pela direção de três dos filmes mais aclamados do Monty Python: Em Busca do Cálice Sagrado (1975), A Vida de Brian (1980) e O Sentido da Vida(1983).

Nascido em 1942 em Colwyn Bay, no País de Gales, Terry Jones mudou para a Inglaterra ainda criança, onde cresceu em Surrey, condado localizado no sudeste do país. E foi enquanto cursava Literatura Inglesa na aclamada universidade de Oxford que ele conheceu Michael Palin, com quem viria a fundar o Monty Python.

……………………………………………………………….
*Fonte: rollingstone

Radiohead já fez música-tema para James Bond e foi esnobado; relembre

Na época, Sam Smith acabou sendo escolhido para executar a trilha sonora de 007 contra Spectre

Em julho de 2015, todas as casas de aposta britânicas discutiam quem seria o artista a gravar a música-tema do próximo filme de James Bond, 007 contra Spectre.

E então, uma pessoa apostou £ 15.000 (cerca de R$ 81.254) no Radiohead, resultando em mais uma enxurrada de apostas na banda.

Sam Smith acabou sendo escolhido para executar a música-tema oficial de Spectre (“Writing’s on the Wall”), mas Thom Yorke, vocalista do Radiohead, confirmou que “escreveu uma música” para o filme e, no Natal daquele ano, compartilhou a música “Spectre” com os fãs.

“No último ano, fomos convidados para escrever a música-tema do novo filme de James Bond, Spectre. Sim, nós fomos”, Yorke twittou. “Não deu certo… mas amamos muito o resultado. No final do ano, pensamos que vocês gostariam de ouvi-la. Feliz Natal. Que a força esteja com você.”

Ouça a música abaixo:

…………………………………………………………………….
*Fonte: rollingstone