NBA finais (Jogo 5) – Golden State Warriors 2 x 3 Toronto Raptors

E ontem era para ter sido a noite, aquela noite para o Toronto e a sua torcida! Mas não foi. E por pouco. Por um pontinho. O jogo 5 que tinha todos os componentes de um grande jogo, com os Warriors jogando todas as suas cartas na mesa, trazendo antecipadamente Kevin Durant (#35) de sua recuperação de lesão, o mesmo também com outros jogadores que não estão lá 100% em sua forma, que junto com um Curry já cansado de carregar o piano sem a ajuda de seus colegas de luxo. Teremos agora a balada do pistoleiro na busca desenfreada por uma vitória a todo custo, já que a derrota significa ver o outro time erguer o trofeu!

Para minha frustração os Raptors “verdulengaram”, deixaram escapar a chance de ouro de serem os campeões ali mesmo, em casa, com um último e “xôxo” arremesso de Lowry (#7). Faltou calma e estratégia, sem falar de que o arremesso TINHA de ser de Kawhi (#2). Essa derrota para os Warriors por 106 a 105, pode sair caro – não se brinca com time grande acostumado a vencer.

O próximo jogo é na Califórnia, casa dos Golden State Warriors, que precisam novamente vencer para continuarem na expectativa do derradeiro jogo 7, quando aí sim lutam pelo título em definitivo. Já para os Raptors, uma vitória qualquer, que seja no jogo 6 ou 7, define questão, visto que já perderam uma grande chance nesse jogo 5. Bem, o que se pode dizer é que teremos novamente um grande e tenso jogo na quinta-feira! Até lá.

Raptors 4 x Bucks 2 (NBA – Finais de Conferência da Costa Leste)

Pois é… não deu para o Milwaukee Bucks na final de Conferência da Costa Leste contra o time do Toronto Raptors. Apesar de os Bucks terem começado a série jogando muito bem e o que parecia que seria uma final fácil para o time do grego Giannis Anteotkounmpo (#34), não foi bem assim. Só não contavam com Kawhi Leonard (#2) nos Raptors, jogando muita bola nessas últimas partidas, onde mostrou o porque de ser considerado um dos grandes jogadores da NBA atualmente. Praticamente carregou o piano e mudou os resultados das duas últimas partidas dessa final, quando parecia que já estava tudo perdido, para um resultado vitorioso em grande estilo.

Estava torcendo pelos Bucks, mas tenho de reconhecer de que os Raptors jogaram melhor nessa reta final. E sei lá, mas ainda creio que de alguma forma e apesar de saber que é uma difícil tarefa (vou torcer por eles com todas as forças), que podem vencer ao todo poderoso Golden State Warriors.

Valeu Bucks! Voltarão ano que vem ainda mais fortes, disso tenho certeza. Esse jovem time ainda vai render muita coisa.