Um drone sobreviveu ao calor do Cumbre Vieja. Estas são as incríveis imagens que gravou.

O projeto Sunsets Sweden é conhecido por gravar imagens incríveis um pouco por todo o mundo. Desde 19 de setembro que os responsáveis têm estado atentos ao que se passa na ilha espanhola de La Palma, onde o vulcão Cumbre Vieja continua a cuspir lava a um ritmo alucinante.

Com recurso ao drone DJI Mini 2, um piloto daquele projeto conseguiu obter imagens incríveis da cratera do vulcão, de onde um autêntico rio de lava tem saído ao longo das últimas semanas.

São imagens muito nítidas de um laranja incandescente, que quase faz esquecer a tragédia que paira naquela ilha das Canárias, onde centenas de pessoas perderam o sustento e a casa.

Com algum humor, o Sunsets Sweden contou depois que acabou por perder o drone enquanto gravava algumas das imagens.

Por sorte, acabou por reencontrar o objeto, que tinha ficado preso numas árvores.

O que aconteceu foi que a bateria do DJI Mini 2 acabou a meio do percurso, mas o drone não sofreu quaisquer danos.

…………………………………………………………………………….
*Fonte: TVI24

Vídeo incrível mostra drone atravessando uma explosão de lava na Islândia

A Islândia é um país nórdico insular europeu que fica situado no oceano Atlântico Norte. Suas ilhas estão localizadas entre a Europa continental e a Groenlândia. A pequena área abriga cerca de 350 mil habitantes. A maior cidade da Islândia é sua capital, Reiquiavique, que abriga cerca de 2 terços da população nacional.

Apesar das paisagens capazes de nos tirar o fôlego, a Islândia também é o lar da vários terremotos. O sudoeste do país, recentemente, foi atingido por mais de 17 mil terremotos.

Além dos terremotos, o país também tem vários vulcões. Essas formações rochosas que expelem lava podem ser encontradas em algumas partes do mundo. Além disso, podem ainda ser encontradas em outros planetas do Sistema Solar. E eles se formam quando as placas tectônicas se chocam e acabam surgindo os vulcões.

Um deles é o vulcão que reina na montanha Fagradals, no sudoeste da Islândia, que permaneceu adormecido por seis mil anos. Mas na noite da última sexta-feira, 19, depois de terremotos na área, o vulcão entrou em erupção.

Esse fenômeno ocorreu durante a noite e iluminou toda a região. De acordo com a The Associated Press, o brilho da lava pode ser visto a cerca de 30 quilômetros de distância de Reykjavík, capital da Islândia.

Erupção

Essa erupção do vulcão Fagradalsfjall aconteceu depois de 800 anos de inatividade desse vulcão. Felizmente, essa erupção foi pequena e não colocou ninguém em perigo. Muito pelo contrário. Essa erupção deu de presente para o mundo algumas visões inspiradoras dos fluxos de lava.

A melhor visão dessa erupção foi capturada por Bjorn Steinbekk, um piloto de drones islandês. Ele decidiu voar um drone através da erupção. As imagens capturadas por Steinbekk puderam ser vistas em seu Twitter. Nelas, temos a impressão que ele voou através da lava. Uma coisa ousada de se fazer, e que deixa a pergunta no ar de como o drone dele conseguiu sobreviver às altas temperaturas da lava saindo do vulcão.

Se você está pensando que a erupção de Fagradalsfjall pareceu ser relativamente pequena para um vulcão é porque ela é exatamente isso. “A erupção é considerada pequena e a fissura de erupção tem cerca de 500-700 metros de comprimento. A lava tem menos de 1 km²”, disse o Escritório Meteorológico islandês, (IMO) em um comunicado.

Local

No vídeo, também pode ser visto um antes e depois do lugar onde a erupção aconteceu. Ele está aninhado em um pequeno vale em uma região desabitada da Islândia.

De acordo com as notícias, não aconteceu uma queda de cinzas criada pela erupção. Contudo, os moradores que vivem nas proximidades do vulcão foram orientados a fechar suas janelas por conta de possíveis emissões de gases.

E a erupção e possíveis complicações não impediram que o piloto de drones se aproximasse de Fagradalsfjall. Se você ficou impressionado com o vídeo e teve vontade de ver mais dos trabalhos incríveis de Steinbekk basta conferir seu Instagram. Na rede social do homem, tem vários vídeos e imagens maravilhosas da Islândia vista de cima.

*Por Bruno Dias

…………………………………………………………………………………………
*Fonte: fatosdesconhecidos

Drones Sacrificed for Spectacular Volcano Video | National Geographic

Não é nem preciso explicar que se aproximar muito da cratera de um vulcão ativo pode ser algo extremamente perigoso, não é mesmo? Pois, no vídeo acima, vemos um time de pesquisadores e fotógrafos da National Geografic usaram vários drones para fotografar, filmar e documentar a atividade de um vulcão na ilha de Vanuatu – e acabaram sacrificando equipamentos no processo.

 

Turistas foram atingidos por bola de lava no Havaí

Vulcão é uma estrutura geológica criada quando o magma, gases e partículas quentes escapam para a superfície. O vulcão Kilauea, no Havaí, tem alguns comportamentos vulcanológicos curiosos mas não está mais circulando entre as manchetes internacionais. Isso porque sua erupção havia estabelecido um padrão consistente, até agora!

Esqueça o padrão consistente desse vulcão havaiano. Na segunda-feira dessa semana, 16, uma bomba de lava, supostamente do tamanho de uma bola de basquete, entrou em um barco de turismo que estava visitando um dos pontos de entrada de lava no oceano ferindo algumas pessoas.

Vídeos genuinamente aterrorizantes mostram passageiros observando a lava, recém saída do vulcão, se misturar com o Oceano Pacífico pouco antes de uma explosão nebulosa fazer a lava voar. Gritos podem ser ouvidos no vídeo enquanto a lava atinge o telhado do barco.

Sem nenhuma morte

Parece que 23 pessoas ficaram feridas. De acordo com Mileka Lincoln, do Havaí News Now, 13 deles foram enviados para o centro médico de Hilo, 12 foram atendidos e liberados com queimaduras e escoriações, e 1 foi levado de helicóptero para um hospital próximo com um ferimento pélvico e na perna grave.

O barco, de propriedade da Lava Ocean Tours, estava fora da zona de segurança estabelecida pela guarda costeira havaiana, embora esse ponto ainda esteja em discussão. É bom notar que esses tours normalmente têm um histórico de segurança grande. As empresas de turismo disseram inclusive que o incidente não afetou seus números. Claramente acidentes podem acontecer quando as coisas são imprevisíveis.

Considerando todos os aspectos a sorte foi muito grande de todos que estavam à bordo sobreviverem. Na verdade, essa foi a primeira lesão registrada da erupção desde que um homem quebrou a perna da mesma maneira mas em terra firme.

A lição que fica é que, embora uma erupção seja em grande parte efusiva, é absolutamente uma ameaça à vida e as propriedades.

Entenda o acontecimento

O que aconteceu realmente?! Essas bombas vulcânicas são ejetadas explosivamente pela atividade vulcânica da superfície. As bolhas de lava altamente densas, que respingam rapidamente parcialmente derretidas, variam de vários centímetros a pouco mais de um metro de tamanho, mais ou menos. Enquanto voam pelo ar, sua plasticidade lhes permite tomar formas estranhas, o que significa que elas nem sempre são esféricas.

De qualquer forma, essas bolhas super quentes se movem a velocidades incríveis. Se ela pousar em alguma coisa, vai esmagar o que acertar e também chamuscar. Elas, sem dúvida, causarão danos a qualquer coisa viva.

As interações lava/magma e água/gelo são, na verdade, muito complicadas. Há muita coisa que não se sabe e simplesmente adicionar um ao outro não garante nada de paroxístico. Claramente, porém, você obtém interações explosivas de combustível e líquido de arrefecimento . Às vezes, como as explosões explosivas no cume do Kilauea, requerem que o vapor formado seja colocado sob pressão.

Muitas explosões hidrotermais parecem ocorrer quando há um certo tipo de mistura de uma certa proporção de água para rocha quente/lava. Em alguns casos, você só precisa mergulhar muito rapidamente no mar. Como quando um delta solidificado de lava desmorona repentinamente. Neste caso, parece que a água do mar vaporizou incrivelmente violentamente ao encontrar a lava. Isso criou uma considerável explosão que enviou detritos vulcânicos para o ar e para o barco.

……………………………………………………
*Fonte: fatosdesconhecidos