Canal do Live Aid no YouTube transmite pela 1ª vez todos os shows do evento na íntegra

O Live Aid, evento icônico ocorrido em 13 de julho de 1985, idealizado por Bob Geldof ao lado de Midge Ure, terá pela primeira vez as íntegras de seus concertos transmitidas nesta quarta-feira (28) no YouTube.

A iniciativa visa marcar a quebra de um milhão de inscritos no canal na rede social de vídeos e celebrar a história dos dois concertos beneficentes que rolaram simultaneamente em Londres, na Inglaterra, e Filadélfia, nos Estados Unidos, que arrecadaram mais de US$ 127 milhões para as vítimas da fome na África.

O evento, que chegou a 95% dos televisores do planeta, mostrou a força de mobilização do rock’n’roll e se transformou num marco no mundo do entretenimento. Mais de 100 países acompanharam ao vivo a transmissão via satélite dos shows que aconteciam em grande parte no Estádio de Wembley, na Inglaterra, e no Estádio John F. Kennedy, nos Estados Unidos, e com algumas apresentações pontuais ocorrendo na Austrália, Rússia e Japão.

Marcaram presença na icônica festa artistas que hoje são referência no mundo da música, como Paul McCartney, David Bowie, Bob Dylan, Elton John, Neil Young, Eric Clapton, Sting, Phil Collins, U2, Dire Straits, Queen, The Who, Black Sabbath, Judas Priest, Beach Boys, Simple Minds, Pretenders, Santana, Duran Duran, entre outros.

A gravação com todas as apresentações do Live Aid, incluindo até mesmo cenas com problemas técnicos que rolaram no evento, foi dividida em uma experiência de 12 horas que poderá ser curtida em 10 players diferentes. Eles serão liberados na sequência a partir das 9h da manhã – horário de Brasília – desta quarta-feira, 28 de dezembro. Clique AQUI para ser direcionado para o canal no YouTube e veja abaixo o trailer de divulgação da transmissão:

…………………………………………………………..
*Fonte: radiorock89

Led Zeppelin anuncia evento on-line global para marcar 15 anos do “Celebration Day”

O Led Zeppelin acaba de anunciar que fará um evento on-line em seu canal oficial no Youtube neste sábado (10) para marcar os 15 anos do show “Celebration Day”, registrado em 10 de dezembro de 2007, na O2 Arena de Londres, na Inglaterra.

Os canais digitais do lendário grupo informam que a íntegra do concerto será disponibilizada em seu canal na plataforma de vídeos a partir das 17h, no horário de Brasília, neste sábado.

O filme mostra os membros fundadores do grupo, o baixista John Paul Jones, o guitarrista Jimmy Page e o vocalista Robert Plant, tocando ao lado do baterista Jason Bonham, filho do lendário John Bonham, cofundador do Led, em 16 virtuosas performances de suas célebres músicas, como “Whole Lotta Love”, “Rock And Roll”,”Kashmir” e “Stairway To Heaven”

A transmissão de “Celebration Day” é uma ação do Led Zeppelin para lembrar sua derradeira performance de palco. Segundo entrevista de Page ao The Daily Beast, em 2015, “Celebration Day” foi um evento muito pensado. “Nós ensaiamos bastante naquela ocasião e tudo foi planejado para que Jason [filho de John Bonham que substituiu o pai falecido na apresentação] se sentisse muito à vontade e fazendo parte da banda, não como um convidado qualquer”, comentou Page, que naquela ocasião deixava claro que o Led Zeppelin nunca mais retornaria aos palcos.

………………………………………………………………….
*Fonte: radiorock89

Taylor Hawkins Tribute Concert

Dia de um evento especial em memoria ao falecido baterista do Foo Fighters, Taylor Hawkins. Dia de celebrar a vida e a memória daqueles que nos foram muito próximos. Bonito ver um tributo tão bacana quanto esse, com muitos rockers da velha guarda e também da nova geração dividindo o palco nessa bela homenagem. Achei sensacional a vibe show, confesso que tive de segurar a emoção em alguns momentos. Não deve ser fácil para a família, amigos, parentes e também para a banda, que é uma irmandade, dar adeus a um grande parceiro. Mas celebrar a vida com uma homenagem assim, é com certeza um grande sinal de respeito. Descanse em paz Taylor!

O Filme All-Star do concerto em homenagem a Peter Green será lançado em 2021

No início deste ano, em 25 de fevereiro, Mick Fleetwood ofereceu um concerto de tributo de estrelas para seu ex-companheiro de banda do Fleetwood Mac, Peter Green.

O concerto – que aconteceu no London Palladium – contou com Kirk Hammett, Billy Gibbons, David Gilmour, Pete Townshend, Steven Tyler, Noel Gallagher, Jonny Lang, Bill Wyman, John Mayall, Neil Finn, Andy Fairweather Low, Christine McVie, Zak Starkey e muito mais.

O show ficou ainda mais comovente apenas alguns meses depois, em 25 de julho, quando Green faleceu aos 73 anos.

Agora, um filme e um álbum ao vivo documentando o show – Mick Fleetwood & Friends Celebrate the Music de Peter Green e os primeiros anos do Fleetwood Mac – foram anunciados. O filme será lançado nos cinemas em março de 2021, com exibições selecionadas nos dias 23 e 28 de março.

O álbum ao vivo estará disponível em gatefold 4LP, 2CD / Blu-Ray mediabook e conjuntos de áudio digital, e chegará em 30 de abril de 2021, via BMG.

“O concerto foi uma celebração dos primeiros dias do blues onde todos nós começamos, e é importante reconhecer o profundo impacto que Peter e o primeiro Fleetwood Mac tiveram no mundo da música”, disse Fleetwood em um comunicado.

*Por Jackson Maxwell

…………………………………………………………………………………
*Fonte: guitarplayer

Novo documentário sobre Jimi Hendrix terá como foco show lendário no pé do vulcão Haleakala

Documentário e disco ao vivo serão lançados em novembro

O show de Jimi Hendrix de 1970 em Maui, Havaí, no pé do vulcão Haleakala, é certamente um dos mais lendários da história da música. A apresentação foi filmada para a produção Rainbow Bridge, mas praticamente não foi usada.

Agora, um novo documentário chamado Music, Money, Madness… Jimi Hendrix In Mauilevará o público aos bastidores daquele dia. Além da obra audiovisual, um disco ao vivo também foi anunciado. As informações são do Consequence of Sound.

Rainbow Bridgebusca apresentar o grandioso sucesso de Hendrix. O empresário, Michael Jeffrey, planejou um filme semi-ficcional que capturaria a essência da contracultura havaiana. Jeffrey, que se encarregou das tarefas de produção, imaginou uma atuação do músico em Maui como a peça central do filme.

Não funcionou assim, porém. Jeffrey desperdiçou o orçamento que foi colocado pela Warner Bros., e apenas 17 minutos de filmagem ao vivo entraram em Rainbow Bridge. A trilha sonora também nunca foi disponibilizada.

Os fãs, contudo, agora terão o disco ao vivo de Hendrix e mais de 17 minutos do grandioso show em Maui. O músico, na verdade, filmou duas apresentações completas nesta ocasião. Music, Money, Madness e o álbum serão lançados em 20 de novembro. A pré-venda já está disponível aqui.

……………………………………………………………………………………
*Fonte: rollingstone

The Flaming Lips toca clássico para plateia dentro de bolhas na TV

Sempre vanguarda no movimento artístico, o The Flaming Lips continuou inovando em sua performance no programa de Stephen Colbert na TV americana.

Enquanto alguns artistas estão escolhendo o formato drive-in para fazer shows em meio à pandemia com segurança, a banda aproveitou o convite para testar um novo formato que pareceu agradar muita gente: usar bolhas de proteção para banda e público.

Na passagem por lá, os caras ainda colaboraram para criar um baita momento emocionante ao tocar a incrível “Race for the Prize”, clássico do disco The Soft Bulletin (1999).

Como você pode ver no vídeo abaixo, o resultado foi seguro e bastante divertido, principalmente para as crianças que estiveram na plateia. Sensacional, hein?

Vale lembrar que pelo menos para o vocalista Wayne Coyne a bolha não é uma novidade, já que ele já se apresentou com a banda assim, mas definitivamente ao lado da plateia e em uma transmissão de TV no meio da pandemia do novo Coronavírus tudo ganha um outro significado.

*Por Felipe Ernani

………………………………………………………………………….
*Fonte: tenhomaisdiscosqueamigos