Carlini e a sensacional história da guitarra que gravou Ovelha Negra (Rita Lee)

Anúncios

Aniversariante do dia – Pete Townshend (The Who)

Taí um de meus guitarristas favoritos, que junto com o Keith Richards e o Malcolm Young podem não ser os melhores guitarristas solo do mundo, mas cara, são MUITO phoda! São até mais do que isso, são compositores, tem “atitude”, criam riff e músicas rock até o talo – fazem hits como ninguém. Quer mais do que isso?

Então Pete Townshend, um de meus tantos herois da música, aqui vai um grande abraço pelo seu aniversário de 72 anos.
Meus parabéns!

*Ah! Espero vê-lo em breve aqui em POA esse ano, hein! Se cuide.

 

 

Van Halen

OBS: Esse vídeos aqui já são de uma época mais branda, mais POP da banda. Se quiserem ouvir o Van Halen de verdade, o da destruição, escutem os primeiros álbuns dos caras. Tem uma penca de vídeosd ao vivo e de shows completos daquela época. Tá dado o recado.

 

Epiphone lança novas guitarras com assinatura de Joe Bonamassa

A Epiphone anunciou o lançamento de duas novas guitarras com assinatura de Joe Bonamassa. Tanto a Polymist Gold Firebird I, quanto a Tobacco Sunburst Firebird I, chegam ao mercado como edições limitadas.

Os instrumentos foram baseados no modelo Firebird 1, da Gibson, uma guitarra de 1963 usada por Bonamassa em várias gravações. “Quando a Epiphone me chamou para fazer essa guitarra, eu falei que nós tínhamos que fazer baseado na minha original Firebird 1963, que eu chamo de Treasure”, disse Bonamassa.

O guitarrista ainda contou a importância que a guitarra tem em sua vida profissional. “Esse instrumento foi emprestado para mim por Dan Silverman e eu imediatamente apelidei de Treasure, porque é uma das coisas mais preciosas que eu tenho”. A guitarra foi usada por Bonamassa em várias gravações durante os anos, inclusive na faixa Slow Train, do álbum Dust Bowl, gravado em 2011.

…………….
*fonte: guitarload

Stevie Ray Vaughan

Há 26 anos, o guitarrista americano Stevie Ray Vaughan, um dos caras mais cool do mundo, morreu em um acidente de helicóptero. Stevie era um dos mais promissores músicos de blues de seu tempo. E o bacana é que David Bowie o ajudou muito no começo de sua carreira. Thanks David.
Depois de Hendrix, talvez um dos poucos phoda-thunder-master da guitarra tocada verdadeiramente com alma!!!

Não tem prá ninguém. Muitos o imitaram descaradamente ali na quebrada dos 80’s, mas não chegaram nem perto da sua vibe “natural” do blues.
Sim ele podia se vestir daquele jeito esquisito (a lá Hendrix), sim ele tocava muito e cantava bem prá caralho também e aquela sua Fender Strato classicona toda lanhada, maravilha.

Este cara está na minha listinha daqueles que se foram cedo demais e hoje em dia fazem MUITA falta. Descanse em paz chefe!

 

 

Dupla dinâmica

 

Muito bacana ver uma foto com dois de meus grandes ídolos da guitarra tocando juntos, Warren Haynes (Gov’t Mule) e Rich Robinson (the Black Crowes).

*Então só de zueira vou postar em comemoração um vídeo de cada um deles!!!

IMG_1314pp

 

 

 

 

 

 

 

 

 

|

|

|

 

 

 

Buddy Guy – Feliz aniversário

Hoje completa 80 anos de vida um dos maiores bluesman vivos do planeta – Buddy Guy!

Além de ser um excelente guitarrista e cantor, o cara ainda tem um carisma incrível, um dos últimos GRANDES da história do blues. O cara simplesmente é tipo a “história viva” da música, saca!? Keep on the road, man.

Felicitações thunder aqui do blog para Buddy Guy.

 

Jeff Beck hoje completa 72 anos – Parabéns cabrón

Hoje o super-thunder guitarrista Jeff Beck completa 72 anos de vida e o melhor, parece que ainda tem muita lenha para queimar.
Muito bom escrever hoje desejando felicidades em seu aniversário, para um cara tão importante para o rock mesmo que você, guri-cagado-de-apartamento, não tenha e menor suspeita disso.

Muito obrigado por tudo Beck, sua música, sua atitude durante sua carreira “toda” e a sua técnica bela e apurada. Thanks man!

 

Jimi Hendrix – Voodoo Chile (LuLu Show 1969)

The Jimi Hendrix Experience’s 1969 Performance That Earned Them a BBC Ban — Video

In January 1969, the producers of Lulu’s BBC TV show booked the Jimi Hendrix Experience with the idea of Hendrix singing a duet with the pop star.

On the night of the show, the band were scheduled to perform two songs, one from their latest record Electric Ladyland, and later in the show, they were to do their first U.K. hit, “Hey Joe”, with Lulu expecting to join the band to finish up the last verse. However, Jimi had something else in mind. When after playing about two minutes of “Hey Joe”, Hendrix stopped and announced;

“We’d like to stop playing this rubbish and dedicate a song to Cream, regardless of what kind of mood they may be in, and dedicate this to Eric Clapton, Ginger Baker, and Jack Bruce”.

The Experience then broke into the cream classic, “Sunshine of Your Love”, with the studio director apparently signalling for Hendrix to stop as the continued regardless. Unrepentant, Hendrix was told he would never work at the BBC again.

Check out the video clip below, to see the band’s unruly final live appearance at the BBC.

*Fonte: ForgottenGuitar