Vídeo viraliza ao medir capacidade de salto do ser humano em outros planetas

Se a média da altura de um salto humano na Terra é de 45 centímetros, qual seria essa medida se o salto fosse dado em outros planetas do Sistema Solar? Essa questão é respondida em um vídeo do canal MetaBallStudios, simulando um pulo no solo de mundos como Jupiter, Marte, Ceres ou Fobos – e os resultados espantam, tanto por alturas superiores aos maiores edifícios, quanto por saltos que mal saem do chão.

Na Terra, a média de altura do salto é de 0,45 metro

Saltos interplanetários
É a força da gravidade que determina a altura de um pulo e, apesar do cubano Javier Sotomayor manter desde 1993 o recorde de 2,45 metros como o mais alto salto já realizado na Terra, a maioria não é capaz de superar os 45 centímetros médios sob a força de aceleração de 9,807 m/s² da gravidade terrestre.

Em Júpiter, porém, a gravidade de 24,79 m/s² não permitiria que um salto passasse dos 17 centímetros: em Marte, como mostra o vídeo, a aceleração de 3,721 m/s² levaria a um salto de de 1,18 metro.

A partir de Marte, os saltos no vídeo começam a alcançar alturas impressionantes. Na Lua, os 12 seres humanos que já andaram no nosso satélite vizinho já experimentaram a gravidade de 1,62 m/s², que permite uma altura média de 2,72 metros em um pulo.

No planeta anão Ceres, localizado no cinturão de asteroides entre Marte e Júpiter, a gravidade de 0,27 m/s² levaria um salto humano médio a alcançar a altura de 15,75 metros.

Em Marte, a medida é similar a de Mercúrio, e o salto alcança cerca de 1,18 metro

Na lua, a média de altura de um salto humano pode chegar a 2,72 metros

Em Miranda, lua do planeta Urano, a gravidade de apenas 0,079 m/s² permitiria que uma pessoa alcançasse impressionantes 57 metros de altura, superando em um salto simples um edifício de 19 andares.

Nada, porém, se compara à lua marciana de Fobos: com uma força de aceleração gravitacional de apenas 0,0057 m/s², lá um salto humano representaria quase uma decolagem ao espaço, alcançando altura de 773 metros.

Na lua uraniana de Miranda, uma pessoa saltando normalmente chegaria a 57 metros de altura

Ao fim do vídeo, porém, a força e a dimensão do sol imperam, como era de se esperar, no sistema ao seu redor: com gravidade de 274 m/s², a animação revela que, para além da temperatura, se fosse colocada em uma plataforma sobre o astro-rei, uma pessoa simplesmente não conseguiria saltar. Especializado em colocar “o mundo em perspectiva” com seus vídeos, o canal MetaBallStudios pode ser acessado aqui.

*Por Vitor Paiva
……………………………………………………………………….
*Fonte: hypeness