Johnny Winter – 70 anos

Nesta quarta-feira (16/07/14) faleceu em um hotel em Zurique, na Suiça, o guitarrista albino americano Johnny Winter, aos 70 anos. Considerado uma lenda do blues, Sseu nome completo é John Dawson Winter III , nascido em Beaumont  no Texas (EUA), em 23 de fevereiro de 1944. Foi um músico importante na mistura do rock e o blues, entrou para o “Hall da Fama do Blues” em 1988 e foi considerado em 2012, pela revista Rolling Stone – o 63º melhor guitarrista de todos os tempos.
Descanse em Paz Johnny Winter!

Discografia de Johnny Winter:

Johnny Winter (1968)
The Progressive Blues Experiment (1969)
Second Winter (1969)
The Johnny Winter Story (1969)
Johnny Winter And (1970)
About Blues (1970)
Early Times (1970)
Before The Storm (1970)
Johnny Winter And Live (1971)
Still Alive And Well (1973)
Saints And Sinners (1974)
Austin, TX (1974)
John Dawson Winter III (1974)
Captured Live! (1976)
Together (1976), with Edgar Winter
Nothin’ But The Blues (1977)
White Hot And Blue (1978)
Raisin’ Cain (1980)
Ready For Winter (1981)
Guitar Slinger (1984)
Serious Business (1985)
Third Degree (1986)
The Winter Of ’88 (1988)
Let Me In (1991)
Jack Daniels Kind Of Day (1992)
Hey, Where’s Your Brother? (1992)
Live In NYC ’97 (1998)
Back In Beaumont (2000)
I’m A Bluesman (2004)

johnnywinter-05

Johnny Winter

Que tal conhecer um pouco mais sobre este grande guitarrista de blues – Johnny Winter. Aliás, já uma lenda do blues/rock. Vale a pena colocar os ouvidos em dia e sacar o trabalho deste sensacional guitarrista. Toca como poucos.

http://www.johnnywinter.net/

Discografia de Johnny Winter:

The Progressive Blues Experiment (1969)
Johnny Winter (1968)
Second Winter (1969)
The Johnny Winter Story (1969)
Johnny Winter And (1970)
About Blues (1970)
Early Times (1970)
Before The Storm (1970)
Johnny Winter And Live (1971)
Still Alive And Well (1973)
Saints And Sinners (1974)
Austin, TX (1974)
John Dawson Winter III (1974)
Captured Live! (1976)
Together (1976), with Edgar Winter
Nothin’ But The Blues (1977)
White Hot And Blue (1978)
Raisin’ Cain (1980)
Ready For Winter (1981)
Guitar Slinger (1984)
Serious Business (1985)
Third Degree (1986)
The Winter Of ’88 (1988)
Let Me In (1991)
Jack Daniels Kind Of Day (1992)
Hey, Where’s Your Brother? (1992)
Live In NYC ’97 (1998)
Back In Beaumont (2000)
I’m A Bluesman (2004)

site_JohnnyWinter

Johnny Winter em POA

Tem mais, outro craque do blues que está no Brasil para uma série de 6 shows e deve tocar na capital gaúcha com sua banda é Johnny Winter. O show será no Teatro do SESI, dia 21 de maio. Portanto comece o quanto antes a juntar uns pilas, porque serão dois grandes shows em um breve espaço de intervalo (falo do ZZ top em POA). Haja coração! Esses dias mesmo comentei aqui no blog sobre o livro com a sua biografia. O cara era amigo pessoal do Jimi Hendrix, namorou a Janis Joplin, toca barbaridade e sola como um condenado aquela Firebird Gibson. É muita fera da guitarra em pouco tempo, mas assim é melhor. Que ano bom de shows em Porto Alegre, hein!?

Lançamento em breve da biografia de Johnny Winter

Para quem não conhece, John Dawson Winter III, mais conhecido como Johnny Winter (nascido em 23 de fevereiro de 1944) é um guitarrista e cantor de blues norte-americano. Nascido em Beaumont, Texas, Johnny começou a se apresentar ainda jovem com seu irmão Edgar Winter, que, assim como ele, é albino. Seu primeiro disco (Schoolboy Blues) foi lançado quando Winter tinha 15 anos de idade. Em 1968 ele começou a tocar em um trio com o baixista Tommy Shannon e o baterista Uncle John Turner. Um artigo na revista Rolling Stone ajudou a gerar interesse no grupo. O álbum Johnny Winter foi lançado no final do ano. Em 1969 o trio se apresentou em vários festivais, incluindo o Woodstock. Em 1973, depois de se livrar das drogas, Winter retornou em forma com Still Alive and Well. Em 1977 ele produziu o álbum Hard Again de Muddy Waters. A parceria resultaria em várias indicações ao Grammy, e Johhny gravou o álbum Nothing But Blues com os integrantes da banda de Muddy. Em 1988 ele foi incluído no “Hall da Fama do Blues”.

De minha própria lavra posso dizer apenas os eguinte, o cara é phoda na guitarra, foi amigo pessoal de Jimi Hendrix, o que por si só  já garante um selo ISO 99.900, namorou Janis Joplin, usou bastante uma Flying V (muito antes da metaleirada se ligar no troxo) e aprontou bastante. Tá, vou repetir outra vez e com palavras mais chulas para que você me entende bem… O CARA É FODA! Sacou, ou precisa que eu desenhe?

*O resto você pode descobrir na tal biografia, eu vou torcer para que seja também lançada por aqui, em português, é claro. Se bem que já lio bios do Jimi Hendrix e do Led Zep em inglês.