Chick Corea & Return to Forever

Nunca fui um grande conhecedor ou entusiasta do jazz, sempre preferi o bom e velho blues e sua vertente mais barulhenta, o rock’n roll. Mas quando o assunto é jazz, mais precisamente algo como o “fusion jazz”, um dos primeiros nomes que vem à cabeça é o de Chick Corea. Eu tenho lá de meus tempos de roqueirinho adolecentola dois LPs dele, e admito que não foram comprados na época por causa única e exclusivamente dele, mas sim pela somatória de suas músicas com os músicos que o acompanham. Aliás, ele sempre se cercou de outros ótimos instrumentistas.

Lembro de que uma das primeiras vezes em que vi em vídeo um baixista com um baixo de 6 cordas em mãos e quase não acreditei na monstruosidade que era aquilo – Como assim? Um baixo de 4 cordas já é uma incomodação e tanto…!?…rsrsrssr. E foi justamente o excelente baixista John Patitucci, o autor dessa prozea, que aliás, era da banda de Chick Corea. Sem falar nos tantos bateristas de outro mundo que tocaram com ele: Dave Weckel, Lenny White e Steve Gadd (sempre uma show a parte assistir a essa rapaziada).
Enfim, descanse em paz Chick Corea!

*Esses últimos anos tem sido realmente muito tristes em termos de perdas de músicos e artistas famosos. Justamente “eles”, os que nos fazem sentir a vida em outros termos, via de regra, melhor.

Peter Frampton faz covers de David Bowie, Lenny Kravitz, Radiohead no novo álbum instrumental – Frampton Forgets the Words

O novo álbum de covers, com lançamento previsto para 23 de abril, mostra a lenda da guitarra elétrica prestando homenagem instrumental a David Bowie (Loving the Alien), George Harrison (Isn’t It a Pity), Lenny Kravitz (Are You Gonna Go My Way) e outros junto da Peter Frampton Band.

Frampton Forgets the Words foi co-produzido por Frampton e Chuck Ainlay, e gravado / mixado no próprio Studio Phenix de Frampton em Nashville.

“Este álbum é uma coleção de dez de minhas músicas favoritas”, disse Frampton em um comunicado.

“Minha guitarra também é uma voz e eu sempre gostei de tocar minhas linhas vocais favoritas que todos nós conhecemos e amamos. Essas faixas são minha grande banda e eu prestando homenagem aos criadores originais desta música maravilhosa. Muito divertido de fazer e eu realmente espero que você goste também. ”

Ouça a versão da lenda da guitarra sobre Reckoner do Radiohead agora

………………………………………………………………………………………
*Fonte: guitarworld