Golfinhos e baleias: drone grava imagens impressionantes

Golfinhos e baleias: drone grava imagens impressionantes
A ideia era ver golfinhos e baleias com imagens feitas pelo drone foi do capitão Dave Anderson, que comanda uma empresa de observação de baleias na Califórnia.

Observação de baleias na Califórnia
O capitão Dave Anderson, que comanda um barco de uma empresa de observação de baleias na Califórnia, Estados Unidos, decidiu ver animais marinhos de uma forma diferente.

Ele acoplou uma câmera em um drone e sobrevoou uma “debandada” de golfinhos. O resultado são cinco minutos de imagens belíssimas de dezenas de golfinhos nadando e saltando juntos.

O vídeo recebeu mais de 3 milhões de acessos em menos de um mês. Coisa parecida só mesmo com o balé aéreo das raias.

Vídeo de golfinhos e baleias já recebeu mais de 3 milhões de acessos
O vídeo mostra os golfinhos reunidos em um grande grupo, mantendo uma formação vertical, claramente identificada nas imagens aéreas.

Esse tipo de agrupamento é comum na espécie. Mas até hoje biólogos ainda não sabem ao certo porque eles se comportam dessa maneira.

As principais hipóteses são para buscar alimentos, se defender de predadores e se aproximar de possíveis parceiros para a reprodução. O vídeo também mostra baleias, inclusive uma nadando junto com seu filhote.

Imagens possíveis graças ao uso de drones
As imagens são possíveis graças ao uso de drones. Esses “robôs” aéreos são usados principalmente em missões militares, gerando controvérsia.

Mas cientistas já veem potencial na utilização para a conservação. “Eu sou apenas um cara com um drone”, disse o capitão Anderson, à National Geographic. “Mas há mais pessoas como eu que gostariam de usar esse equipamento para ver a natureza. Imagine o quanto não podemos conhecer se fizermos isso juntos?”.

Assista ao vídeo:

*Por João Lara Mesquita
…………………………………………………………………………….
*Fonte: marsemfim

Vídeo mostra grupo enorme de golfinhos na Califórnia

Um grupo de turistas estava em um barco de observação de baleias na costa da Califórnia e, ao invés dos grandes mamíferos, tiveram a sorte de assistirem a um outro espetáculo emocionante: uma “debandada” de golfinhos!

Um vídeo postado no YouTube mostra centenas, ou quem sabe milhares, de golfinhos nadando juntos, em uma mesma direção, no dia 19 de março.

A empresa de turismo Dana Point Whale Watching opera na cidade de Orange County e acompanhou a grande turma de golfinhos por cerca de 4 horas.

Os golfinhos são mamíferos que vivem no mar, e a terminologia correta para estes grandes grupos é tema de discussão, mesmo entre especialistas já que o termo cardume é usado para peixes e manada é mais comum para mamíferos terrestres.

Independente do nome que esta enorme “turma” receba, é fascinante ver tantos golfinhos juntos. Eles normalmente viajem em grupos de no máximo 200 animais, mas quando a concentração de alimentos é muito grande, o número pode subir – e muito!

O termo “debandada” (stampede, em inglês), gerou críticas já que pode passar a ideia de uma movimentação desordenada e os golfinhos se movimentam de forma bastante organizada e coordenada, mesmo quando o grupo é enorme.

Esta não é a primeira vez que o fenômeno é registrado. Um dos casos mais espetaculares foi em 2013, quando cerca de 100 mil golfinhos foram avistados na costa de San Diego, conforme a NBC 7 San Diego relatou na época. O grupo era tão grande que ocupou uma área de cerca de 88 quilômetros quadrados no oceano.

*Por Natasha Olsen

……………………………………………………………………………………………
*Fonte: ciclovivo

Pesquisadores gravam golfinhos conversando como humanos

Não é exatamente uma novidade o fato de os animais se comunicarem. Cada um tem a sua particularidade e os mamíferos se destacam neste quesito. Mas, uma análise feita por pesquisadores ucranianos revelou que os golfinhos conseguem ter conservas semelhantes a dos seres humanos.

O registro foi feito através de um microfone subaquático capaz de distinguir diferentes “vozes” de animais. Já era sabido que os animais usam sons diferentes para mostrar quando estão felizes ou estressados, por exemplo. Mas, o que a pesquisa recente mostrou foi que os golfinhos são muito mais avançados do que se imaginava.

Os cientistas identificaram que os golfinhos alteram o volume e frequência dos sons que emitem, formando palavras, que juntas viram frases, da mesma forma que os seres humanos.

Os pesquisadores da Nature Reserve Karadah analisaram as gravações feitas com dois golfinhos no mar mediterrâneo. A dupla Yasha e Yana foi gravada conversando em uma piscina. Enquanto uma “falava” a outra ouvia, sem interrupções, seguindo de uma resposta.

“Cada impulso que é produzido por um golfinho é diferente do outro por sua aparência no domínio de tempo e pelo conjunto de componentes espectrais no domínio da frequência”, explicou o pesquisador-chefe, Vyacheslav Ryabov, em entrevista ao site The Telegraph. Segundo ele, cada um desses pulsos significa um fonema ou uma palavra na “língua dos golfinhos”.

“Essa linguagem apresenta todas as características presentes na linhada humana falada, isto indica um alto nível de inteligência e consciência dos golfinhos. Sua língua pode ser ostensivamente considerada uma língua falada altamente desenvolvida, semelhante à linguagem humana”, completa o pesquisador.

O cérebro dos golfinhos é maior e muito mais complexo do que o dos humanos. Os pesquisadores acreditam que eles sejam mais de 25 milhões de anos mais complexos do que os nossos.

Os resultados da pesquisa foram publicados em um artigo na revista Science Direct, disponível aqui.

 

…………………
*Fonte: ciclovivo

golfinhos_29300