Gustavo Pessoa no Mundial de Motocross 2018

Gustavo Pessoa, 20 anos de idade, está sob os holofotes dos fãs de motocross no Brasil.

A notícia que ele vai correr as últimas 7 etapas – República Tcheca, Bélgica, Suíça, Bulgária, Turquia, Holanda e Itália – do Mundial de Motocross na MX2, pela equipe Bike It Kawasaki, surpreendeu a muitos e colocou o Brasil novamente no circuito do Mundial.

Antes de Gustavo, Roberto Boettcher fez o Mundial de 1977 completo. Balbi Junior correu quatro etapas do Mundial de Motocross em 2005 – também com apoio da ASW, que agora mediou a contratação de Gustavo pela equipe britânica.

Em 2011, a Honda do Brasil iniciou o projeto de levar um brasileiro a correr todas as etapas do Mundial. Wellington Garcia começou a temporada, mas sofreu grave acidente, e depois Swian Zanoni correu algumas etapas e também se machucou.

Gustavo talvez tenha a melhor chance entre todos estes. Vai para uma equipe forte e com um detalhe interessante: tem os brasileiros da ASW – Leandro Mattos e Fernando Silvestre – com influência dentro do time, com voz ativa na condição de patrocinadores.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

……………………………………………………
*Fonte: brmx

Definida a equipe brasileira para o MXDN

A equipe que representará o Brasil no Motocross das Nações deste ano está definida. Hector Assunção na MX1, Anderson Cidade na MX2 e Rafael Faria na Open foram os escolhidos. O chefe da equipe será Manuel Hermano, o Cacau, e os pilotos correrão de Yamaha.

Cacau aponta que essa equipe representará muito bem o Brasil, assim como o país esteve bem representado em 2012. A diferença deste ano, é que a equipe está mais experiente. “O Rafael Faria correu os Nações no ano passado, o Anderson Cidade defendeu o Brasil em 2010. Só o Hector Assunção que ainda não representou o país no MXDN, mas já tem experiência de mundial. Estamos muito confiantes. Tenho certeza que o time irá lutar até o fim para trazer bons resultados”, ressalta o chefe de equipe.

De acordo com o presidente da CBM, Firmo Henrique Alves, a participação do Team Brasil na competição já representa uma conquista para o motociclismo brasileiro. “Esses pilotos vão adquirir uma experiência no campeonato que ajudará o nosso esporte a crescer. Eles vão andar ao lado de grandes nomes do motocross mundial”, ressalta.

A competição será dias 28 e 29 de setembro, em Teutschenthal, na Alemanha. Os patrocinadores da equipe Brasileira são: Circuit, ASW, Rock Parts e Grupo Geração.

EQUIPE BRASILEIRA:

Hector Assunção (MX1)

Anderson Cidade (MX2)

Rafael Faria (Open)

 

…………………………………………………………………
*Fonte: crossclubebrasil

Mundial de Motocross – Penha (SC) 18 /19 de maio de 2013

O Honda GP Brasil de Motocross, válido pela sétima etapa do Mundial de Motocross MX1 e MX2, promete agitar o litoral norte catarinense neste fim de semana (18 e 19). A prova, que reunirá os principais pilotos da modalidade e ocorrerá no Beto Carrero World, em Penha (SC), terá transmissão ao vivo e em HD pelo canal de esportes Bandsports neste domingo (19) a partir do meio-dia.

http://www.mundialdemxbrasil.com.br/default.aspx

Confira a programação:

Sábado (18/5)
Treino livre MX2 (35 minutos): 9h30 às 10h05
Treino livre MX1 (35 minutos): 10h15 às 10h50
Treino pré-classificatório MX2 (30 minutos): 13h15 às 13h45
Treino pré-classificatório MX1 (30 minutos): 14h às 14h30
Corrida classificatória MX2 (20 minutos mais duas voltas): 15h45
Corrida classificatória MX1 (20 minutos mais duas voltas): 16h35

Domingo (19/5)
Warm-up Corrida dos Campeões (15 minutos): 8h25 às 8h40
Warm-up (20 minutos) MX2: 9h às 9h20
Warm-up (20 minutos) MX1: 9h30 às 9h50
Corrida dos Campeões: 10h30
Corrida MX2: (35 minutos mais duas voltas): 12h10
Corrida MX1: (35 minutos mais duas voltas): 13h10
Repescagem MX1 + MX2 (20 minutos mais duas voltas): 14h30
Super Final MX1 + MX2 (35 minutos mais duas voltas): 16h10

site_mxbrasil2013_01