Riff de “Whole Lotta Love”, do Led Zeppelin, é eleito o melhor de todos os tempos

O riff de “Whole Lotta Love”, faixa do álbum Led Zeppelin II, de 1969, foi eleito o maior da história pelos leitores das revistas Total Guitar e Guitar World (AQUI). O clássico do Led Zeppelin ficou à frente de “Crazy Train”, de Ozzy Osbourne, “Back In Black” do AC/DC, e “Smoke On The Water” do Deep Purple.

A Total Guitar escreveu em sua nova edição, que saiu nesta sexta-feira (via Blabbermouth): “Em 1969, ano em que Neil Armstrong pisou pela primeira vez na Lua, Jimmy Page lançou seu próprio salto gigante para a humanidade. ‘Whole Lotta Love’ levou apenas 2,7 segundos para tocar, mas imediatamente projetou a música na década seguinte. Enquanto todos ainda tocavam nos anos 60, o Zeppelin já estava tocando nos anos 70”.

O texto afirma que esse não foi o primeiro grande riff, mas o definitivo: “É por isso que os riffs se tornaram centrais para a música com guitarra, a razão pela qual as bandas buscam o gancho que pode impulsionar uma música inteira – ou até mesmo toda uma carreira”.

Aqui está o Top 10 dos maiores riffs de todos os tempos escolhido pelos leitores das revistas Total Guitar and Guitar World:

1- Led Zeppelin – “Whole Lotta Love”
2 – Ozzy Osbourne – “Crazy Train”
3 – AC/DC – “Back in Black”
4 – Deep Purple – “Smoke on the Water”
5 – Van Halen – “Ain’t Talkin’ ‘Bout Love”
6 – Metallica – “Enter Sandman”
7 – Black Sabbath – “Iron Man”
8 – Pantera – “Walk”
9 – ZZ Top – “La Grange”
10 – Jimi Hendrix – “Purple Haze”

………………………………………………………………………………………………
*Fonte: radiorock

Whole Lotta Love

Este clássico do Led Zeppelin foi coverizado pelo músico inglês Alex Korner (CCS – Colective Consciousness Society), em uma versão instrumental que foi utilizada durante 15 anos, como tema de abertura do programa musical de TV inglês – Top of the Pops (BBC). O lado irônico disso, é que o próprio Led Zeppelin jamais apareceu nesse famoso programa.