10 truques psicológicos que atendentes usam sem você perceber

Somos constantemente influenciados para realizar determinada atitude, mesmo que de maneira inconsciente. Passamos por jogos mentais em grande parte de nossa rotina e, por vezes, não temos controle do que acontece com o nosso pensamento. Seja por meio de um atendente de telemarketing ou vendedor, nunca estamos precavidos o suficiente. No entanto, não precisa se assustar: a maioria destes jogos mentais não nos afetam de maneira negativa. Os truques psicológicos servem inteiramente como estratégia para manipular a nossa noção de realidade. Claro que, dependendo do que você queira, é completamente frustrante ceder à tentação que nos é colocada. Pensando em tudo isso, preparamos uma lista especial com 7 truques psicológicos que atendentes usam sem você perceber. Eles vão te ajudar a perceber determinados comportamentos que muitas vezes podem passar despercebidos. Assim, podemos nos prevenir de eventuais compras não planejadas.

Vamos ser sinceros: as aparências enganam (e nos influenciam diretamente). Comportamentos considerados “comuns”, por vezes, podem servir como estratégias de manipulação. Esteja atento aos truques psicológicos advindos de atendentes e tenha sempre uma carta na manga.

1- Menos é mais?

Mesmo que o produto (bolo ou queijo) ainda não tenha sido vendido, os atendentes costumam remover uma fatia para dar a impressão de que estão comprando sim. Associamos o espaço vazio à alta demanda e, inconscientemente, desejamos um pedaço antes que o produto se esgote.

2- Técnica da repetição

Esta estratégia é bastante utilizadas pelos atendentes. Ela consiste em repetir a demanda que você acabara de solicitar. Dessa maneira, você sente uma maior confiança em relação ao profissional. “É, então ele não vai errar. Ele me escutou! Ele ouviu cada palavra do que eu pedi. É um ótimo atendente. Agora é só esperar pelo melhor, porque estou sendo atendido pelo melhor”.

3- Mais é… mais?

Alguns atendentes, de maneira sorrateira, sugerem upgrades no seu pedido. “Você quer uma porção extra de queijo, senhor? E o bacon, quer mais? E chocolate no milkshake? Vai querer mais, não é? Posso acrescentar no pedido?”. Na maioria das vezes, inclusive, eles sequer falam sobre o valor total com os acréscimos. Assim, você fica mais propenso a aceitar.

Corra para a sua vida! Nós não precisamos de nada extra. Repita comigo: eu não preciso de nada extra. O pedido que eu solicitei já tem tudo o que eu quero.

4- Pedido no impulso

Os atendentes podem estar te observando desde o momento em que você colocou os pés no estabelecimento. Eles esperam que você esteja confortavelmente sentado para entregar o menu com as opções de pedido. Até aqui tudo bem, não é? Mas fique atento: se eles te entregarem o cardápio aberto, provavelmente vai estar na página com as opções mais caras. Se você é indeciso para escolher o pedido (assim como eu), vasculhe tudo antes de decidir no impulso por meio da página com os itens mais “salgados”. Esse é um dos truques psicológicos que atendentes usam sem você perceber.

5- Vitrine humana

Dependendo do ambiente em que você esteja, é possível vislumbrar funcionários tomando drinks ou consumindo os produtos que eles mesmos estão vendendo. Não se engane: pode ser uma estratégia para que você se veja com aquele mesmo copo na mão. A vontade de comprar chega quase que instantaneamente.

6- Os temidos conselhos

É completamente normal pedir conselhos para os atendentes. “O que você me recomenda?”. Contudo, esteja preparado para as indicações mais caras do estabelecimento. Eles podem te dar mil justificativas de quanto o item é melhor do que os outros. Saiba assimilar o conselho sem entendê-lo como verdade absoluta. Isso pode prevenir gastos desnecessários.

7- Cuidado com a comanda

Gorjeta é sempre bem-vinda, ainda mais quando você sabe que o atendente fez por merecer. Afinal, educação e prestatividade devem ser recompensadas. Contudo, não se esqueça de conferir o valor requisitado. Não faz mal e ninguém vai se chatear caso você faça algo do tipo. Caso o preço esteja realmente elevado, não se acanhe e diga o quanto você pode pagar ao atendente. Eu sei que é desconfortável, mas lembre-se quem vai pagar o boleto do cartão no fim do mês.

8- Indireta adocicada

Às vezes, o atendente pode comentar a respeito das opções de sobremesa logo de cara. A menção indiscreta fará com que você fique com aquilo na cabeça durante a refeição principal. “Meu deus, um brigadeiro depois seria perfeito”.

9- Roupas e adereços sugestivos

Você sabe que a imagem conta muito, não é? É a primeira impressão que fica. Se você vislumbrar algum adereço ou peça de roupa sugestiva (como um par de brincos de macarrão em um restaurante de massas), saiba que talvez não tenha sido por acaso. Uma atendente chamada Alison Bourke, por meio do fórum “Quora”, confirma a eficiência da estratégia. “Isso era sempre meio estranho e divertido para mim. Eu usava esses rubis falsos como brincos de pedras preciosas e sempre vendia mais vinho tinto. Brincos que pareciam macarrão, mais pratos de massa”. Esse é um dos truques psicológicos que atendentes usam sem você perceber.

10- Acenou, perdeu

É impressionante como reparamos na reação das pessoas, não é? A partir de sua expressão corporal, elaboramos a resposta e até mesmo decidimos por outra opção. O que você acha que acontece quando nos deparamos com um atendente que sugere um acréscimo no pedido enquanto acena positivamente a cabeça? A mensagem subliminar pode ser o gatilho que faltava para você criar coragem e solicitar mais itens na comanda.

Estes são só alguns dos vários truques psicológicos que os atendentes podem fazer com você. Perceba: a maioria não é completamente ruim, mas é sempre bom ter a consciência da manipulação subliminar que possa estar acontecendo. Você já caiu em algum desses truques? Não se esqueça de deixar o seu comentário.

*Por Bruno Destéfano

 

…………………………………………………………….
*Fonte: fatosdesconhecidos

7 truques psicológicos que você é obrigado a saber pra se dar bem

Talvez você não saiba, mas a todo momento as pessoas estão sujeitas a influências e manipulações de quem menos esperam. Mesmo amigos, namorados e pessoas queridas podem estar usando truques psicológicos para te manipular.

Seja na sua postura, no jeito de olhar ou de falar alguma frase, você é capaz de criar sugestões na mente das pessoas ao seu redor sem que elas percebam. Com essas habilidades você pode conseguir coisas que não dariam certo sem os truques.
PUBLICIDADE
inRead invented by Teads

Bom, pensando nisso, nós separamos alguns truques psicológicos que todo mundo pode usar um dia, seja nas coisas simples ou nos momentos mais complicados de nossas vidas. Então, caros amigos, confiram agora a nossa matéria com os 7 truques psicológicos que todo mundo é obrigado a saber para se dar bem:

1 – Escolher um dia para alguma coisa
Se você escolher uma data para fazer alguma coisa, com certeza a ansiedade para essa data vai ativar até a adrenalina do seu corpo, como a espera do seu filme preferido, por exemplo. Se você marcar uma data para alguma coisa, você vai desfrutar melhor quando o dia chegar, pois vai associar esse dia a emoção.

2 – Ser confiante e convincente
Não escrever ou dizer “eu acho” ou “eu acredito”, por ser expressões que denotam a falta de segurança, nunca é bom dizer quando você quer parecer uma pessoa de segura. Então, da próxima vez que você quiser dar uma aparência de uma pessoa convincente, troque essas palavras por “eu tenho certeza”.

3 – Acenar com a cabeça
Os cientistas descobriram que quando as pessoas acenam enquanto escutam alguma coisa, elas são mais propensos a estar em acordo com a pessoa. Eles também descobriram que quando alguém está acenando, é natural que quem está ouvindo faça o mesmo. Isso é compreensível, porque os seres humanos são bem conhecidos pelo mimetismo.

4 – Manter a calma quando alguém está com raiva de você
Sabe quando alguém está morrendo de raiva de você e começa com aqueles discursos de ódio? O melhor a se fazer nessas horas é não se preocupar e manter a calma, pois em seguida, a pessoa vai se sentir envergonhada pelo fato de você está calmo e ela explodindo de raiva.

5 – Seja positivo
Sorrir, manter contato visual… tudo isso parece óbvio. Mas, garantimos, funciona. Na hora de explicar situações ou contar histórias, mostre bons sentimentos como gratidão em vez de ressaltar como você ficou frustrado/irritado. Crie imagens positivas – e elas serão associadas com você.

6 – Gerencie seu humor
As pessoas são atraídas pelo humor, entusiasmo e confiança mais do que raiva, arrogância e impaciência, e isso é óbvio, pelo menos para a maioria das pessoas. Mas projetar a positividade pode fazer toda a diferença. Como já citamos no item 4, a calma pode ser uma boa aliada em certos momentos das nossas vidas, e ao fazer isso, nós temos grandes chances do nosso coração desacelerar e assim conseguirmos nos manter relaxados.

7 – Lembre-se dos nomes das pessoas
Lembre-se dos nomes das pessoas que você acabou de conhecer, mesmo que isso possa ser realmente difícil para algumas pessoas. Mesmo assim, faça esforço para memorizar o nome das pessoas e chamá-los pelo nome, as pessoas vão ter uma grande consideração por você, além de ficarem encantadas.

………………………………………………………..
*Fonte: fatosdesconhecidos