Arquivo da tag: Neil Young

Neil Young – “Peace Trail” | “Children of Destiny”


Neil Young – Like A Hurricane (Unplugged 1993)


Neil Young – Helpless


Neil Young – 71 anos (12/11) – Feliz aniversário “MESTRE”


Neil Young – All Along the Watchtower


Neil Young – After the Gold Rush


Two Neil Youngs

 


Desert Trip – festival

O festival Desert Trip, que reúne seis dos maiores artistas e bandas de rock em todos os tempos, adicionou um segundo fim de semana à sua programação. O anúncio foi feito nesta segunda, 9, mesmo data em que se iniciaram as vendas dos ingressos para – os agora seis dias de – evento.

O megaevento criado por organizadores do Coachella confirmou na semana passada as presenças de Neil Young, The Rolling Stones, Paul McCartney, Bob Dylan, The Who e Roger Waters. O Desert Trip acontece no Empire Polo Club, em Indio, na Califórnia (Estados Unidos)

A divisão do line-up por dia – que se repete no segundo fim de semana – também já foi revelada: Bob Dylan e os Rolling Stones tocam nas sextas (7 e 14), Neil Young (acompanhado pelo Promise of the Real) se juntará a Paul McCartney nos sábados (8 e 15) e o ex-Pink Floyd Roger Waters dividirá as noites com The Who, nos domingo (9 e 16).

*Fonte: rollingstone


Neil Young – Earth (2016)

O novo álbum ao vivo de Neil Young – “Earth” (maio / 2016,) conterá uma série de sons gravados em “overdubs”. Serão sons da cidade e da nateureza. Segundo o próprio Neil: “98 minutos ininterruptos de músicas que ele escreveu sobre viver aqui no nosso planeta”.

Tracklist – Earth:

– “People Want to Hear About Love” (de The Monsanto Years)
– “Big Box” (de The Monsanto Years)
– “Mother Earth” (de Ragged Glory)
– “The Monsanto Years” (de The Monsanto Years)
– “I Won’t Quit”
– “Western Hero” (de Sleeps With Angels)
– “Vampire Blues” (de On the Beach)
– “Hippie Dream” (de Landing on Water)
– “After The Gold Rush” (de After the Gold Rush)
– “Wolf Moon” (de The Monsanto Years)
– “Love & Only Love” (de Ragged Glory)

neilyoung_2016


Neil Young – Old Man & Heart Of Gold [1998]


Neil Young – 70 anos

Lembrando um “tiquinho” da obra do ilustre aniversariante da semana , Neil Young, 70 anos de idade e ainda muita lenha para queimar. Salve o mestre!

 


Cachorro Grande – Cinnamon Girl

 


Younguices

new_old_young


Gogó & SQMA ::. Dia Mundial do Rock


Neil Young & Crazy Horse – Cinnamon Girl


Led Zeppelin & Neil Young – When the levee Breaks


Neil Young – “Driftin’ Back”

Imagens desconexas de estúdio, filmes antigos e longuíssimos trechos com imagens psicodélicas e caleidoscópicas. Assim é o clipe de “Drifting Back”, a longa jam (de espantosos 27 minutos) e mais longa faixa do disco duplo “Psychedelic Pill”, do canadense NEIL YOUNG com a banda CRAZY HORSE. O vídeo não é fácil de ser assistido, mas a canção, longe de ser um exercício de paciência, é uma longa viagem para ser apreciada em cada nota, em cada batida de Ralph Molina e ficar feliz por ainda existirem músicas assim em pleno 2012 e quem sabe, repetir a experiência após as imagens de surf que fecham o clipe.

*Texto do site Whiplash


Neil Young


Bio do Neil Young

Estava mesmo faltando em meio a esta enxurrada atual de biografias de personalidades da música/rock, alguém esmiuçar um pouco que seja, para nós – pobres mortais, sobre a vida e trajetória artística de Neil Young (Buffalo Springfield, CSNY e Crazy Horse). Em breve deve sder lançada no Brasil esta autobiografia, traduzida de “Waging Heavy Peace”.
Já estou juntando moedas para esse investimento supimpa!
*Mas atenção, essa autobiografia não tem a mesma vibe de outra bio de Neil Young, recentemente lançada lá nos EUA – SHAKEY, do escritor Jimmy McDonough. Essa mais polêmica e afiada. Confira comentários e entrevista com o autor AQUI: Folha Online
….O nome da obra, “Shakey”, vem de Bernard Shakey, um pseudônimo usado pelo artista. Mas também pode ser traduzido por hesitante, receoso, vacilante, trêmulo. “O nome é mais do que apropriado”, diz o biógrafo. “Ele não tem o mais sólido dos caráteres, apesar de eu dizer isso com afeição.” Afeição, diga-se, seriamente abalada após a tentativa de Young de barrar o lançamento da biografia, mesmo após conceder 50 horas de entrevista…