Banjogirl Março de 2018

Sim, foi amor a primeira vista e não sei dizer ao certo o que bateu primeiro, se a sua música, as letras ou aqueles lindo olhar, quem sabe os dreads (coisa linda mulher com dread, tô prá te dizer!!!), talvez seu jeitinho de falar… Bem, não importa, acontece que num piscar de olhos ficou muito, muito fácil escolher Larissa Baq como a Banjogirl do mês de Março (2018). Só para constar, sua música não para de tocar por aqui também.

E tranquilo, vou aqui abrir o jogo, inicialmente a programação do blog tinha escalado outra bela mulher como a Banjogirl do mês, ela não era para ser a garota da vez. Mas OK, assim que surgiu no horizonte virtual aqui da base patrolou tudo e na boa velinho – ela furar essa fila foi uma coisa providencial. Caso de merecimento. Ela pode. Ela merece. Não há dúvida disso.

E de nossa parte só podemos desejar cada vez mais sucesso, paz, amor e muitas alegrias em sua vida & carreira, Larissa Baq.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Banjogirl Fevereiro de 2018

A escolha da Banjogirl desse mês será por um processo diferente, vamos ter aqui uma valorização a beleza do passado, uma viagem no túnel do tempo. Afinal a beleza não tem idade e mulher bonita não é somente aquela “novinha” do aqui e agora. Temos de ter sempre me mente de que muita mulher bonita já deixou sua marca na história, na vida, nas telas, revistas, filmes e o escambau; E esse é o caso de Sophia Loren (Sofia Constanza Brigida Villani Scicolone).

Atriz italiana que ganhou vários prêmios da academia de cinema: além do Oscar, ela ganhou um Grammy Award, cinco Globos de Ouro especiais, um Bafta, o prêmio de Melhor Atriz no Festival de Cannes, e o Oscar Honorário em 1991. Em 1995, ela recebeu o Prêmio Cecil B. DeMille pelas realizações ao longo da vida. Em 1999, Sophia Loren foi reconhecida como uma das 25 maiores lendas do cinema norte-americano do sexo feminino na pesquisa do American Film Institute, da AFI’s 100 Years…100 Stars. Chega né! Isso por si só já justifica o seu status de mito do cinema, além é claro, de sua beleza atemporal.

Então com muita satisfação e orgulho, que este blog,  prestando uma homenagem e tributo ao passado, escolheu Sophia Loren como a Banjogirl do mês de Fevereiro de 2018.

A beleza feminina é eterna, é tudo apenas uma questão de ponto de vista e maturidade.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Banjogirl Janeiro de 2018

A Banjogirl deste mês não foi uma atriz como na maioria das vezes, a escolhida foi Tarah Gieger que é campeã de motocross e portanto tem muito mais atributos do que apenas sua beleza. Tudo bem, motocross é um esporte duro, muitas quedas, muitos riscos envolvidos e por isso mesmo  coragem e determinação são ingredientes muito importante. Hey! E isso a nossa maiga Tarah aqui tem e de sobra.

Tarah veio de Porto Rico para a Flórida, começou com o surf e depois partiu para o motocross e enduro. Foi medalhista dos X-Games no Supercross para mulheres (2010 /2011),  tem ainda 4 títulos no famoso campeonato infantil de Loretta Lynn, foi a primeira mulher a competir no Mundial das Nações (2007). Também já pousou nua para a tradicional edição anual da revista americana de esportes da ESPN em 2013.

Bem, aí está então a Banjogirl de Janeiro de 2018, Tarah Gieger. Um salve para essa bela vencedora! Ride baby, ride! \m/

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Banjogirl Dezembro de 2017

Já que estmaos com final do ano chegando e assim também logo mais as finais do super Bowl da NFL (cada vez mais próximas – como passa rápido a temporada), não custa lembrar de que esse ano o time do Green Bay Packers do incrível quarterback Aaron Rodgres, está sem chances alguma de seguir em frente rumo aos playoffs por causa de sua lesão. Por isso mesmo segue aqui um alento, a bela atriz e também “ex-esposa” de Rodgers, Olivia Munn, que foi escolhida como a Banjogirl do mês de Dezembro.

Atuou em vários filmes meia-boca, é verdade, talvez o mais famoso seja em “X-Man Apocalipse”, como a Dark Phoenix. Mas isso não é problema, o que importa é a beleza desta linda morena que também é modelo. Então segue abaixo uma coletânea caprichada de lindas imgs dela e o a nossa saudação pare a nova Banjogirl do mês.